5 dicas para diminuir a procrastinação nos estudos - Notícias CERS

5 dicas para diminuir a procrastinação nos estudos

Atitudes cotidianas para maximizar seu desempenho

Equipe de Comunicação
Por:
Atualizado em 10/03/2020 - 17:24
procrastinação-estudos

Sempre que o momento de começar a estudar se aproxima você acaba adiando essa atividade? Pois bem, você está PROCRASTINANDO! Talvez essa palavra seja um pouco estranha, mas procrastinar é adiar ao máximo algo que você sabe que é necessário realizar. Confira abaixo algumas dicas para minimizar esse comportamento e maximizar o seu desempenho nos estudos.

1 – Transforme o certo em “fácil” e o errado em “difícil”

Para ser aprovado, não existem segredos, é preciso fazer o certo. Mas o que é o certo? Bom, nesse caso, o certo para conseguir a aprovação é ESTUDAR.

Sabe-se que nem sempre estudar é algo tão prazeroso. Nem sempre o candidato estuda matérias do seu interesse. Porém, para tomar posse no cargo dos sonhos, o percurso é necessário.

Logo, transforme o “certo” em uma atividade fácil. Fazer isso não será simples, longe disso! Mas é necessário para a sua aprovação. Lembre-se, a sua aprovação depende de você. Logo, quanto menos distrações, mais foco terá.

Atitudes para fazer a coisa certa:

– Evitar estudar próximo de dispositivos eletrônicos;

– Evitar adiar o início dos estudos ou um ciclo específico do cronograma;

– Procurar estudar em ambientes com pouco barulho ou ruídos;

– Preferir lugares com luz natural ou com uma boa luminosidade;

– Não esquecer de intercalar descansos durante suas rodadas de estudo.

Dessa forma, estudar se tornará uma atividade fácil para alcançar seus objetivos a longo prazo.

2 – Não crie metas impossíveis

Um grande problema de quem estuda para concursos é criar metas inalcançáveis. Ao criar metas maiores do que se pode cumprir, geralmente, o candidato acaba não as realizando. Isto por serem as demandas maiores do que a disponibilidade de tempo ou ocorrerem distrações.

Logo, deve-se criar metas possíveis de serem alcançadas. Lembre-se, o interessante é começar a formular as metas de acordo com a rotina. Dessa maneira, o encaixe dos estudos com as outras atividades do cotidiano vai fluir de forma mais natural.

De nada adianta estipular uma meta de acordar muito cedo para estudar, por exemplo, mas ir dormir tarde e não ter uma boa noite de sono. O ideal é iniciar criando metas pequenas. À medida que elas forem sendo cumpridas, deve-se ampliá-las gradativamente.

Como criar metas possíveis: 

– Criar metas possíveis com base na sua rotina;

– Não pular atividades estipuladas dentro da sua meta;

– Se possível, dar checklist nas atividades já realizadas, para ter controle do que já foi feito;

– Utilizar um moleskine ou algum aplicativo para smartphone para monitorar e organizar as atividades;

– Planejar com antecedência as atividades, não deixar para descobrir no dia o que deve ser estudado.

 3 – Celebre as suas vitórias

No percurso até a aprovação, o caminho pode não ser fácil. Porém, não deixe de comemorar as suas vitórias. Fique feliz quando conseguir atingir suas metas ou conseguir estudar uma disciplina com maior dificuldade de fixação. Cada pequena vitória é um passo rumo à aprovação.

Uma grande parcela de pessoas foca mais nas derrotas do que nas vitórias. Se possível, não seja esse perfil de pessoa. Os erros não devem ser esquecidos, porém não se deve focar apenas nos acontecimentos negativos. As vitórias, mesmo que pequenas, são importantes e servem como combustível para manter o foco e a determinação.

Celebre suas vitórias, só você sabe o quanto elas foram difíceis. Compartilhe suas vitórias com quem se importa com você, isso aumentará sua vontade de conseguir alcançar seus objetivos.

Não esqueça de celebrar suas vitórias quando:

– Conseguir estudar todo o conteúdo de uma disciplina;

– Atingir todas as metas, sejam elas diárias, semanais ou mensais;

Além disso, compartilhe sua alegria com pessoas que você tem afeto e que sejam importantes na jornada, e agradeça a si por suas vitórias.

4 – Tenha uma motivação

De modo geral, o ser humano busca encontrar um prazer ou evitar uma dor. Ter uma motivação é o que fará com que você não desista do seu objetivo. Cada indivíduo possui uma motivação: para alguns a estabilidade financeira, para outros a realização de um sonho familiar, por exemplo. Não importa qual a motivação, desde que possua uma.

Encontre o motivo certo e faça com que esse motivo seja o combustível para alcançar o seu objetivo. Quando estiver desanimado, lembre-se da sua motivação. Ela dará forças para seguir no caminho rumo à aprovação.

Como se motivar:

– Refletir acerca de seu objetivo maior;

– Nos momentos de desânimo ou tristeza, procurar recordar da sua motivação;

– Se possível, fazer com que essa motivação sempre esteja perto de você, nos momentos de estudos.

5 – Canalize sua energia

Cada pessoa possui uma forma única de aprender. Nem sempre o que funciona com um indivíduo, vai funcionar com outro. O ideal é saber canalizar as energias para o que melhor funciona para cada candidato.

Estudar lendo livros ou vendo videoaulas, por exemplo, pode ser eficiente para um determinado grupo de pessoas e para outro, não. Logo, é necessário descobrir como canalizar as energias da melhor forma possível, para maximizar o rendimento.

Como canalizar a energia da melhor forma:

– Experimentar técnicas de estudos variadas;

– Descobrir o canal de aprendizagem (auditivo, visual, cinestésico…) mais eficiente;

– Procurar cronometrar o tempo utilizado em cada atividade;

– Fazer verificações periódicas de rendimento.

 

Vamos juntos!

Tags relacionadas: