Litisconsórcio - Notícias CERS

Litisconsórcio

Domine o tema sobre Direito Processual Civil e gabarite na sua prova!

Por:
Atualizado em 27/12/2019 - 11:30
Litisconsórcio

Um dos assuntos cobrados na seara do Direito Processual Civil é o litisconsórcio,  para auxiliar na sua preparação para o XXXI Exame de Ordem, nós desenvolvemos esse matéria  sobre o tema. Assim, você estará afiado no conteúdo e gabaritar qualquer questão sobre o tema.

Conceito

Para que exista uma ação é necessário dois polos: ativo e passivo. De um modo geral, o litisconsórcio é a pluralidade de pessoas que integram uma ação processual, seja no polo ativo ou no polo passivo.

Art. 113.  Duas ou mais pessoas podem litigar, no mesmo processo, em conjunto, ativa ou passivamente, quando:

I – entre elas houver comunhão de direitos ou de obrigações relativamente à lide;

II – entre as causas houver conexão pelo pedido ou pela causa de pedir;

III – ocorrer afinidade de questões por ponto comum de fato ou de direito.

§1oO juiz poderá limitar o litisconsórcio facultativo quanto ao número de litigantes na fase de conhecimento, na liquidação de sentença ou na execução, quando este comprometer a rápida solução do litígio ou dificultar a defesa ou o cumprimento da sentença.

§2oO requerimento de limitação interrompe o prazo para manifestação ou resposta, que recomeçará da intimação da decisão que o solucionar.

Compreende-se dessa forma que, os litisconsórcios existem quando duas ou mais pessoas fazem parte de um mesmo processo, essa integração poderá ser como autor ou réu, não importa, para que se enquadre no conceito de litisconsórcio, é apenas necessário possuir duas ou mais pessoas em um dos polos.

Ressalta-se que não é necessário que em ambos os polos sejam integrados duas ou mais pessoas, existindo mais de uma pessoa, seja em qualquer polo, já se configura o litisconsórcio.

 Classificações dos litisconsórcios

ativo, passivo e misto.

Entende-se como litisconsórcio misto aquele em que a pluralidade pessoas existe em ambos os polos da relação. O ativo, é quando duas pessoas são autoras em uma mesma ação, por último, mas não menos importante, o litisconsórcio será considerado passivo quando duas pessoas atuarem como réus em um mesmo processo.

Inicial e Ulterior

Considera-se um litisconsórcio inicial aquele em que existe a ideia de postular o direito em juízo desde a sua formação da lide, ou seja, quando o advogado da parte autora for peticionar o processo, o litisconsórcio já estará formado.

Em sentindo contrário, o litisconsórcio ulterior é aquele que surge após o peticionamento da ação, em outras palavras, surge após o procedimento ter-se formado. Não é comum no processo civil, por isso, é considerado algo excepcional.

Unitário e Simples

 O litisconsórcio unitário é aquele em que a decisão provida pelo juízo deverá ser uniforme para regular a situação de todos os litisconsortes, portanto, nessa hipótese, a decisão deverá ser igual para todos, não podendo haver decisões diferentes para cada litisconsorte, conforme artigo 116 do Código de Processo Civil:

Art. 116.  O litisconsórcio será unitário quando, pela natureza da relação jurídica, o juiz tiver de decidir o mérito de modo uniforme para todos os litisconsortes.

O litisconsórcio simples é aquele em que é possível a decisão judicial sobre o mérito puder ser diferente para cada um dos litisconsortes. Salienta-se que, a possibilidade de existir decisões distintas já caracteriza o litisconsórcio como simples.  Enquanto que no unitário, mesmo havendo diversas pessoas em um mesmo polo, todos são considerados um único indivíduo. No simples, cada pessoa tem sua individualidade preservada, por isso, são consideradas como partes autônomas.

Necessário e facultativo

O litisconsórcio será necessário quando a sua formação for obrigatória, ou seja, quando for uma ação em que seja necessária a participação das pessoas que estejam, ou que de alguma forma serão atingidas pelo resultado, todos deverão participar como um litisconsórcio necessário. São causas mais complexas e a necessidade revela-se através da legitimação ad causam. 

Em sentido antagônico, o litisconsórcio facultativo, é tudo aquilo que não é característica do litisconsórcio necessário.  Em primeiro porque o litisconsórcio poderá ser formado ou não, a depender do interesse dos litigantes.

Para Freddie Didier,  litisconsórcio será necessário quando a eficácia da sentença depender da citação de todos que devam ser litisconsortes, sendo redundante, é necessário quando existir a necessidade de ser necessário. Contudo, o autor ressalta que, em sua perspectiva, o litisconsórcio unitário passivo será, em regra, necessário.

Litisconsórcio necessário ativo

O litisconsórcio será ativo quando:

Art. 115.  A sentença de mérito, quando proferida sem a integração do contraditório, será:

I – nula, se a decisão deveria ser uniforme em relação a todos que deveriam ter integrado o processo;

II – ineficaz, nos outros casos, apenas para os que não foram citados.

Parágrafo único.  Nos casos de litisconsórcio passivo necessário, o juiz determinará ao autor que requeira a citação de todos que devam ser litisconsortes, dentro do prazo que assinar, sob pena de extinção do processo.

Sentença proferida contra litisconsorte necessário não citado na ação

Percebe-se, que o legislador, no artigo 115 do CPC, informou duas situações em que o litisconsorte necessário não seja citado na ação, sendo elas:

  1. Falta de citação de litisconsorte necessário quando o litisconsórcio for unitário;
  2. Falta de citação de litisconsorte necessário quando o litisconsórcio for na modalidade simples.

Na primeira hipótese, a falta de citação de qualquer pessoa que esteja figurando como réu torna a sentença de mérito ineficaz. Nessa perspectiva, é possível que seja invalidada a decisão a qualquer tempo, por provocação de qualquer um dos réus. No segundo dilema, se for o litisconsórcio necessário simples, a sentença será válida e eficaz para quem seja parte integrante do processo. Contudo, para quem não integrou o processo, ou seja, para o indivíduo que não foi citado, será ineficaz de acordo como artigo 115, II, CPC.

Comece agora a estudar para o Exame de Ordem XXXI!

Comece agora a estudar e garanta a sua tão sonhada carteira de advogado (a),

Método CERS de Aprovação

Se você está focado na OAB e consegue dedicar um bom tempo da sua rotina para a preparação para a prova, o método CERS de Aprovação é a melhor opção. Ele é um curso completo, composto por 8 etapas, que possui diferentes estratégias de ensino.  Você inicia a preparação assistindo ao Raio-x com a análise estatística dos assuntos mais cobrados em provas. Depois acompanha as pílulas do conhecimento que são aulas temáticas com até 10 minutos de duração e responde às questões inéditas para avaliar o seu desempenho. 

Em seguida, você assiste às aulas teóricas dos conteúdos que precisa melhorar a compreensão dos assuntos e às aulas de resolução de questões para treinos de fixação. Além das aulas inéditas e específicas de Ética. Você ainda conta com o resumo em pdf, rodada de seis simulados, sessões de coaching e mapas mentais.

Não perca mais tempo, acesse e comece já a sua preparação  com uma oferta especial por tempo limitado. O  CERS e o Portal Exame de Ordem oferecem cursos específicos que vão turbinar os seus estudos para a prova. Confira os cursos disponíveis:

Combo Teórico + Questões

Já o combo composto pelo curso teórico e o curso de resolução de questões é uma excelente opção para quem deseja focar em uma preparação com uma abordagem teórica detalhada. Como por exemplo quem faz tempo que aprendeu esses assuntos na faculdade ou precisa dividir o tempo com outras atividades da rotina.

Assim você assiste a videoaulas teóricas completas e acompanha como os assuntos são cobrados na prática com o curso de questões comentadas. Neste combo, você também conta com 6 rodadas de simulados, sessões de coaching e mapas mentais.  

Não perca essa oportunidade, acesse   e obtenha uma oferta disponível apenas por tempo limitado.

Superintensivo OAB XXXI 

Quem está se preparando para a XXXI edição do Exame de Ordem e deseja potencializar os estudos pode ficar tranquilo, porque pensamos em você e trouxemos mais uma opção de curso especialmente focado nos principais temas da OAB. É o Superintensivo do CERS!⠀

Colocamos a mão na massa para elaborar um conteúdo exclusivo e estratégico que vai te deixar ainda mais perto da aprovação, através de uma trilha de aprendizagem imbatível. Você terá aulas com os professores que mais aprovam no país, além de usufruir dos famosos benefícios que oferecemos:⠀

– 360 pílulas de conhecimento;⠀
– 2 simulados com relatórios que possuem gráficos de desempenho;⠀
– Cronograma completo de estudos;⠀
– Ferramenta de mapas mentais para você otimizar o seu rendimento;⠀
– Questões complementares e inéditas em PDF. ⠀
.⠀
Aproveite essa oportunidade, acesse e obtenha uma oferta especial disponível apenas por tempo limitado.

Tags relacionadas: