O sonho da magistratura - Portal de notícias CERS

O sonho da magistratura

Conheça os detalhes de uma dura caminhada para realizar o sonho de ser aprovado em um concurso da magistratura.

Joffre Melo
Por:
Atualizado em 23/08/2018 - 10:21
juiz960

Não é fácil. Certamente, o concurso para o cargo de juiz é um dos certames mais exigentes da carreira jurídica. Realizar O sonho da magistratura é uma caminhada longa e árdua, porém os resultados são bastante compensadores. Além da respeitabilidade do cargo, o salário inicial de um juiz substituto, aquele que ainda não é titular de uma comarca, passa dos 22 mil reais, fora os benefícios. Por tudo isso existe seleções para magistratura que chegam a sobrar vagas, pois não te aprovados suficientes para a ocupação dos cargos previstos no edital.

Leia também: Concurso TJ BA para Juiz tem banca definida.

O sonho da magistratura: Exigências do cargo

Primeiramente, o curso de graduação em Direito. Não precisa ter a carteirinha da OAB, mas advogar conta como prática jurídica exigida, no mínimo três anos, contados após a faculdade, para ocupar o cargo depois de aprovado em concurso. Outras atividades que contam são pós-graduações, mestrados, cursos extras, etc. Além disso, tenha em mente que a função vai exigir de você o máximo de ética, moral e responsabilidade. Características fundamentais em quem sonha ser um magistrado.

Conheça nossos cursos da Carreira Jurídica. 

O concurso para juiz

Como sabemos uma pessoa somente poderá ingressar na magistratura por meio de concursos públicos de provas e títulos. O primeiro passo é escolher em que área vai prestar concurso para juiz. Os mais comuns são os Tribunais Estaduais, Federais e Tribunais do Trabalho. Além dos Tribunais Eleitorais e os Militares. Tenha em mente o concurso que mais se adequa aos seus interesses.

Rotina intensa de estudos

É preciso manter uma rotina de estudos composta por muitas horas ao dia. Organize-se para isso, uma vez que a seleção é composta por muitas matérias e vai testar ao máximo os conhecimentos dos candidatos. É preciso ter um vasto conhecimento da doutrina e da jurisprudência. Fique sempre atento às mudanças de posicionamento dos tribunais. Isso será um diferencial em seus estudos. Com certeza, você vai abrir mão de muita coisa, como, por exemplo, a diversão, o convívio com amigos e familiares. Mas isso será por um tempo apenas. Lembre-se dos seus objetivos e persevere.

Etapas do concurso para juiz

O concurso para juiz é composto por várias etapas: prova objetiva, discursiva teórica, discursiva prática (prova de sentença), prova oral e a prova de títulos, que é apenas classificatória não sendo eliminatória. Para boa parte dos candidatos, a fase mais temida é a prova oral. Muitos têm dificuldades de falar em público. Ou de expressar seus conhecimentos em uma “sabatina”. Um curso de oratória ode ajudar, afinal, não adiante ter conhecimento se você não consegue se comunicar a ponto de demonstrar o que sabe.

 

COMENTÁRIOS