Juiz Leigo - TJ MG: boa prova - Notícias CERS

Juiz Leigo – TJ MG: boa prova

O Instituto AOCP é o responsável pela seleção

Por:
Atualizado em 13/12/2019 - 09:20

Vai fazer o concurso Juiz Leigo TJ MG? Então, é importante que você siga as orientações abaixo no próximo domingo, 15/12. 

1. Antes de sair de casa, faça um checklist do que você precisará levar ao local de prova. 

a) Você deve estar munido de documento original oficial de identificação com foto e do cartão de informação do candidato.

b) Na execução das provas só será permitida ao candidato a utilização de caneta esferográfica de tinta azul ou preta fabricada em material transparente. O ideal é que o candidato, por precaução, leve mais de uma.

2. O candidato deverá comparecer ao local designado para a realização das provas com antecedência mínima de 60 (sessenta) minutos do horário fixado para o fechamento do portão de acesso.

Lembre-se: após o fechamento dos portões não será permitido ao candidato adentrar o local de realização das provas.

3. Mantenha a calma, leia as instruções da prova com atenção, e boa sorte!

Publicação do edital

Foi publicado no Diário de Justiça Eletrônico do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, do dia 22 de outubro, o edital do concurso TJ MG Juiz Leigo. A seleção pública, organizada pelo Instituto AOCP, visa à formação de cadastro de reserva para os juizados especiais da capital e do interior. 

Resumão do concurso TJ MG Juiz Leigo

Status: edital publicado

Cargo: Juiz Leigo

Inscrições: 23/10 a 11/11

Taxa de Inscrição: R$ 50,00

Provas: 15/12/2019

Conheça a carreira de Juiz Leigo.

Regime de Contratação

O exercício da função de juiz leigo será de 2 anos, não gerando vínculo empregatício ou estatutário, nem obrigação de natureza previdenciária. É permitida uma recondução por igual período.

Remuneração

O juiz leigo receberá por ato praticado, não podendo ultrapassar o valor padrão de vencimento do cargo de Técnico Judiciário, sendo:

– R$48,00 para projeto de sentença referente à audiência de instrução e julgamento homologado;

– R$ 30,00 para projeto de sentença de julgamento antecipado da lide homologado; e

– R$ 24,00 para termo de acordo lavrado em audiência de conciliação ou em audiência de instrução e julgamento homologado.

Requisitos do cargo

Dentre outros requisitos, o candidato ao concurso TJ MG Juiz Leigo deve possuir inscrição definitiva e ativa na OAB e mais de dois anos de experiência jurídica, até a data da efetiva designação para a função de juiz leigo.

Atribuições

– Realizar audiências de conciliação;

– Realizar audiências de instrução e julgamento, podendo, inclusive, colher provas;

– Apresentar projeto de sentença, em matéria de competência dos Juizados Especiais, a ser submetida ao juiz de direito do Juizado no qual exerça suas funções, para homologação por sentença.

Provas

A Seleção Pública compreenderá as seguintes fases:

– Prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório;

– Prova discursiva, de caráter eliminatório e classificatório;

– Avaliação de títulos, de caráter apenas classificatório; e

– Curso de capacitação, de caráter apenas eliminatório.

A prova objetiva de múltipla escolha constará de 40 questões, com 4 alternativas cada. A prova discursiva, por sua vez, será composta por uma questão de conhecimentos específicos da área jurídica, de, no mínimo, 20 linhas e, no máximo, 30.

As provas objetiva e discursiva serão aplicadas na data provável de 15/12, em Belo Horizonte. É possível que haja a aplicação das provas também em cidades vizinhas, caso o número de inscritos exceda a capacidade de alocação do município.

Conteúdos exigidos

– Língua portuguesa;

– Direito Civil;

– Direito Processual Civil;

– Direito Administrativo;

– Direito Tributário;

– Juizados Especiais Cíveis;

– Direito do Consumidor aplicado aos Juizados Especiais Cíveis;

– Legislação específica.

Último concurso

O último concurso TJ MG Juiz Leigo foi realizado em 2015 e organizado pela CONSULPLAN. O edital ofertou 54 vagas, distribuídas em 45 Comarcas do TJ MG.

O concurso também contou com quatro fases. O curso de capacitação foi realizado em Belo Horizonte, em janeiro de 2016.

A carreira é o sonho de muitos concurseiros. Logo, se você almeja esse cargo, não espere para iniciar seus estudos. Uma preparação consistente é garantia de aprovação. Pensando nisso, o CERS acaba de lançar o CERS Play, um sistema de assinaturas com preparatórios para provas de vários órgãos públicos. Pagando um valor fixo por mês, você tem acesso a todos os cursos para a área de Tribunais, inclusive os preparatórios específicos que serão lançados após a publicação dos editais mais esperados. Você quer conquistar sua vaga e mudar de vida? Então, clique aqui e vamos evoluir juntos!

Tags relacionadas: