Concurso PG DF: provas adiadas - Notícias CERS

Concurso PG DF: provas adiadas

São ofertadas 100 vagas imediatas.

Igor Ribeiro
Por:
Atualizado em 19/03/2020 - 08:19

Atenção, concurseiros! Foi adiada a prova do concurso PG DF!

Adiamento da prova

A prova estava prevista para ser aplicada no próximo dia 22/03 e foi suspensa em virtude da pandemia do corona vírus, não há ainda previsão de quando a prova será aplicada.

Os candidatos devem seguir firme nos estudos, pois com isso ganhou mais tempo para se preparar.

Publicação do edital

Foi publicado no Diário Oficial do Distrito Federal de 20/12, o edital do concurso PG DF. O certame oferta 100 vagas imediatas para os cargos de Analista e Técnico Jurídico da Carreira de Apoio às Atividades Jurídicas da Procuradoria-Geral do Distrito Federal.

Resumão do certame

Status: edital publicado

Cargos: Analista e Técnico Jurídico

Vagas: 100 vagas

Inscrições: 03/02/2020 a 20/02/2020

Taxa de Inscrição: R$ 78,00 – Nível Superior

                                  R$ 54,00 – Nível Médio

Provas: 22/03/2020

Comentando o edital – prof. Marcílio Ferreira

Inscrições

Será admitida a inscrição somente via internet, no site do CEBRASPE, solicitada das 10 horas do dia 3 de fevereiro de 2020 às 18 horas do dia 20 de fevereiro de 2020 (horário oficial de Brasília/DF).

As taxas de inscrição custam R$ 78,00 para os cargos de nível superior e R$ 54,00 para os cargos de nível médio.

Vagas para concurso PG DF

– Analista Jurídico – Especialidade Administração: 4 vagas;

– Analista Jurídico – Especialidade Analista de Sistema (Desenvolvimento de Sistema): 8 vagas;

– Analista Jurídico – Especialidade Analista de Sistema (Suporte e Infraestrutura): 6 vagas;

– Analista Jurídico – Especialidade Arquivologia: 1 vaga;

– Analista Jurídico – Especialidade Biblioteconomia: 1 vaga;

– Analista Jurídico – Especialidade Contabilidade: 12 vagas;

– Analista Jurídico – Especialidade Direito e Legislação: 20 vagas;

– Analista Jurídico – Especialidade Estatística: 1 vaga;

– Analista Jurídico – Especialidade Farmácia: 2 vagas;

– Analista Jurídico – Especialidade Jornalismo: 1 vaga;

– Analista Jurídico – Especialidade Psicologia: 1 vaga;

– Técnico Jurídico – Especialidade Apoio Administrativo: 30 vagas;

– Técnico Jurídico – Especialidade Eletricidade e Comunicação: 3 vagas; e

– Técnico Jurídico – Especialidade Tecnologia e Informação: 10 vagas.

Remuneração e Carga Horária

Analista Jurídico: R$ 7.320,00.

Técnico Jurídico: R$ 4.720,00

O servidor também pode fazer jus à Gratificação de Apoio às Atividades Jurídicas e à Gratificação por Habilitação em Apoio às Atividades Jurídicas.

Ambos os cargos cumprem jornada de trabalho de 40 horas semanais.

Requisitos dos Cargos

Analista Jurídico – Especialidade Administração

Diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de bacharelado em Administração, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC), e registro no órgão de classe.

Analista Jurídico – Especialidade Direito e Legislação

Diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação em Direito, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC. 

Técnico Jurídico – Especialidade Apoio Administrativo

Certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio expedido por instituição de ensino reconhecida pelo órgão próprio do sistema de ensino.

Provas

As provas objetivas serão compostas de 120 questões, sendo 50 de conhecimentos básicos e 70 de conhecimentos específicos, do tipo “certo ou errado”. Para o cargo de Analista Jurídico ainda será aplicada prova discursiva. Ambas as avaliações têm caráter eliminatório e classificatório.

A prova discursiva consistirá da redação de texto dissertativo, de até 30 linhas, a respeito de temas relacionados a conhecimentos específicos de cada especialidade.

As provas objetivas e a prova discursiva para os cargos de Analista Jurídico terão a duração de 04:30h Já as provas objetivas para os cargos de Técnico Jurídico terão a duração de 03:30h. Ambas serão aplicadas na data provável de 22 de março de 2020.

Conteúdos exigidos

Conhecimentos Básicos

– Língua Portuguesa;

– Conhecimentos sobre o Distrito Federal; e

– Legislação específica.

Conhecimentos Específicos

Analista Jurídico – Especialidade Administração

– Administração Geral;

– Administração Pública;

– Administração Orçamentária e Financeira e Orçamento Público;

Analista Jurídico – Especialidade Direito e Legislação

– Direito Administrativo;

– Direito Constitucional;

– Direito Ambiental;

– Direito Civil;

– Direito Processual Civil;

– Direito do Trabalho;

– Direito Processual do Trabalho;

– Noções de Direito Penal e de Direito Processual Penal;

– Direito Empresarial;

– Direito Financeiro;

– Direito Previdenciário;

– Direito Tributário; e

– Direito Urbanístico.

Técnico Jurídico – Especialidade Apoio Administrativo

– Noções de Administração;

– Noções de Administração Financeira e Orçamentária;

– Noções de Arquivologia; e

– Noções de Recursos Materiais.

 

Quer se preparar para o concurso PC DF?

As remunerações são bastante atrativas e as carreiras são o sonho de muitos concurseiros. Logo, se você almeja esses cargos, não espere para iniciar seus estudos. Uma preparação consistente é garantia de aprovação. Pensando nisso, o CERS acaba de lançar cursos específicos para esse concurso, com ferramentas especialmente planejadas para ele.

     

Tags relacionadas: