Como cobrar os meus honorários advocatícios? - Portal de notícias CERS

Como cobrar os meus honorários advocatícios?

Você está iniciando na advocacia e se sente inseguro na cobrança dos honorários? Saiba já como superar este desafio.

Por:
Atualizado em 19/09/2019 - 15:31
Honorários advocatícios

Um grande dilema existente na jovem advocacia brasileira, é como deve ser cobrado os honorários advocatícios. Esse problema é pertinente e atual, visto que, é bastante comum existirem dúvidas sobre como funcionam os honorários advocatícios.

Você pode se interessar por: Um advogado pode ser acusado de plágio?

O que são os honorários advocatícios?

Entende-se como honorários advocatícios a remuneração devida por serviços prestados. Em outras palavras, trata-se de valores recebidos pelas horas trabalhadas. Dessa forma, é a remuneração do trabalho prestado pelo advogado (a). Ressalta-se que, o honorário advocatício não é o único tipo existente de contraprestação, na verdade, ele é uma espécie do gênero honorário. Sendo comum a cobrança de um valor fixo ou percentual sobre o valor da ação a ser recebido no futuro.

 O motivo da dúvida dos honorários advocatícios no cenário atual

Essa dúvida é geralmente recorrente em advogados recém-formados, mas não é fora do comum também encontrarmos advogados mais experientes que tenham dificuldades de realizar esse tipo de cobrança. Geralmente, esse questionamento de como cobrar existe devido ao fato da profissão de advogado (a) ser um labor intelectual e técnico.

Por ser uma profissão que possui um caráter híbrido, é corriqueiro que alguns clientes não entendam o funcionamento do trabalho que será executado, ou até pior, alguns até pensam que o advogado (a) não está trabalhando no seu processo, já que, não veem nenhuma alteração na situação que se encontra o problema que engendrou a necessidade de um advogado (a).

Contudo, salienta-se que, o trabalho do profissional da área jurídica é complexo e com diversas nuances. Existem várias questões que envolvem o trabalho realizado por um (a) advogado (a). A advocacia exige que o profissional execute diversas tarefas para que o processo seja julgado, escrever a petição, entender o cliente para compreender o caso, realizar sustentações orais e muitas outras.

Como realizar a cobrança?

Inicialmente, é válido mencionar que, os valores dos honorários podem ter variações a depender da causa e do orçamento financeiro do cliente. Na hora de calcular, lembre-se, advogado (a), todos os custos devem ser inseridos no cálculo, então não esqueça custos como alimentação e transporte, já que, são necessidades básicas que devem existir em todas as profissões, sendo elas autônomas ou não.

Além disso, é necessário que se tenha a sensibilidade para perceber quanto o cliente está disposto a pagar pelo seu trabalho, verifique se o preço é compatível com o tipo de trabalho que será executado no mercado, é possível verificar essa informação através dos concorrentes diretos.

Tabela da Ordem dos Advogados do Brasil

A Ordem dos Advogados do Brasil disponibiliza uma tabela com os valores mínimos que podem ser cobrados. A intenção é que exista o respeito e a valorização da profissão com a exigência do respeito dos valores mínimos. Seguindo o parâmetro da tabela, evita-se que as realizações dos serviços prestados sejam desvalorizadas. 

Avaliação do caso

O ideal é que não seja dada uma resposta imediata do valor da causa do cliente. Análise o fato com calma, para que não existam equívocos que possam gerar transtornos futuros. A pressa nessas situações, não será algo favorável para nenhuma das partes.

Por isso, ao ser abordado por um cliente para que seja feita uma avaliação do caso, peça um tempo para estudar e ver o quanto de trabalho será desenvolvido para que o problema seja solucionado. Assim, você saberá o valor da mão de obra de todo o trabalho que será desenvolvido. E lembre-se, alguns processos podem durar anos!

Negocie com o cliente

Entenda que, se o valor for alto, é provável que seu cliente não assine um contrato com você. Nesse contexto, é importante negociar! Advogado (a), esse processo pode ser um diferencial para a sua captação de clientes. Se for possível inclua o pagamento a prazo, entrada de pagamento ou um valor final da ação em caso de êxito no processo. Vale ainda dizer que, é válido entender as possibilidades de pagamento do cliente e do que é razoável para você.

Quer mudar os rumos da sua carreira? Conheça o CERS Play Advogado Premium!

O CERS Play para Advogado é uma novidade que vai fazer você alcançar o sucesso na vida profissional! Trata-se de sistema de assinatura que inclui cursos de prática jurídica e diversas ferramentas e benefícios exclusivos, que vão te deixar mais confiante para sua atuação na advocacia.

Ficou interessado? Clique aqui e conheça melhor o plano Advocacia Premium.

Vamos juntos!

Tags relacionadas: