Direito e tecnologia: Conheça a computação por nuvem - Portal de notícias CERS

Direito e tecnologia: Conheça a computação por nuvem

Por:
Atualizado em 24/10/2019 - 16:25
Direito e tecnologia

Não é nenhuma novidade que a tecnologia está sendo integrada em todas as áreas profissionais, no ramo do Direito, isso não poderia ser diferente. Entre as inovações, uma das mais procuradas é o aperfeiçoamento e celeridade no decorrer de um processo.Essas novidades, de acordo com a doutrina, é a tão falada advocacia 4.0, ou em outras palavras, advogado 4.0. Essa nova leva tenta integrar os avanços tecnológicos com a advocacia tradicional, criando assim uma revolução benéfica tanto para os advogados quanto aos clientes.

O que é computação em nuvem?

É uma nova tecnologia que vem surgindo nos escritórios, especificamente, não é nenhuma novidade para quem já está inserido no uso diário da internet. Por exemplo, o Google ou o Dropbox são nuvens que permitem o armazenamento na rede de um servidor, dessa maneira, de qualquer dispositivo que tenha acesso a internet. Em outras palavras, a computação em nuvem é uma nova possibilidade de ter acesso rápido e fácil a arquivos on-line, além de ter a possibilidade da execução de tarefas realizadas pela internet.

Quais são as vantagens para um advogado usar a computação em nuvem?

São algumas as vantagens existentes para os advogados que utilizam o sistema de computação em nuvem, visto que, com o acesso rápido em qualquer dispositivo, o advogado (a) poderá dar celeridade a um processo, além disso existem diversas vantagens como:

 Armazenamento e backup

A grande vantagem da computação em nuvem é a possibilidade de armazenar e fazer backup (salvar os dados ou documentos como uma cópia) de todos os artigos nessa rede na internet, ou seja, já não é necessário andar com muitos papéis ou com um notebook na bolsa. Esqueça o Pen drive e o HD de bolso portátil para ter seus dados salvos, além do mais,você não precisará mais andar com diversos processos no seu carro ou bolsa, todos os processos poderão ser digitados e inseridos na computação em nuvem, fazendo que melhore o seu deslocamento diário.

 Mobilidade

Com a computação em nuvem, já não será tão necessário que você utilize computadores ou notebooks. Provavelmente, você já passou por situações constrangedoras por causa de um notebook ou pela falta de carregador. É bem mais prático poder utilizar uma rede que pode ser acessada até por um smartphone. Sim, sabemos que um computador é bastante prático para a vida de um advogado, mas nem sempre você o terá por perto, e se surgir uma necessidade urgente? É pensando nessas situações que o uso de computação de nuvem veio para facilitar a vida do advogado (a).

A bateria do Notebook poderá acabar, você pode esquecer o carregador, pode não funcionar, ou até pior, sofrer algum dano ou ser roubado ou furtado. São diversas situações que podem acontecer com um notebook, e se acontecer? Caso você tenha uma nuvem, qualquer tipo de dilema não será um problema para a atividade que vá ser realizada.

 Custos

Na área da advocacia, é comum altos orçamentos para a manutenção de um espaço físico ou escritório, além disso, o advogado (a) ainda terá os custos com a criação de processos eletrônicos. Além da necessidade de computadores ou outros tipos de eletrônicos, os programas utilizados nesses dispositivos sempre terão que ser atualizados ou trocados desde o primeiro dia em que foi comprado, por isso, vão tornando-se com o tempo obsoletos, já que em algum momento não terão como serem atualizados, por isso o uso de computação em nuvem, conseguirá reduzir os custos:

– Sem necessidade de investir em servidor físico para armazenar dados;
– É possível realizar a contratação do serviço em acordo com a necessidade do advogado (a) ou do escritório. Caso exista uma diminuição ou aumento de demanda, basta ser realizado uma alteração do plano contratado.

Sistema integrado
Como é crescente o uso de computação em nuvem, alguns sistemas integrados já disponibilizam para o usuário diversas ferramentas aos seus usuários. Por exemplo, já existem softwares jurídicos que permitem que o advogado (a) crie e edite seus arquivos, oferecem sistemas de gastos para controle financeiro, gestão de tarefas etc.

 Clientes

No Brasil, o mercado da advocacia cresce de forma exorbitante, de acordo com pesquisas, já são mais de 1 milhão de pessoas exercendo a advocacia no Brasil apenas no ano de 2018. Ser um profissional com um diferencial fará toda a diferença na hora de capitar clientes ou contratos com empresas. Estar atualizado sobre os avanços tecnológicos e seus usos poderá ser o diferencial que você precisa, visto que, com a computação em nuvem, os bacharéis em Direito poderão disponibilizar um acesso restrito aos seus clientes acompanharem as informações e movimentações das ações do processo em tempo real.

Tags relacionadas: