Métodos de Aprendizagem: Saiba o que é Ritmo de Aprendizagem! - Notícias CERS

Métodos de Aprendizagem: Saiba o que é Ritmo de Aprendizagem!

David Melo
Por:
Atualizado em 11/03/2022 - 15:46
ritmo de aprendizagem
ritmo de aprendizagem saiba tudo

O ritmo de aprendizagem é um aspecto muito importante quando falamos de preparação para concursos. Além da forma de recepção dos estudantes e concurseiros, cada método de aprendizagem possui um ritmo próprio. E é justamente sobre isso o assunto da nossa conversa de hoje!

Confira!

Ritmo de Aprendizagem e o Tempo

O tempo é relevante quando falamos em concurso e educação no geral. Afinal, todo processo de estudo é uma luta contra o tempo, seja de um edital recente, seja do próprio tempo da vida.

Num sentido muito parecido também está o aprendizado. Entre outros elementos, o aprendizado está sempre contido no tempo. Seja no tempo disponível para conhecer tal matéria, seja no próprio tempo de evolução individual.

Assim, o ritmo de aprendizagem nada mais é que o tempo de desenvolvimento do conhecimento. No contexto da filosofia, o ato de conhecer dominou por muito tempo as preocupações dos pensadores. Desde Platão, existe uma profunda discussão acerca do conhecimento e de como se conhece.

Baseado nessas discussões, Platão diferencia opinião, conceito e conhecimento. Este último estava relacionado ao mundo das “ideias” e era conhecido pela palavra grega “noesis“.

– Teorias do Conhecimento

O avançar dessas primeiras investigações levou a uma nova etapa de divagações filosóficas. Afinal, como é possível que cada ser humano e seu conjunto de aparelhos sensoriais possam conhecer das mesmas coisas? Para responder essa difícil pergunta, duas correntes de estudo lançaram seus postulados.

A primeira imaginava a experiência como o conhecimento seria obtido. A segunda imaginava a razão. Um pouco mais a frente, a condensação dessas duas vertentes logrou sucesso com as ideias de Immanuel Kant.

No entanto, na contemporaneidade uma nova leva de investigações promoveu uma verdadeira virada paradigmática. Assim, no século XIX uma série de divergências adentra a instância do conhecimento. Nesse contexto, passou a existir uma noção de relatividade dos fatos.

Um pouco mais tarde, no século XX, uma célebre frase ganha notoriedade. Fazendo uma breve analogia, a frase diz que: “os problemas do conhecimento são problemas da linguagem”.

E o que isso quer dizer? Em outras palavras, o significado do postulado acima, é de que os problemas do conhecimento são problemas da maneira como se comunica o conhecimento.

Didática e Aprendizado

O que se verifica com o pensamento tratado acima é que de um lado, o problema do conhecimento e consequentemente da aprendizagem pode ser tratado pela didática. Logo, a técnica de ensinar, pode promover um ritmo de aprendizagem acelerado, se for eficiente. Por outro lado, se for ineficiente, pode diminuir esse ritmo.

Ademais, o ato de estudar, é uma prática de ensinar a si mesmo. Dessa maneira, a técnica de estudar também é uma forma de didática, e consequentemente de aprendizado.

– O que Diz a Neurociência?

Aliado ao estudo das ciências biológicas, o aprendizado se comporta de maneiras diferentes nas pessoas. Logo, existem aptidões diferentes entres os seres humanos. Isso significa que algumas pessoas são dotadas de uma boa memorização, outras de uma boa habilidade linguística, enquanto outras pessoas têm um senso estético e artístico mais apurado.

Por isso, que o ato de aprender não é uma receita de bolo. E a neurociência corrobora que justamente essas aptidões diferentes implicam, na velocidade de aprendizado das pessoas, ou seja, no ritmo de aprendizagem.

– Métodos Rápidos e Lentos de Aprendizagem

Nesse sentido, cabe dizer que a velocidade de aprendizagem, é uma mistura de gosto pessoal e método. Assim, certas categorias de métodos desenvolvem formas específicas de aprendizado.

Portanto, o aluno é parte desse processo. E a continuidade do esforço de estudar, leva a uma melhora no ritmo do conhecimento.

Assim, é chegado ao tripé do processo de aprendizagem: aptidões, método e esforço. Devendo cada um deles exercer uma função de combinação para produzir um estudo eficiente e inteligente.

Lembrando ser óbvio que outros elementos também implicam nesse processo, como o acesso a esses métodos e a educação, o conforto ao estudo e as condições materiais para o exercício desse estudo.

Como Melhorar o Ritmo de Aprendizagem?

Existem alguns elementos, que a neurociência já comprovou que podem melhorar o progresso de aprendizagem, vejamos:

– Atenção

Desenvolver o foco é um dos principais elementos para melhorar o ritmo de aprendizagem. Construir uma atenção especial à matéria e fugir das distrações, evitando os chamados “ralos de atenção” como as redes sociais e outros elementos que tiram a atenção na hora do estudo.

– Preparação Física

Você sabia que a Academia originalmente era uma escola? Sim, o nome Academia que hoje simboliza um local para exercício físico era o nome da escola platônica. Além disso, o nome “Platão”, discípulo de Aristóteles, é outra expressão que indica algo sobre exercício físico!

Na Academia Platônica além da mente, e da filosofia, os alunos precisavam exercitar o corpo. Eles, eram adeptos da prática da ginástica, termo de origem grega, “gymnádzein”. Por sua vez, Platão, que se chamava Arístocles, recebeu esse apelido pela largura dos seus ombros. Até hoje, o osso da região dos ombros é chamado omoplata.

– Emoções

Independentemente da técnica, estudar deve ser prazeroso. Você já teve um sentimento de que aprendia mais quando o professor era engraçado ou chamava sua atenção? Isso tem uma explicação científica!

A valência emocional, é uma característica do aprendizado. A memorização e a introspecção do conteúdo é acelerada quando aquela memória se coliga a uma emoção satisfatória. E é por isso que o humor, a atuação performática de um professor, ou de um método, pode acelerar seu ritmo de aprendizagem.

Gostou do Nosso Conteúdo?

Esperamos que tenha gostado do nosso conteúdo! O CERS cursos online é especialista em aprovação porque sabe como adaptar a necessidades dos alunos a melhor técnica! Confira mais assuntos sobre técnicas de estudos aqui no notícias CERS e conheça nossa metodologia!

foto do post sobre esquecer
ritmo de aprendizagem e cursos completos cers

Conheça a metodologia CERS de estudos,com uma carga horária de mais de 1200h. Os cursos completos do CERS, composto com o melhor corpo docente da área Jurídica no Brasil, oferece, a partir de um estudo personalizado, o método mais completo de estudos. Carga horária completa e direcionada, benefícios, atributos, além de diversos bônus para intensificar seus estudos. 

Leia também:

Estudo e trabalho como conseguir ser aprovado trabalhando?

Por que você esquece o que estuda?