Todas as regiões

MENU
Logo do CERS
Logo do CERS
MENU

Todas as regiões

FECHAR

Plano de saúde é investigado por não cumprir ações judiciais

Avatar de Gabryelle Araujo
Por:
Publicado em 29/01/2024, às 14:11 Atualizado em 29/01/2024 às 14:13

O Ministério Público de São Paulo (MP-SP) iniciou em 12 de janeiro de 2024 uma investigação civil contra a Hapvida NotreDame, a maior empresa de planos de saúde do Brasil.

No decorrer da investigação, o MP-SP alega ter recebido uma denúncia acusando a operadora de não fornecer medicamentos e tratamentos a seus clientes, mesmo quando ordenada pela justiça. Segundo informações obtidas, ao analisar 80 processos, não foi observado o cumprimento da decisão em nenhum deles”, informa o órgão.

Para esclarecer o número de recusas de medicamentos e tratamentos nos últimos 12 meses, o MP-SP estabeleceu um prazo de 15 dias para que a operadora apresente uma resposta. Adicionalmente, solicitou que a Hapvida NotreDame forneça um quadro detalhado sobre os tipos de medicamentos e tratamentos, assim como os motivos para a recusa. O grupo também está requisitado a informar o total de ações em andamento.

Destaque em processos judiciais

O Grupo NotreDame Intermédica lidera em ações judiciais entre as empresas de plano de saúde, com 7.183 processos, segundo levantamento do TJ-SP (Tribunal de Justiça de São Paulo). A SulAmérica segue em segundo lugar, acumulando 6.166 ações.

Siga o CERS no Google News e acompanhe nossos destaques

Avatar de Gabryelle Araujo
Por:
Jornalista

Tags relacionadas:

O CERS utiliza cookies para personalizar e garantir a melhor experiência possível. Ao continuar navegando, você concorda com tal utilização.
Para mais informações acesse a nossa Política de privacidade.

a