MEC aprova graduação em Direito 100% online para a Faculdade CERS - Notícias CERS

MEC aprova graduação em Direito 100% online para a Faculdade CERS

Avaliada em julho pelo MEC, tendo obtido relatório conclusivo para aprovação do curso de Direito 100% EaD.

Renan Pipolo
Por:
Atualizado em 27/07/2021 - 11:40
MEC aprova graduação em Direito 100% online para a Faculdade CERS

O grupo CERS, referência de ensino EaD na área jurídica, se tornou um dos maiores players do mercado especializado em preparação dos alunos para concursos públicos e Exame de Ordem. Nesta semana, o Ministério da Educação (MEC) aprovou a criação do Curso de Graduação em Direito 100% EaD, na Faculdade CERS.

A aprovação se deu após uma análise do MEC, realizada durante os dias 19 e 20 de julho. Criada em 2016, a Faculdade CERS conta com mais de 13 mil alunos com matrículas ativas nos seus 21 cursos de pós-graduação em Direito.

“Estamos realizando um sonho. Pelo CERS, já passaram mais de 1 milhão de alunos, muitos dos quais hoje são advogados, juízes, promotores, servidores públicos de tribunais, auditores fiscais e delegados, entre outros”, celebra o Presidente do Grupo CERS, Renato Saraiva. “Nossos cursos têm como ponto forte a qualidade do ensino, juntamente com tecnologia e inovação, uma vez que somos pioneiros no ensino a distância no Brasil”.

Recentemente, o grupo obteve autorização para Mestrado Profissional em Direito (presencial) por parte do Ministério da Educação (MEC), onde já está iniciando a segunda turma com enorme procura e sucesso. Paralelamente, o CERS vem se preparando para também iniciar o Mestrado em Direito 100% EAD.

Graduação EaD formará alunos do CERS da graduação ao concurso público

Renato Saraiva esclareceu que com a aprovação do Curso de Direito 100% EaD, o CERS poderá preparar e formar o aluno para os desafios do mundo jurídico desde a graduação.

“A ideia é que o aluno, desde o primeiro período de graduação já defina os seus objetivos, se quer exercer a advocacia, se pretende se submeter a um concurso público ou mesmo se deseja se tornar um professor, exercendo a docência”, afirma. “Queremos, de fato, revolucionar o Curso de Direito no Brasil, unindo conteúdo jurídico de qualidade, professores renomados e tecnologia/inovação”.

No Curso de Direito, o CERS terá um objetivo comum para todos os graduandos: a aprovação no exame de ordem da OAB, hoje um grande problema nacional, onde mais de 80% dos alunos que se submetem ao exame de ordem são reprovados. Além disso, desde o início do curso e até a sua conclusão, o CERS direcionará os estudos do aluno conforme os seus objetivos (concurso público, advocacia e/ou docência).

Além disso, a Faculdade CERS, que possui um sistema de ensino reconhecido nacionalmente, fornecerá conteúdo jurídico de qualidade para outras instituições de ensino, criando novas fontes de receita e contribuindo para a qualidade do ensino jurídico brasileiro.

Segmento tem potencial para investimentos

Por último, Saraiva destaca que o CERS vem recebendo sondagens de investidores interessados em aplicar recursos no segmento de Curso de Direito EAD, uma vez que a graduação em Direito do Brasil é uma das mais procuradas, com quase 800 mil alunos atualmente.

“O grande objetivo do CERS é de se tornar o maior e o melhor player jurídico do país, acompanhando e orientando a vida acadêmica e profissional do seu cliente desde a graduação até sua completa formação e alcance dos seus objetivos”, conclui.

Sobre o CERS

O Grupo CERS é especialista no aperfeiçoamento e no direcionamento de carreiras por meio de ensino online. Os cinco braços do Grupo CERS são: CERS Cursos Online, Faculdade CERS, Aprenda, Ad Verum Suporte Educacional e Videofront. Juntas, as empresas do Grupo oferecem cursos para o Exame da OAB, concursos públicos, pós-graduação e mestrado, soluções comerciais e audiovisuais, além de uma plataforma de marketplace para produtores de conteúdo. No DNA do CERS, está a educação com qualidade, unida à tecnologia, interatividade e muita inovação. Fundado e presidido por Renato Saraiva desde 2009, completam o comando do grupo educacional Guilherme Saraiva (VP Executivo), Francisco Penante (VP Comercial) e Bruno Viana (VP Pedagógico).