Dicas sobre gestão do tempo - Notícias CERS

Dicas sobre gestão do tempo

Se você tem a sensação de que seu dia não tem horas suficientes, confira nossas dicas para gerenciar melhor seu tempo.

Por:
Atualizado em 24/01/2020 - 14:12

Quantas vezes na semana você tem a sensação de que, para dar conta de todas as suas tarefas, seu dia precisaria ter, no mínimo, 36 horas? Certamente, isto ocorre com frequência. 

Esteja certo que, se seu dia realmente tivesse mais horas, você passaria a desejar ainda mais horas, num ciclo infindável. Esta sensação de falta de tempo pode advir de uma administração ineficaz dele. 

Sempre pensando em lhe auxiliar em sua preparação, tornando sua jornada cada vez mais leve, preparamos algumas dicas para você aprender a gerenciar melhor o tempo que tem disponível. Confira!

Identificando a importância das tarefas

Já parou para pensar se todas as atividades as quais você está dedicando tempo são realmente importantes? À primeira vista, essa pode parecer uma indagação estranha.

Mas esse é um questionamento necessário, pois recorrentemente somos impulsionados pela rotina e o hábito acaba ilidindo nossa capacidade de questionar certos comportamentos já arraigados.

Por exemplo, analise sua rotina visando identificar quais hábitos podem ser executados em menos tempo ou, até mesmo, extintos de seu dia a dia. Será que você tem que assistir ao capítulo de sua série do coração no dia em que ela é disponibilizada? Ou será que você pode favoritar o episódio para assisti-lo no dia reservado ao lazer?

Atenção, estudante, o objetivo aqui não é extinguir do seu cotidiano os momentos de descompressão e descanso. Jamais! Eles são de suma importância. Nunca se esqueça disso!

Tempo para o lazer

Já salientamos, em outras oportunidades, a importância dos momentos de lazer e exercícios físicos. Inclusive, a depender do concurso que se pretende prestar, a preparação física deve integrar o cronograma de estudos, lado a lado ao Direito Constitucional, por exemplo.

Por falar em cronograma de estudos, se não sabe como montar o seu, confira nossas dicas.

Este é o caso das carreiras policiais, as quais o Teste de Aptidão Física, o famoso TAF, é etapa subsequente às provas de conhecimentos. Assim, o candidato não deve esperar a aprovação nas primeiras etapas para iniciar sua preparação física, ela deve se dar concomitantemente aos estudos teóricos.

Redes sociais

Pois bem. Voltemos com mais um exemplo: redes sociais! O candidato pode até não interromper os estudos para responder aos aplicativos de mensagens. Parabéns, por isso. Mas, se, ao invés disso, ele reserva os momentos antes de dormir para se atualizar em todas as redes sociais das quais participa, está cometendo um erro.

Primeiramente, já foi comprovado através de vários estudos e reiteradamente divulgado nos mais variados meios de comunicação, que a luz proveniente dos aparelhos eletrônicos é prejudicial, pois inibe a sonolência e pode impactar negativamente na qualidade do sono.

Também é de conhecimento de todos que uma noite bem dormida é condição para um dia produtivo. Assim, deve-se ter em mente que é importante não apenas “dormir”, mas dormir pelo tempo apto a satisfazer a necessidade biológica de cada indivíduo, de forma contínua (portanto, sem interrupções desnecessárias, como as decorrentes de notificações no celular, por exemplo) e qualitativa (sono profundo é essencial, ao menos em parte da noite).

Nesse ínterim, seria salutar mais 30 minutos diários para a resolução de questões, por exemplo? Se sim, vale o questionamento (de forma crítica, sensata e imparcial, claro!) se aquela meia horinha despendida na “olhadinha” no feed são de fato importantes.

E mais, se aquele tempo que você reservou às redes sociais antes de dormir não impactaram na noite de sono, de forma a tirar-lhe 30 minutos de produtividade no dia seguinte, em decorrência da noite “mal dormida”.

E então, quais as dicas?

A sugestão é analisar a rotina globalmente e identificar quais atividades poderiam ser abolidas ou ter destinado menos tempo. As atividades devem demandar tempo condizente com sua real importância.

No mesmo sentido, indagar quais atividades não precisam ser realizadas imediatamente, podendo ser realocadas para momentos mais livres, de forma a não comprometer o fluxo de produtividade e o rendimento do candidato.

A preparação para as provas deve ser um misto de planejamento e persistência. Certamente não será “fácil”, mas também, não deve se tornar um fardo insustentável.

Por óbvio, serão necessárias certas abdicações, mas o candidato também deve tentar usufruir (e aproveitar) o processo. Algumas atitudes podem contribuir para que essa jornada seja mais leve. Conte conosco para lhe auxiliar nisso. Seja resiliente, a jornada é árdua, mas persista até o êxito!

Vamos juntos!

Tags relacionadas: