Conheça a carreira do Delegado Federal - Portal de notícias CERS

Conheça a carreira do Delegado Federal

Saiba detalhes sobre as atribuições da função, a remuneração e o concurso público para ingresso na carreira.

Por:
Atualizado em 20/06/2019 - 12:53

A Polícia Federal é uma instituição notória no atual cenário brasileiro. Dentre as carreiras policiais, o cargo de Delegado PF é um dos mais almejados. Isso se deve às características das funções desempenhadas, às remunerações atrativas, ao excelente plano de carreira, dentre outros.

Saiba mais sobre o cargo de Delegado Federal no nosso curso gratuito de cargos e carreiras. Aqui, serão apresentados os principais tópicos relativos às atribuições da função, à remuneração e ao concurso público para ingresso na carreira.

Atribuições da PF

A PF exerce com exclusividade as atribuições de polícia judiciária da União. Sendo assim, é o órgão responsável pela apuração da autoria e materialidade delitiva, investigando os crimes de competência da justiça federal, em regra.

Crimes envolvendo servidores públicos federais no exercício da função, de moeda falsa, contrabando e descaminho, e tráfico de drogas transnacional são exemplos de delitos que fazem parte do escopo de atuação da PF.

Some-se a isso, sua atuação no âmbito da polícia administrativa, realizando o controle de imigração, a expedição de passaportes, a expedição de registro e concessão de porte de arma de fogo, dentre outros.

Concurso para ingresso na carreira

O concurso para ingresso na carreira compõem-se de duas etapas. A primeira etapa é composta por uma prova de conhecimentos e uma discursiva. Em regra, a prova objetiva se trata de 120 questões de múltipla escolha. As principais disciplinas cobradas nos últimos certames são:

– Direito Penal;

– Direito Processual Penal;

– Legislação Penal Extravagante;

– Direito Constitucional;

– Direito Administrativo;

– Criminologia;

– Direito Internacional;

– Direito Previdenciário;

– Direito Empresarial;

– Direito Civil; e

– Direito Processual Civil.

Via de regra, só são cobrados conteúdos estritamente jurídicos. Logo, as disciplinas de Medicina Legal e Língua Portuguesa não são exigidas. Dentre as disciplinas elencadas acima, deve-se focar em Penal, Processo Penal, Legislação Extravagante, Constitucional,  Administrativo e Criminologia. Estas disciplinas somam o maior percentual de questões na avaliação.

A prova discursiva, por sua vez, exige a redação de uma peça prática e a resolução de questões subjetivas. Essas questões contemplam os conteúdos centrais enumerados acima.

Ainda na primeira etapa da seleção, há a aplicação de prova oral. Assim como a avaliação discursiva, aqui são exigidos as principais disciplinas do conteúdo programático, já discriminadas anteriormente. Percebe-se que a exigência dos conteúdos é muito coerente com o exercício das funções, exigindo as disciplinas que o delegado federal vai aplicar diariamente.

Além das avaliações de conhecimento, constituem fases da primeira etapa do concurso o teste psicotécnico, através de uma dinâmica de grupo. Some-se a isso o teste de aptidão física (TAF).

Prova de capacidade física

O TAF é composto de prova de barra fixa, salto em distância (impulsão horizontal), corrida de 12 minutos e natação de 50 metros. Saliente-se que são exigidos padrões diferentes para candidatos do sexo masculino e feminino. Conheça abaixo os parâmetros mínimos para aprovação nesta fase do certame:

Homem

Barra: 3 Flexões

Salto em Distância: 2,14 Metros

Corrida: 2,35 Quilômetros

Natação: 41 Segundos

Mulher

Barra: 1 Flexão

Salto em distância: 1,66 Metros

Corrida: 2 Quilômetros

Natação: 51 Segundos

Fique atento ao edital dos concursos, pois as informações acerca da condução da prova são discriminadas pormenorizadamente em tópico específico.

Por fim, há a realização de exames médicos, às expensas do candidato, e  investigação social. Esta investigação visa averiguar se o candidato tem conduta em sociedade condizente com os padrões morais e éticos exigidos de um delegado federal.

A segunda etapa do certame corresponde ao curso de formação, que também é fase eliminatória. Esta preparação ocorre na Academia Nacional de Polícia, localizada em Brasília, e dura, aproximadamente, 4 meses. Saliente-se, que durante o período de formação o candidato faz jus à percepção de 50% do subsídio.

Progressão na carreira

A carreira de Delegado da Polícia Federal é passível de três progressões. São requisitos para progressão, tempo e mérito. Ao ser aprovado no concurso, ocorre o ingresso na carreira como integrante da 3ª classe, seguindo-se à 2ª, à 1ª e, por fim, à Classe Especial.

Para a progressão da 3ª classe para a 2ª, são necessários 3 anos de atividade. Da 2ª para a 1ª e da 1ª para a Especial, exige-se 5 anos de exercício cada. Depois desses interstícios mínimos, faz-se um curso e uma prova à distância e, se aprovado, progride automaticamente de classe.

Subsídios

Os vencimentos da PF sempre estão no topo remuneratório do Executivo. Além do subsídio base, os delegados fazem jus à percepção de diárias, em caso de missão fora da sua lotação, e auxílio, em caso de lotação em local inóspito. Confira abaixo as faixas remuneratórias, de acordo com a classe.

Terceira Classe: R$ 23.692,74

Segunda Classe: R$ 24.298,42

Primeira Classe: R$ 27.846,74

Classe Especial: R$ 30.936,91

Atividade física obrigatória

O delegado federal deve cumprir diariamente uma hora de atividade física. A atividade escolhida é indiferente, mas o delegado deve cumprir jornada diária de 7 horas, reservando uma hora ao dia para a prática esportiva.

Outras informações

Faixa etária: não há idade mínima ou máxima para o ingresso na carreira.

Prática jurídica: exige-se 3 anos de atividade jurídica ou policial.

Diante de todas essas informações, é patente que a carreira de Delegado da Polícia Federal é excelente. Este cargo é o objetivo de muitos concurseiros que se preparam para concursos policiais. Logo, não espere para iniciar seus estudos. Uma preparação consistente é garantia de aprovação. Pensando nisso, o CERS acaba de lançar o CERS Play, um sistema de assinaturas com preparatórios para provas de vários órgãos públicos. Pagando um valor fixo por mês, você tem acesso a todos os cursos para a área de Carreiras Policiais, inclusive os preparatórios específicos que serão lançados após a publicação dos editais mais esperados. Você quer conquistar sua vaga e mudar de vida? Então, clique aqui e vamos evoluir juntos!

Tags relacionadas:

COMENTÁRIOS