Concurso TJ RS (Servidores): Resultado preliminar! - Notícias CERS

Concurso TJ RS (Servidores): Resultado preliminar!

Por:
Atualizado em 29/06/2022 - 14:30

Atenção, concurseiros! Saiu o resultado preliminar das provas objetivas no Concurso TJ RS (Servidores)!

Confira aqui o resultado.

Ao todo estão sendo ofertadas 24 vagas para o cargo de Oficial de Justiça e 4 vagas para o cargo de Analista do Poder Judiciário. As remunerações chegam até R$ 7.352,93! A IBADE é a responsável pela organização do certame.

E aí? Vamos juntos?

Calendário do Concurso do TJ/RS

Período de Inscrições: 31/01/2022 a 04/03/2022
– Taxa de Inscrição: R$ 212,00
– Isenção da Taxa: 31/01/2022 a 04/03/2022
Aplicação das Provas Objetivas: 12/06/2022

Informações essenciais para a prova objetiva

– O concurso será realizado em uma única etapa, com caráter eliminatório e classificatório, através de uma Prova Objetiva específica para cada cargo do concurso, sejam eles: Oficial de Justiça Estadual e Analista do Poder Judiciário – Área de Apoio Especializado em Serviço Social
– As provas possuem valor total de 80 pontos e contam com 80 questões objetivas

– Para a área de Oficial de Justiça Estadual, a distribuição das questões será:
Parte 1: 30 (trinta) questões de Língua Portuguesa, valendo 30,0 (trinta) pontos.

Parte 2: 42 (quarenta e duas) questões de Conhecimentos Específicos/Tópicos de Legislação, valendo 42,0 (quarenta e dois) pontos.

Parte 3: 08 (oito) questões de Microinformática, valendo 8,0 (oito) pontos.

– Para a área de Analista do Poder Judiciário – Área de Apoio Especializado em Serviço Social, a distribuição de questões será:

Parte 1: 30 (trinta) questões de Língua Portuguesa, valendo 30,0 (trinta) pontos.

Parte 2: 30 (trinta) questões de Conhecimentos Específicos, valendo 30,0 (trinta) pontos.

Parte 3: 15 (quinze) questões de Tópicos de Legislação, valendo 15,0 (quinze) pontos.

Parte 4: 05 (cinco) questões de Microinformática, valendo 5,0 (cinco) pontos.

– As provas ocorrerão na cidade de Porto Alegre, durante um domingo de manhã e terá duração de 4h
– Os portões abrirão 80min antes do início da prova e fecharão 20min antes do horário inicial desta, seguindo o horário oficial de Brasília
– O candidato deverá portar caneta esferográfica transparente de tinta preta ou azul para realização da prova.
– Também será obrigatório o uso de máscara de proteção facial, que cubra o nariz e a boca, durante a permanência no local e realização da prova, sob pena de exclusão do Concurso Público.
– O IBADE não fornecerá canetas e máscaras aos candidato
– Os candidatos deverão respeitar o distanciamento mínimo de 1 (um) metro e poderão levar, para uso individual, uma máscara reserva, um frasco de álcool em gel 70% em recipiente pequeno, transparente e sem rótulo.
– Na entrada do local, haverá a higienização das mãos dos candidatos e, também, a aferição da temperatura.
– Aqueles que apresentarem temperatura superior a 37,5ºC serão colocados em espaço isolado para realização da prova.
– Os candidatos devem comparecer ao local da prova com antecedência, sendo recomendado o tempo de 80minOs candidatos devem portar, preferencialmente, o mesmo documento válido para identificação que realizou sua inscrição ou, ainda, um documento original com foto e em meio físico
– O documento deve estar em perfeitas condições, com fotografia atualizada (não sendo aceito documentos com foto de criança), de forma a permitir a identificação do candidato.
– Não será aceito documento eletrônico, como a CNHe, ou cópia de documentos originais, mesmo que autenticados.
– No caso de perda ou roubo de documentos, será necessário a apresentação do documento de órgão policial que ateste o registro de ocorrência de perda, furto ou roubo de seu documento de identificação, emitido com antecedência máxima de 30 (trinta) dias da data de aplicação da Prova Objetiva.
– Não será permitido o uso de lápis, marca-textos, lapiseiras, grafites, réguas e borrachas durante a realização da prova.
– Não será permitido o uso de celular ou quaisquer outros aparelhos eletrônicos e adereços especificados no Edital do Concurso, sob pena de exclusão do Concurso Público
– Os celulares deverão ser desligados, identificados e acomodados em uma embalagem fornecida pelo IBADE
– Durante a prova Objetiva, o candidato irá receber um Caderno de Questões e uma Folha de Respostas.
– A Folha de Respostas será pré-identificada, cabendo a estes conferir seus dados pessoais e a posição de sua assinatura no local designado.
– Somente será permitido ao candidato deixar definitivamente a sala de prova após o tempo mínimo de 1h (uma hora) do início da prova
– A entrega da Folha de Respostas, devidamente preenchida e assinada, e do Caderno de Questões ao fiscal da sala será obrigatória.
– A inobservância do tempo mínimo de permanência causará a não correção da prova e, consequentemente, a eliminação do candidato.
– O candidato só poderá sair com seu Caderno de Questões faltando 1h (uma hora) para o término das provas
– Ao concluir a Prova Objetiva, o candidato deverá, obrigatoriamente, devolver ao fiscal da sala a Folha de Respostas, devidamente preenchida e assinada
– O candidato é inteiramente responsável pelo correto preenchimento, conservação e integridade da Folha de Respostas, visto que não haverá substituição desta, salvo em caso de defeito de impressão
– Não serão computadas as questões que contenham mais de uma resposta marcada, bem como, as questões que não foram marcadas na Folha de Respostas
– Ao final do tempo destinado para a realização da prova, os 03 (três) últimos candidatos de cada sala deverão permanecer nesta, sendo liberados somente quando todos tiverem concluído a prova ou quando o tempo tiver se esgotado.

Matérias mais recorrentes

Português

  1. Compreensão e interpretação de texto
  2. Reescrita de orações, períodos, frases e parágrafos
  3. Emprego dos sinais de pontuação e sua função no texto

Direito Constitucional

  1. Das Funções Essenciais à Justiça
  2. Organização dos Poderes – Legislativo
  3. Direitos e Garantias Fundamentais

Direito Administrativo

  1. Licitações e Contratos Administrativos (Lei Federal n. 8.666/1993)
  2. Improbidade Administrativa
  3. Organização Administrativa

Direito Civil

  1. Da responsabilidade civil em geral
  2. Dos contratos em geral
  3. Estatuto da Pessoa com Deficiência (Lei nº 13.146, de 06 de julho de 2015)

Direito Processual Civil

  1. Recursos
  2. Das Normas Fundamentais e da Aplicação das Normas Processuais
  3. Meios alternativos de solução de conflitos

Direito Penal

  1. Crimes contra a Administração pública
  2. Extinção da punibilidade

Direito Processual Penal

  1. Dos recursos
  2. Competência
  3. Inquérito policial

Checklist para o dia da prova

– Os portões serão abertos com 80 minutos de antecedência do horário da prova e fechados 20min (vinte minutos) antes do horário de início da prova, sendo assim, não se atrase!

Não esqueça sua máscara, pois, de acordo com o Edital, só serão admitidos nas dependências dos locais de prova se estiverem usando proteção facial de forma correta, cobrindo nariz e boca, sendo PROIBIDO apenas o uso de face-shield.

O documento de identificação deverá ser atualizado, além de estar em perfeitas condições (sem avarias e inviolado), com fotografia atualizada (não será aceito documento com foto de criança).

– O comprovante de Inscrição e o Comprovante Definitivo de Inscrição (CDI) não têm validade como documento
de identidade.

– Lembre-se que a caneta esferográfica deve ser transparente de tinta azul ou preta.

Deixe os eletrônicos em casa! Nada de levar celular, relógio, fones de ouvido, gravadores, pagers, notebook ou qualquer outra coisa similar!

Confira os comentários do Edital com o Professor Marcílio Ferreira

Cargos e Vagas

Oficial de Justiça Estadual – 24 vagas

Analista do Poder Judiciário – Serviço Social – 4 vagas

Remuneração do Concurso TJ RS Servidores

Oficial de Justiça Estadual: R$ 6.361,94 + de auxílio condução;

Analista do Poder Judiciário – Área de Apoio Especializado em Serviço Social: R$ 7.352,93.

Etapas do Concurso TJ RS Servidores

O Concurso TJ RS Servidores será composto de Única Etapa, com uma Prova Objetiva, de caráter eliminatório e classificatório.

– Prova Objetiva

As Provas Objetivas serão aplicadas na cidade de Porto Alegre, em um domingo, no turno da manhã, com duração de 4h (quatro horas).

Oficial de Justiça Estadual: A Prova Objetiva terá o valor de 80,0 (oitenta) pontos e será constituída de 80 (oitenta) questões objetivas, assim distribuídas:

Parte 1: 30 (trinta) questões de Língua Portuguesa, valendo 30,0 (trinta) pontos.
Parte 2: 42 (quarenta e duas) questões de Conhecimentos Específicos/Tópicos de Legislação, valendo
42,0 (quarenta e dois) pontos.
Parte 3: 08 (oito) questões de Microinformática, valendo 8,0 (oito) pontos

Analista do Poder Judiciário – Área de Apoio Especializado em Serviço Social: A Prova Objetiva terá o valor de 80,0 (oitenta) pontos e será constituída de 80 (oitenta) questões objetivas, assim distribuídas:


Parte 1: 30 (trinta) questões de Língua Portuguesa, valendo 30,0 (trinta) pontos.
Parte 2: 30 (trinta) questões de Conhecimentos Específicos, valendo 30,0 (trinta) pontos.
Parte 3: 15 (quinze) questões de Tópicos de Legislação, valendo 15,0 (quinze) pontos.
Parte 4: 05 (cinco) questões de Microinformática, valendo 5,0 (cinco) pontos.

Último Concurso TJ RS

O último Concurso TJ RS para Oficial de Justiça ocorreu em 2019 e 2020 e ofertou 3 vagas para o cargo, com remuneração inicial de R$ 9,3 mil. O certame contou com uma única fase que consistiu em uma prova objetiva de 80 questões de múltipla escolha com 5 alternativas cada.

Resumão do Concurso

Concurso: Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul
Cargos: Oficial de Justiça Estadual e Analista do Poder Judiciário- Serviço Social
Vagas: 28
Banca Organizadora: IBADE
Status: Edital Publicado!
Link do Edital

Quer se preparar para um Concurso TJ RS?

Com a divulgação, em 22/01/2022, do edital para o preenchimento de vagas para o cargo de OFICIAL DE JUSTIÇA PARA O TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO RIO GRANDE DO SUL, o CERS Cursos Online preparou um curso especial de ESTUDO TEÓRICO e de RESOLUÇÃO DE QUESTÕES com explicação teórica, abordando os conteúdos de cada disciplina cobrada no edital. 


Todas as aulas são ministradas por professores aprovados em concursos e/ou com experiência nessa carreira, o que lhe trará o conhecimento necessário para compreender os temas mais relevantes em cada detalhe e encurtar o caminho até a sua aprovação.

30 dias para a prova