Como utilizar a marcação de texto para a OAB e concursos públicos? - Portal de notícias CERS

Como utilizar a marcação de texto para a OAB e concursos públicos?

Saiba como aperfeiçoar a técnica de marcação de textos!

Por:
Atualizado em 23/10/2019 - 17:23
marca texto

Para aprovação nos certames não há fórmula exata ou método cem por cento eficaz para todos os candidatos. Mas há algumas estratégias que podem ser adotadas como facilitadoras nessa jornada. O que é consenso é que a tão almejada aprovação é resultado do somatório de planejamento e persistência.

Pensando em lhe auxiliar no seu processo de planejamento, preparamos uma série de técnicas de estudos, ferramentas importantíssimas e de grande valia para sua aprovação. Confira!

Ter um tempo para estudar ou revisar um conteúdo, é cada dia mais difícil, por diversos motivos como o aumento das demandas diárias, a rotina de trabalho e família etc.

Contudo, não fique desanimado! Você pode otimizar o seu tempo nos estudos através de técnicas, uma das mais eficientes é a técnica de marcação de texto. Para turbinar a sua preparação fique por dentro deste conteúdo! Vamos juntos!

Você sabe como usar o marca texto ? Pois é, o seu uso é um grande dilema para os estudantes e concurseiros na hora de estudar. Ocorre que,  a utilização incorreta ou inadequada , em vez de ajudar, irá prejudicar os seus estudos, o exagero de partes grifadas poderá tirar a atenção de pontos do conteúdo que são realmente importantes na disciplina.

Pensando em ajudá-lo, a equipe CERS traz essas informações que lhe podem ser úteis na sua jornada até a aprovação!

A técnica de marcação de texto é bastante conhecida entre os estudantes, na verdade, é uma das mais antigas entre os estudantes e concurseiros. De um modo geral, a técnica consiste em marcar o que for de maior relevância para você ou o que tiver maior incidência nas provas ou assuntos  do seu concurso ou estudo diário com uma caneta marca texto.

Para realizar a marcação, é indicado o uso de canetas de marca textos com  cores vivas, desse modo,  ao ler o conteúdo, você verá com destaque  o que é  importante no texto. É  interessante esse uso de cores diversificadas para associar cada tipo de marcação. Por exemplo, você poderá utilizar a cor vermelha para lembrar de algo muito importante para o seu estudo, já o amarelo para destacar alguma jurisprudência ou artigo.

A marcação tem a função de destacar os pontos mais relevantes  do assunto, de modo que, apenas com uma visualização rápida seja possível obter informações importantes nos livros impressos ou digitais.

Mas não apenas para localizar uma informação rápida serve a marcação, esta pode também ser utilizada para a realização de mapeamento de resumos ou mapas mentais. Como a intenção é destacar o que for importante, o marca texto é uma ferramenta auxiliadora do estudante no momento de confeccionar revisões, esquemas etc. O interessante é que o aluno utilize cores fortes para destacar assuntos importantes.

O que marcar ?

O ideal é que você não saia marcando tudo que ver pela frente! Lembre-se, a marcação é feita para facilitar o processo de memorização do seu cérebro, caso você marque grandes partes do texto, pode ocorrer que isso não seja tão útil. Visto que, em vez de ser algo fácil de ser lido e lembrado, será como realizar uma leitura corriqueira.

Dessa forma, marque apenas o necessário! Lembre-se, estudante, a finalidade é facilitar a sua memória, sendo assim, procure ser objetivo nas suas marcações, grife pequenos trechos ou palavras-chaves. De fato, não existe uma forma correta ou ideal de realizar, na verdade você terá que criar a sua própria estratégia.

O que não marcar 

 A marcação é uma técnica que é moldada pelo estudante. Não existe uma forma considerada a mais correta  que indique o que deve ser marcado, você deverá na prática identificar o que tem maior ou menor relevância nos seus estudos. Com o tempo e prática, você conseguirá identificar os pontos principais a serem marcados nas disciplinas.

Evite exageros! Utilizar muitas cores não é o recomendável, o indicado é que o aluno utilize de quatro a cinco, o excesso pode prejudicar a memorização das informações no cérebro. Evite grifar grandes partes do texto, o ideal é grifar frases curtas ou palavras-chaves que façam com que o cérebro localize a informação de maneira rápida, logo, marcar grandes parágrafos não é um método eficaz para a memorização.

Vamos juntos!

Tags relacionadas: