TCE PE: expectativa de edital em 2017 - Portal de notícias CERS

TCE PE: expectativa de edital em 2017

Por:
Atualizado em 03/04/2017 - 08:46

Comissão de concurso formada

Após 12 anos sem lançar qualquer edital, o Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE/PE) se programa para promover novo certame em 2017.

Em 20 de março, o órgão publicou, no Diário Oficial, o nome dos servidores designados para formar a comissão do concurso responsável pela elaboração do edital e demais encaminhamentos. Ainda em abril, deve ser divulgada a banca organizadora da seleção.

A publicação do edital está prevista para maio deste ano e as provas para agosto de acordo com calendário previsto pelo TCE. O certame deve oferecer vagas para as carreiras de técnico e auditor fiscal das contas públicas. Em ambos os cargos será exigida formação de nível superior.

As remunerações iniciais são de R$ 14.941,86 para técnico e R$ 17.106,96 para auditor. Além disso, a seleção também deverá contar com oportunidades para cargos na área administrativa, ainda não confirmados.

Segundo o Sindicato dos Servidores do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (Sindicontas), o número de vagas ainda será definido, mas o quantitativo não deve superar uma oferta atual de 81 cargos vagos existentes, em decorrência de aposentadorias e falecimentos.

Márcio Santana, presidente do sindicato, afirma que “os atuais 648 servidores já encontram dificuldades para cumprir as competências constitucionais de controle externo, especialmente importantes no atual cenário. Só em 2016 foram cerca de 40 novas aposentadorias. A expectativa, diante da reforma da previdência, é que este processo seja acelerado em 2017”. Santana ainda informou que os recursos para a realização do concurso foram assegurados pelas recentes aposentadorias, ocorridas  no âmbito do programa de aposentadorias voluntárias, proposto pelo próprio sindicato.

Sobre o último concurso

Realizada em 2004, o último certame contou com uma oferta de 109 vagas, destinadas aos cargos de analista de sistemas, assistente técnico de informática e administração, auditor das contas públicas, auditor das contas públicas para a área de saúde (medicina, odontologia, farmácia ou enfermagem), bibliotecário, inspetor de obras públicas (arquitetura e engenharia), procurador do Ministério Público de Contas e procurador consultivo do tribunal de contas. A banca organizadora foi o Cespe/UnB.

No caso de auditor, a seleção contou com 120 itens versando sobre conhecimentos específicos, também sendo considerados títulos para a classificação final.

Leia também: Principais concursos de 2017

Você pode se interessar por:

CURSOS PREPARATÓRIOS PARA CONCURSOS DE TRIBUNAIS DE CONTAS

Tags relacionadas:

COMENTÁRIOS