Marketing Jurídico: O passo a passo para prospectar clientes nas redes sociais - Notícias CERS

Marketing Jurídico: O passo a passo para prospectar clientes nas redes sociais

Tudo de acordo com o Código de Ética e Disciplina da OAB

Por:
Atualizado em 11/05/2021 - 14:10
ilustracao-sobre-captar-clientes

Olá, advogados e advogadas!

A internet trouxe várias inovações na forma de comunicação e relacionamento interpessoal. Com ela, nasceu uma nova forma de marketing: o marketing digital, com meios próprios de distribuição em massa de conteúdo. Essas inovações não podem ser negligenciadas pelo profissional do século XXI. Você precisa estar constantemente atualizado e dominar essas ferramentas de interação para poder divulgar seu conhecimento e trabalho.

Hoje vamos te mostrar como prospectar clientes em suas redes sociais. Vamos lá?

 

1. O inbound Marketing.

Para explicar o conceito de Inbound Marketing, vamos trazer a citação de Vitor Peçanha, CEO da RockContent, uma autoridade no assunto:

“O Inbound Marketing é um conjunto de estratégias de marketing que se baseia na ideia de criação e compartilhamento de conteúdo voltado para um público-alvo específico, para conquistar a permissão de comunicar com seu potencial cliente de forma direta, criando um relacionamento que pode ser duradouro. Em outras palavras, em vez de interromper os clientes em potencial, a ideia é atraí-lo por meio de conteúdo relevante.

Como advogado, você deve apostar em uma estratégia de Inbound Marketing. Dessa forma, você atrai o possível cliente através de conteúdo de valor e ele ficará inclinado (ou aquecido) para contratar os seus serviços ou comprar seus produtos, de acordo com o caso.

Vamos partir para um passo a passo para montar sua linha editorial e começar a captar os clientes que serão atraídos.

 

2. Monte a sua persona.

Persona é o termo usado em marketing para descrever o tipo de cliente ideal entre aqueles que compõem seu público-alvo. Isso é feito combinando suas principais características, hábitos e interesses, incluindo gênero e faixa de renda. 

A melhor maneira de entender o que é persona é observar os clientes, tanto os potenciais quanto os que já estão em seu portfólio. 

Como seria criar um consumidor com base nas características comuns do grupo? 

Este cliente é homem ou mulher? 

Quantos anos tem? 

Quanto ganha em média por mês? 

O que ele gosta e o que está procurando? 

Perceba que quanto mais próximo você estiver do perfil de cliente ideal, mais perguntas serão sobre seu público. Quanto mais variadas as características de um grupo, mais personas tendem a se encontrar.

Com sua persona bem definida ficará muito mais fácil para você construir seu público.

 

3. Crie uma conta na rede social principal, vá até onde está a sua persona.

Agora você deve selecionar a rede social onde sua persona mais está e que lhe permita uma maior interação com ela. Seus potenciais clientes estão no Facebook? Instagram? Youtube? Whatsapp?

Como você irá interagir com eles através dessa rede social?

 

Com essa resposta em mente, crie a sua conta profissional e passe para a fase de montar sua linha editorial.

 

4. Construa a sua linha editorial;

No universo jornalístico o significado de linha editorial é simples: a forma como o veículo vê o mundo, quais são seus valores e premissas que indicarão o conteúdo revelado ao leitor. Para o marketing de conteúdo: a linha editorial consiste em uma definição e uma visão ampla do conteúdo abordado no blog ou nas redes sociais. 

O intuito aqui é saber o que você irá postar como conteúdo na rede social para atrair seu público. Você deve falar sobre as principais dores dos seus prospectos, mostrar conhecimento jurídico, mostre sua rotina, seu trabalho. Pessoas se interessam por pessoas, então seja uma pessoa real e acessível. Defenda uma causa comum e as pessoas que defendem a mesma causa serão atraídas por você.

 

5. A captação.

Ao oferecer a seus clientes esses conteúdos de alta qualidade, como artigos de blog, dicas, resenhas de livros, sugestões de cursos, posts no instagram ou facebook, caixinha de pergunta  e até mesmo e-books, você pode solicitar endereços de e-mail e números de telefone para fazer um acompanhamento dos possíveis.

Você agora terá um ponto de contato com um potencial cliente que já se interessa pelo seu serviço, agora é só prospectar baseado nas necessidades deles e fechar a venda.

Gostou do conteúdo?

Então você não pode deixar de conferir esse artigo para saber o que pode e o que não pode fazer no marketing para advogados.

 

Vamos juntos!

Tags relacionadas: