Concurso TCM SP: movimentação no processo administrativo - Notícias CERS

Concurso TCM SP: movimentação no processo administrativo

A VUNESP será responsável pelo certame.

Por:
Atualizado em 17/01/2020 - 10:15

A expectativa pelo concurso TCM SP só aumenta. O processo administrativo do certame segue a todo vapor depois da definição da banca. A última movimentação foi registrada no dia 13/01 e o processo encontra-se na Unidade Técnica de Contratos. Este é um forte indicativo de que o extrato do contrato com a VUNESP pode ser publicado a qualquer momento.

Fique atento, pois o edital pode sair muito em breve.

Definição da banca

Foi publicado no Diário Oficial da Cidade de São Paulo, de 19/12, despacho autorizando a contratação, através de dispensa de licitação, da VUNESP para organizar o próximo concurso TCM SP. Segundo o documento, o certame ofertará vagas para os cargos de Auxiliar Técnico de Fiscalização e de Agente de Fiscalização.

Autorização e Formação da Comissão

Também através da Imprensa Oficial, foi publicada no dia 15/06 a Portaria designativa dos integrantes da comissão do certame. Na mesma edição, tornou-se público o despacho do Presidente do Tribunal de Contas autorizando a abertura do concurso. A publicação esclarece que o certame visará ao provimento de 02 cargos de Agente de Fiscalização e formação de Cadastro de Reserva para até 90 classificados.

Para mais oportunidades de concursos fiscais, clique aqui.

Remuneração

Segundo informações disponíveis no portal da transparência do TCM SP, o vencimento básico inicial para o cargo de Agente de Fiscalização é de R$10.818,37. Já para o cargo de Auxiliar Técnico de Fiscalização é de R$ 5.046,82.

Último concurso 

O último concurso TCM SP foi realizado em 2015 e organizado pela Fundação Getúlio Vargas – FGV. O edital previa a oferta de 40 vagas para o cargo de Agente de Fiscalização. 

A avaliação foi composta de duas etapas, sendo:

– Primeira etapa: prova escrita objetiva, de múltipla escolha, com cinco alternativas cada, e prova discursiva, ambas de caráter eliminatório e classificatório.

– Segunda Etapa: composta por Programa de Formação, de caráter eliminatório.

A prova objetiva foi composta de 100 questões, sendo 24 de conhecimento gerais, 40 de específicos e 36 de conhecimentos especializados.

O edital de 2015 previa carga horária semanal de trabalho de 40h.

Confira nosso simulado gratuito e tenha a experiência completa da realização de um concurso fiscal

Simulado para Concursos da Área Fiscal

Conteúdos abordados no último edital

– Língua Portuguesa;

– Auditoria;

– Contabilidade Geral;

– Orçamento Público;

– Contabilidade Pública;

– Controle Externo da Gestão Pública;

– Direito Constitucional;

– Direito Administrativo; e

– Direito Penal.

Preparação

Diante de remunerações tão atrativas, espera-se um certame bem concorrido. Logo, não espere para iniciar seus estudos. Uma preparação consistente é garantia de aprovação. Pensando nisso, o CERS acaba de lançar o CERS Play, um sistema de assinaturas com preparatórios para provas de vários órgãos públicos. Pagando um valor fixo por mês, você tem acesso a todos os cursos para a área Fiscal, inclusive os preparatórios específicos que serão lançados após a publicação dos editais mais esperados. Você quer conquistar sua vaga e mudar de vida? Então, clique aqui e vamos evoluir juntos!