Saiu o edital do Concurso da Prefeitura do Recife! - Portal de notícias CERS

Saiu o edital do Concurso da Prefeitura do Recife!

O certame oferece 25 vagas imediatas e salários de até R$ 7.374,00

Thaísa Moraes
Por:
Atualizado em 01/10/2018 - 10:26
Fique por dentro do concurso da Prefeitura do Recife.

Saiu o edital do Concurso da Prefeitura do Recife! O certame oferece 25 vagas para os cargos de Analista de Gestão Administrativa, de Analista de Gestão Contábil, de Analista de Planejamento, Orçamento e Gestão, e de Assistente de Gestão Pública. Os salários podem chegar até R$ 7.374,00 a depender do cargo. As inscrições têm início às 10h do dia 01 de outubro até às 14h do dia 23 de novembro de 2018 no site da Fundação Carlos Chagas. As provas serão realizadas nos dias 12 e 13 de janeiro de 2019.

Resumão do Certame:

CONCURSO PREFEITURA DO RECIFE

Status: Edital publicado

Vagas: 25 vagas

Salários: até R$ 7.374,00

Banca: FCC

Inscrições: 10h do dia 01/10/2018 às 14h do dia 23/11/2018

Taxa: R$ 75 (Nível Médio Completo), R$ 100 (Nível Superior Completo)

Provas: 12/01/2019 e 13/01/2019


Vagas

O concurso da Prefeitura do Recife oferece 25 (vinte e cinco) vagas para os cargos de Analista de Gestão Administrativa, Analista de Gestão Contábil, Analista de Planejamento, Orçamento e Gestão, e Assistente de Gestão Pública.

Salário

Os salários para este concurso são de até R$ 7.374,00.

Inscrições

A inscrições ficarão abertas das 10 horas do dia 1 de outubro de 2018 às 14 horas do dia 23 de novembro de 2018, no site da FCC. A taxa de inscrição custa R$ 75 para Nível Médio Completo e R$ 100 para Nível Superior Completo.

Prova escrita

A data da prova de conhecimentos gerais e específicos está marcada para o dia 12 de janeiro de 2019, no período da tarde, e no dia 13 de janeiro de 2019 na cidade do Recife/PE. A avaliação terá a duração de quatro horas.

As áreas de conhecimento e o valor das questões, constam no quadro abaixo:

Informações sobre horários e locais, bem como a confirmação da data, serão divulgadas no Edital de Convocação para as Provas. A publicação acontece no Diário Oficial do Recife, no site da FCC e através de cartões informativos encaminhados por e-mail para os candidatos.

Cálculo da nota e classificação

A média final (MF) do candidato será obtida com a aplicação da seguinte fórmula:

Disciplinas cobradas no edital

Cargos: Analista de Planejamento, Orçamento e Gestão, Analista de Gestão Administrativa e Analista de Gestão Contábil

a) Língua portuguesa
b) Matemática, Raciocínio Lógico-Matemático e Estatística
c) Noções de Direito Constitucional
d) Noções de Direito Administrativo
e) Noções de Direito Financeiro

Cargo: Analista de Planejamento, Orçamento e Gestão

a) Administração Pública
b) Gestão de Pessoas
c) Gestão de Processos, Projetos e Tecnologia da Informação
d) Economia
e) Políticas Públicas
f) Orçamento Público

Cargo: Analista de Gestão Administrativa

a) Gestão de Processos
b) Gestão por Resultados
c) Administração Estratégica
d) Administração Pública

Cargo: Analista de Gestão Contábil

a) Contabilidade Geral
b) Contabilidade Pública
c) Administração Financeira e Orçamentária
d) Noções de Direito Tributário

Cargo: Assistente de Gestão Pública

a) Língua Portuguesa
b) Matemática e Raciocínio Lógico-Matemático
c) Noções de Administração Pública
d) Noções de Informática
e) Legislação Específica

Atribuições do cargo de Assistente de Gestão Pública

a) Fornecer suporte administrativo e técnico às áreas de gestão de pessoas, administração, finanças, licitações, contratos, compras e patrimônio.
b) Assistir usuários e servidores através do fornecimento e recebimento de informações.
c) Tratar documentos variados de acordo com os procedimento necessários.
d) Preparar relatórios, planilhas e exercer outras atividades correlatas na área administrativa

Atribuições do cargo de Analista de Gestão Administrativa

a) Participar da concepção e implantação de sistemas e projetos administrativos.
b) Realizar atividades voltadas ao desenvolvimento do servidor. Mapear competências, treinamento, gestão de mudanças organizacionais e aprimoramento de recursos humanos.
c) Usar a tecnologia da informação de forma estratégica em processos educacionais, conhecimento, qualidade e gerenciamento de projetos.
d)  Definir objetivos, estratégias, metodologias e conjuntos de projetos para a contribuição efetiva dos servidores no cumprimento das metas institucionais.
e) Planejar, instrumentar e avaliar a eficiência dos processos técnicos de gestão de pessoas.
f) Efetivar políticas como: relações do trabalho, remuneração, vantagens e benefícios.
g) Analisar, instruir e emitir nota técnica em processos e requerimentos referentes à aplicação da legislação.
h) Analisar e monitorar despesas pessoais.
i) Integrar equipes, grupos e comissões para otimizar processos de gestão dos resultados.
j) Atuar, quando designado e em grau de responsabilidade compatível com o nível de qualificação, como Gestor, Fiscal de Contratos ou Preposto.
k) Proposição de políticas, desenvolvimento de sistemas e elaboração de estudos, análises, pareceres, estatísticas e relatórios em geral. Bem como proposição de mecanismos de controle a serem incorporados nos editais.
l) Atender e orientar o público interno na aplicação de procedimentos e políticas da Prefeitura.
m) Planejar, supervisionar, coordenar, orientar, controlar e organizar atividades referentes às áreas de gestão de pessoas, material, patrimônio, financeira, entre outras.
n) Executar atividades relativas ao planejamento das contratações e aquisições de bens e serviços da Administração Municipal. Bem como atividades relativas à gestão do cadastro de fornecedores da administração municipal para manter a base de dados atualizada.
o) Produzir subsídios para fixar parâmetros econômicos para licitações da Administração municipal.
p) Apoiar tecnicamente órgãos municipais no preparo de projetos básicos e termos de referência.
q) Executar a gestão do cadastro de insumos e preços da administração municipal para manter a base de dados atualizada. Bem como instruir e executar procedimentos para aquisição de materiais e serviços, compras pelo Sistema de Registro de Preço e pelo Pregão Eletrônico.
r) Prover a administração municipal com os preços de referência para procedimentos de aquisição de materiais e serviços e executar levantamentos estatísticos sobre a performance dos preços praticados.
s) Executar atividades de gestão da logística, para armazenar e distribuir os materiais de uso ou consumo da administração municipal.
t) Executar outras atividades correlatas que lhes sejam atribuídas.

Atribuições do cargo de Analista de Planejamento, Orçamento e Gestão

Coordenar e executar, no âmbito do Poder Executivo Municipal:

a) O desenvolvimento de modelos, concepções, processos e instrumentos de planejamento de políticas e gestão pública, orçamento e gestão governamental.
b) Estudos, cenários, análises, diagnósticos e proposições requeridas para o desenvolvimento das atividades e ciclos integrantes dos processos de planejamento, orçamento, monitoramento e avaliação das políticas públicas e gestão governamental.
c) Relatórios consolidados de planejamento, execução e avaliação das políticas públicas, da ação governamental geral e das setoriais, e de programas e projetos governamentais.
d) Construção e manuseio das bases de dados econômicas, financeiras e orçamentárias.
e) Estruturação e apoio técnico ao desenvolvimento dos processos e participação na elaboração de Planos Plurianuais e Anuais e as respectivas peças e Leis Orçamentárias, bem como suas revisões.
f) Minutas de projetos de lei e de decretos relativos aos processos e instrumentos de planejamento, orçamento e gestão governamental e das políticas públicas.
g) Quadros e sistemas de indicadores para o planejamento, monitoramento e avaliação das políticas públicas e da gestão governamental.
h) Montagem e gerenciamento de programas de desenvolvimento e projetos para execução de políticas públicas e gestão governamental.
i) Modelagem e detalhamento dos processos de planejamento, orçamento e monitoramento da gestão e desempenho governamental, elaborando normas e instruções para sua aplicação.
j) Identificação e diagnóstico das necessidades de sistemas e ferramentas informatizadas para apoio aos processos de planejamento, orçamento, monitoramento e avaliação da gestão pública governamental junto ao Analistas de Sistemas.
k) Participação e apoio à elaboração do planejamento e orçamento público governamental, de longo, médio e curto prazo.
l) Apoio, assistência e orientação aos dirigentes, gestores e técnicos dos diversos órgãos e entidades da administração pública no domínio e utilização dos modelos, processos e ferramentas de planejamento, orçamento e monitoramento da gestão pública governamental.
m) Atuar como facilitador e consultor interno na montagem e condução de seminários e reuniões estruturadas de trabalho.
n) Orientar e apoiar à elaboração dos instrumentos de contratualização de resultados entre o Município e os órgãos e entidades da administração pública municipal.
o) Atuar efetivamente junto aos Secretários do Município e aos dirigentes públicos no acompanhamento da execução do planejado e dos instrumentos de contratualização celebrados.
p) Homologar instrumentos de planejamento e orçamento elaborados pelos órgãos e entidades da gestão pública.
q) Acompanhar e apoiar os dirigentes dos órgãos e entidades da administração pública na definição de indicadores de resultado nos processos de planejamento e de orçamento e nos instrumentos de contratualização de resultados, bem como nas atividades de monitoramento e avaliação dos resultados da gestão.
r) Análises e pareceres sobre as mudanças propostas nos instrumentos de planejamento e orçamento à SEPLAG.
s) Coletar e tratar dados e informações para o monitoramento e avaliação dos processos de planejamento, orçamento e gestão.
t) Montar e executar treinamentos e divulgação dos modelos, processos e instrumentos de planejamento, orçamento e monitoramento da gestão pública, qualificando o pessoal da administração pública estadual para sua utilização.
u) Instrutoria em programas de formação, desenvolvimento e capacitação em planejamento, orçamento e gestão pública, desenvolvidos no âmbito da Administração Pública Estadual.
v) Preparar apresentações e relatórios sobre questões de planejamento, orçamento, monitoramento e avaliação de gestão.
w) Desenvolver outras ações e atividades integrantes dos processos de trabalho do Sistema Estadual de Planejamento, Orçamento e Gestão.
x) Executar projetos visando ao aperfeiçoamento da SEPLAG; executar atividades relacionadas à área da SEPLAG, especialmente quanto ao desenvolvimento de recursos humanos e à Tecnologia da Informação; executar outras atividades correlatas que lhes sejam atribuídas.

Atribuições do cargo de Analista de Gestão Contábil

a) Coordenar, supervisionar e organizar as atividades de natureza contábil no âmbito do Órgão Setorial de Contabilidade.
b) Prestar informações sobre as Normas Brasileiras de Contabilidade Aplicadas ao Setor Público e os procedimentos definidos pela Secretaria do Tesouro Nacional relacionados à gestão orçamentária, financeira e patrimonial e de custos.
c) Prestar assistência, orientação e apoio técnico aos órgãos setoriais através da elaboração e aplicação de normas técnicas emitidas pelo STN e CRC.
d) Articulação com os órgãos setoriais para cumprir as normas contábeis pertinentes, execução orçamentária, financeira e patrimonial.
e) Coordenar o desenvolvimento e a execução de projetos voltados ao aperfeiçoamento de procedimentos e rotinas contábeis.
f) Subsidiar os processos de criação e implementação dos sistemas informatizados da área contábil.
g) Elaborar e analisar balanços, balancetes e demais demonstrações contábeis das unidades gestoras vinculadas ao Órgão Setorial de Contabilidade.
h) Realizar a conformidade contábil dos atos e fatos da gestão orçamentária, financeira e patrimonial.
i) Apoiar a elaboração das prestações de contas obrigatórias, bem como acompanhar os trabalhos de execução orçamentária, financeira e patrimonial das unidades gestoras vinculadas ao Órgão Setorial de Contabilidade.
j) Representar o Secretário ou Gestor do Órgão nas situações de responsabilidade solidária com a Gestão, definidas em lei, quando estiver responsável pelo Órgão Setorial de Contabilidade.
k) Prestar informações técnicas sob a forma de pareceres, laudos e relatórios.
l) Atuar em processos administrativos e judiciais como assistente técnico para atender as necessidades da Procuradoria do Município.
m) Assessorar tecnicamente comissões, grupos e equipes de trabalho.
n) Elaborar, implantar e aplicar os planos de determinação das taxas de depreciação e exaustão dos bens materiais e dos de amortização dos valores imateriais inclusive de valores diferidos, bem como de reavaliações.
o) Apurar, cálculo e registro de custos, em qualquer sistema ou concepção.
p) Acompanhar, registrar e analisar o comportamento das receitas do município. Bem como acompanhar a execução da programação financeira e seus reflexos contábeis.
q) Realizar a conciliação de contas contábeis. Bem como garantir a fidedignidade dos dados do orçamento do município com os registros do SOFIN.
r) Realizar auditoria contábil do sistema de contabilidade.
s) Planificar as contas, com a descrição das suas funções.
t) Elaborar os instrumentos de transparência da gestão fiscal previstos na Lei de Responsabilidade Fiscal, o relatório resumido da execução orçamentária e o relatório de gestão fiscal.
u) Participar em comissões de concursos, onde sejam aferidos conhecimentos relativos à Contabilidade.

Atualizações antes da publicação do edital

Se você é concurseiro e pretende morar na capital pernambucana, não deixe de acompanhar o andamento deste certame. O Concurso da Prefeitura do Recife está cada vez mais perto de ter o seu edital publicado. Inclusive, já saiu no Diário Oficial do Estado de Pernambuco o extrato do contrato com a organizadora. A Fundação Carlos Chagas (FCC) será a responsável pela organização da seleção.  Haverá vagas para assistente e analista.

Confira a publicação na íntegra:

 

 

Você pode se interessar por: Confira mais de 800 vagas em concursos públicos

Leia também: Navegue Certo com o CERS e aproveite todas as nossas vantagens!

 

Expectativas de inscrições

Espera-se que o Concurso da Prefeitura do Recife receba 17 mil inscritos. Desse total, 10.200 seriam para nível médio e 6.800 para nível superior.

Já em relação aos valores, as inscrições para Analista terão o valor de R$ 73,50, enquanto que para o cargo de Assistente a taxa será R$ 53,50.

 

Vagas do Concurso da Prefeitura do Recife

Analista de Gestão Administrativa

Analista de Planejamento, Orçamento e Gestão

Analista de Gestão Contábil

Assistente de Gestão Pública

 

Requisitos dos cargos

Para os cargos de Analista será necessária a conclusão de curso em nível superior. Já para o cargo de assistente, o candidato precisa ter concluído o ensino médio.

 

Último Concurso da Prefeitura do Recife

O último certame para Analista foi realizado no ano de 2014. O concurso ofereceu 43 vagas de nível superior em qualquer área. Foram 13 oportunidades para auditor do tesouro municipal e 30 para analista de controle interno. Os salários eram de R$ 9.090 e R$ 2.800, respectivamente. Os interessados acessaram o site da FGV até o dia 11 de agosto. A taxa de participação custou R$ 130 e R$ 118. As provas objetivas para auditor foram aplicadas nos dias 20 e 21 de setembro. Já para o cargo de analista foram realizadas apenas no dia 21.

Confira os editais aqui

 

Preparação

Quer se preparar para concursos públicos a partir do essencial? Baixe gratuitamente o nosso E-book Começando do Zero! O material contém dicas de estudo valiosas sobre os principais assuntos cobrados em certames.

COMENTÁRIOS