Concurso MP MT Promotor: Prazo Recursal da Prova Oral! - Notícias CERS

Concurso MP MT Promotor: Prazo Recursal da Prova Oral!

Etapa é importante para conquistar pontos extras

Igor Ribeiro
Por:
Atualizado em 16/11/2020 - 16:20
concurso mp mt

Atenção, concurseiros: Foram divulgadas as instruções para a interposição de recurso contra o resultado da Prova Oral do Concurso MP MT! O serviço é extremamente importante para os candidatos conseguirem alguns pontos extras que podem ser a diferença que o fará conquistar algumas posições ou pelo menos permanecer na posição que você está. Saiba mais informações sobre como deverá ser feito o procedimento

Reproduções das Audições Amanhã!

A FCC divulgou através da página do concurso que amanhã, 17/11, os candidatos que solicitaram previamente o comparecimento poderão ir ao Auditório da Procuradoria Geral de Justiça do Ministério Público do Estado de Mato Grosso e ouvir a reprodução de sua arguição. Vale avisar que o candidato poderá interpor recurso mesmo que não realize a reprodução da audição presencialmente.

Algumas regras estão dispostas no documento:

– O candidato deve chegar com antecedência mínima de 10 minutos à hora marcada em sua convocação, com documento de identificação;
– O candidato terá 60 minutos para ouvir seu áudio;
– Cada candidato deverá levar seu próprio fone de ouvido;
– Obrigatoriamente o candidato deve estar de máscara facial;
– Não é permitida a entrada com celulares, smartwatches ou similares.

O prazo para interposição de recursos será entre 19 e 20/11!

Quer ajuda para recorrer da prova oral do Concurso MP MT?

Recurso | Concurso | Promotor de Justiça da Paraíba (MP/MT) (PROVA ORAL)Não ficou satisfeito com a sua nota e quer melhorá-la? Ou quem sabe você já tirou uma boa nota, mas quer melhorá-la para conquistar mais algumas posições ou pelo menos manter a sua posição atual? Com o serviço de recursos AdVerum você maximiza a sua chance de nomeação ao conquistar importantes pontos extras.

Seu recurso será tratado por uma equipe especialista no assunto, através de um recurso feito de forma personalizada, individual e pormenorizada com foco na majoração da nota obtida, com uma equipe que já elaborou mais de 7 mil recurso!!

O tempo é curto, então corra e adquira logo o nosso serviço!

Tem alguma dúvida sobre nosso serviço de Recursos? Clique aqui e nós entraremos em contato com você

Estrutura do certame

A prova consistirá nas seguintes provas:

1º) Prova preambular objetiva (Caráter eliminatório): Composta de 100 questões objetivas, versando sobre as seguintes disciplinas:

Língua portuguesa;
Grupo temático I: Direito Penal, Direito Processual Penal;
Grupo temático II: Direito Civil, Direito Processual Civil;
Grupo temático III: Direito Constitucional, Direitos Humanos, Direito Eleitoral, Direito Administrativo, Direito Financeiro e Tributário;
Grupo temático IV: Direitos Difusos e Coletivos: Direito Ambiental e Urbanístico; Direito Sanitário; Direito do Consumidor; Direito da Criança e do Adolescente e do Idoso; Ministério público: teorias e Legislação.

2º) Provas discursivas (Caráter eliminatório e classificatório);

3º) Prova oral (Caráter eliminatório e classificatório); 

4º) Prova de títulos (Caráter classificatório).

Prova de títulos

Serão considerados títulos para efeito de aferição no concurso:

a) diploma ou certificado de curso de doutorado ou livre-docência na área de Direito (5 pontos);
b) diploma ou certificado de curso de mestrado na área de Direito (4 pontos);
c) exercício de cargo na carreira do MP, Magistratura, Defensoria Pública ou Advocacia Pública por pelo menos 2 anos (4 pontos);
d) diploma ou certificado de curso de especialização na área de Direito (3 pontos);
e) certificado de conclusão, com aproveitamento, de curso promovido por Escola do MP, da Magistratura, da Advocacia ou Defensoria, com carga horária mínima de 100 horas, reconhecido pela Administração Superior (2 pontos);
f) obra publicada de autoria individual na área das ciências jurídicas com registro oficial (2 pontos);
g) exercício de magistério superior pelo período mínimo de 2 anos (3 pontos);
h) exercício de cargo ou função técnico-jurídica, em caráter efetivo ou em comissão, privativo de bacharel em Direito (1 ponto).

Requisitos para ingresso na carreira

a) Ser brasileiro;
b) Estar no gozo dos direitos políticos e quite com as obrigações eleitorais;
c) Estar em dia com os deveres do Serviço Militar, para os candidatos do sexo masculino;
d) Possuir diploma de bacharel em Direito expedido por instituição oficial, reconhecida pelo MEC.

O título de bacharel em Direito será comprovado com a apresentação de fotocópia ou reprodução semelhante, autenticada, do diploma de conclusão do curso em escola pública ou entidade reconhecida pelos órgãos oficiais de ensino, devidamente registrado, ou da certidão de colação de grau acompanhada de documento que ateste o envio do respectivo diploma para registro.

e) Comprovar o exercício profissional de atividade jurídica por, no mínimo, 3 (três) anos, comprovados no ato da inscrição definitiva (art. 129, § 3º, da CF e Resolução nº 40/2009-CNMP).

Último concurso MP MT

Ano: 2014
Vagas imediatas: 10
Cargo: Promotor de Justiça Substituto
Requisitos do cargo: bacharelado em Direito e ter desempenhado pelo menos 3 (três) anos de atividade jurídica
Etapas do concurso:  prova preambular; prova escrita; inscrição definitiva, exame psicotécnico e investigação social; prova oral; avaliação de títulos
Aprovados: 75
Convocados: 75
Banca: UFMT

Resumão do Certame

Status: Concurso retomado
Cargo: Promotor de Justiça
Vagas: 3
Remuneração: R$ 28.884,19
Banca Organizadora: Fundação Carlos Chagas (FCC)
Conheça sobre a carreira de Promotor de Justiça!

Tags relacionadas: