Concurso MP MT Promotor: Ordem de arguição da prova oral! - Notícias CERS

Concurso MP MT Promotor: Ordem de arguição da prova oral!

Após período de suspensão devido à pandemia do coronavírus, novas datas para o concurso são divulgadas

Igor Ribeiro
Por:
Atualizado em 16/09/2020 - 13:38
concurso mp mt

Atenção, concurseiros: Foi divulgada a ordem de arguição da Prova Oral do Concurso MP MT! O concurso havia sido suspenso no início do ano, em virtude do coronavírus e sua retomada era esperada para Junho, no entanto, foi decidido que na época ainda não havia condições para a realização da prova. Agora, com a melhora da situação da pandemia, nova data para a prova foi marcada. A Prova Oral do concurso irá acontecer entre os dias 26 a 30/10 e 03 a 04/11! Saiba mais informações sobre o certame

Ordem de Arguição da Prova Oral Divulgada

A Prova Oral do Concurso MP MT já tem nova data para acontecer! De acordo com o edital publicado na página do concurso, a prova será realizada entre os dias 26 a 30/10 e 03 a 04/11. A retomada do concurso é aguardada há muito tempo, pois ele havia sido suspenso ainda no início do ano e teve a primeira retomada anunciada para o final de junho e início de julho. No entanto, devido à verificação de que não havia condições boas o suficiente para a realização da prova, o concurso foi novamente suspenso. Agora, a comissão está mais segura da nova data.

Foi divulgado ainda, no dia 11/09, a ordem de arguição da prova oral, acompanhada de instruções para os candidatos que realizarão a prova.

Quer se preparar para prova oral do Concurso MP MT?

Curso Preparatório Prova Oral | Concurso MP MT

A equipe CERS/Ad Verum disponibiliza o Curso Preparatório para a etapa de Prova Oral visando preparar os candidatos aprovados.
Quer maximizar suas chances de aprovação e conquistar o cargo dos sonhos? Então clica aqui e confira nossos valores especiais para esse curso!

 

 

Estrutura do certame

A prova consistirá nas seguintes provas:

1º) Prova preambular objetiva (Caráter eliminatório): Composta de 100 questões objetivas, versando sobre as seguintes disciplinas:

Língua portuguesa;
Grupo temático I: Direito Penal, Direito Processual Penal;
Grupo temático II: Direito Civil, Direito Processual Civil;
Grupo temático III: Direito Constitucional, Direitos Humanos, Direito Eleitoral, Direito Administrativo, Direito Financeiro e Tributário;
Grupo temático IV: Direitos Difusos e Coletivos: Direito Ambiental e Urbanístico; Direito Sanitário; Direito do Consumidor; Direito da Criança e do Adolescente e do Idoso; Ministério público: teorias e Legislação.

2º) Provas discursivas (Caráter eliminatório e classificatório);

3º) Prova oral (Caráter eliminatório e classificatório); 

4º) Prova de títulos (Caráter classificatório).

Prova de títulos

Serão considerados títulos para efeito de aferição no concurso:

a) diploma ou certificado de curso de doutorado ou livre-docência na área de Direito (5 pontos);
b) diploma ou certificado de curso de mestrado na área de Direito (4 pontos);
c) exercício de cargo na carreira do MP, Magistratura, Defensoria Pública ou Advocacia Pública por pelo menos 2 anos (4 pontos);
d) diploma ou certificado de curso de especialização na área de Direito (3 pontos);
e) certificado de conclusão, com aproveitamento, de curso promovido por Escola do MP, da Magistratura, da Advocacia ou Defensoria, com carga horária mínima de 100 horas, reconhecido pela Administração Superior (2 pontos);
f) obra publicada de autoria individual na área das ciências jurídicas com registro oficial (2 pontos);
g) exercício de magistério superior pelo período mínimo de 2 anos (3 pontos);
h) exercício de cargo ou função técnico-jurídica, em caráter efetivo ou em comissão, privativo de bacharel em Direito (1 ponto).

Requisitos para ingresso na carreira

a) Ser brasileiro;
b) Estar no gozo dos direitos políticos e quite com as obrigações eleitorais;
c) Estar em dia com os deveres do Serviço Militar, para os candidatos do sexo masculino;
d) Possuir diploma de bacharel em Direito expedido por instituição oficial, reconhecida pelo MEC.

O título de bacharel em Direito será comprovado com a apresentação de fotocópia ou reprodução semelhante, autenticada, do diploma de conclusão do curso em escola pública ou entidade reconhecida pelos órgãos oficiais de ensino, devidamente registrado, ou da certidão de colação de grau acompanhada de documento que ateste o envio do respectivo diploma para registro.

e) Comprovar o exercício profissional de atividade jurídica por, no mínimo, 3 (três) anos, comprovados no ato da inscrição definitiva (art. 129, § 3º, da CF e Resolução nº 40/2009-CNMP).

Último concurso MP MT

Ano: 2014
Vagas imediatas: 10
Cargo: Promotor de Justiça Substituto
Requisitos do cargo: bacharelado em Direito e ter desempenhado pelo menos 3 (três) anos de atividade jurídica
Etapas do concurso:  prova preambular; prova escrita; inscrição definitiva, exame psicotécnico e investigação social; prova oral; avaliação de títulos
Aprovados: 75
Convocados: 75
Banca: UFMT

Resumão do Certame

Status: Concurso retomado
Cargo: Promotor de Justiça
Vagas: 3
Remuneração: R$ 28.884,19
Banca Organizadora: Fundação Carlos Chagas (FCC)
Conheça sobre a carreira de Promotor de Justiça!

Tags relacionadas: