Concurso DPE MG: Divulgado o resultado preliminar da prova oral - Notícias CERS

Concurso DPE MG: Divulgado o resultado preliminar da prova oral

Certame oferece 30 vagas para Defensor Público de Classe Inicial.

Por:
Atualizado em 20/03/2020 - 15:04
Concurso DPE MG

Atenção, concurseiros! Acaba de ser divulgado o resultado preliminar da prova oral do concurso DPE MG!

Saiba mais informações sobre esse concurso:

Divulgado o resultado preliminar da prova oral

Foi divulgado hoje, 20/03, o resultado preliminar da prova oral para o concurso da Defensoria Pública do Estado de Minas Gerais.

O resultado pode ser acessado pelo site da Banca Organizadora.

O prazo recursal tem início segunda-feira (23/03), a partir de quando estará disponível para os candidatos a gravação da sua prova, e segue até o dia 25/03!

Precisa de ajuda para elaborar seu recurso do concurso DPE MG?

MAXIMIZE SUAS CHANCES DE NOMEAÇÃO no certame com o auxílio profissional da Ad Verum para elaboração do seu RECURSO, POR PROFESSORES DA CARREIRA, contra PROVA ORAL, de forma PERSONALIZADA, INDIVIDUAL E PORMENORIZADA com foco na MAJORAÇÃO DA NOTA OBTIDA!!

Contrate já a elaboração de recurso da sua prova oral do concurso da Defensoria Pública de Minas Gerais e maximize suas chances de nomeação!

Clique aqui para saber mais!

Resumão do concurso

Cargo: Defensor Público (Classe Inicial)
Vagas: 30 vagas
Salário: R$ 22.158,82
Taxa de inscrição: R$ 260,00
Inscrições: 25/03/2019 a 25/04/2019
Banca: Fundep

Vagas

O Concurso da Defensoria Pública de Minas Gerais oferece 30 vagas vagas para Defensor Público.

Salários

A remuneração inicial para o cargo de Defensor Público da DPE MG é de R$ 22.158,82.

Inscrições

As inscrições ficarão abertas das 09h do dia 25 de março de 2019 às 20h do 25 de abril de 2019, no site da Fundep. A taxa de inscrição é de R$ 260,00.

Etapas do Concurso DPE MG

a) primeira etapa: uma prova objetiva de múltipla escolha, de caráter eliminatório e classificatório;
b) segunda etapa: quatro provas discursivas especializadas, de caráter eliminatório e classificatório;
c) terceira etapa: inscrição definitiva, de caráter eliminatório, com as seguintes fases:
c.1) avaliação médica;
c.2) sindicância da vida pregressa e investigação social;
d) quarta etapa: uma prova oral, de caráter eliminatório e classificatório;
e) quinta etapa: avaliação de títulos, de caráter classificatório.

Prova Objetiva

A prova objetiva de caráter eliminatório e classificatório está marcada na data provável dia 26 de maio de 2019, em local e horário a definir. Dessa forma, a avaliação terá a duração de cinco horas e será composta de 100 questões.

Prova Discursiva

São 04 grupos de provas discursivas, a prova terá duração de 04 horas, sendo composta de 01 peça processual (valendo 4,0 pontos) e 04 questões discursivas (cada uma valendo 1,5)

Para ser aprovado nessa fase, é necessário que o candidato obtenha ao menos 04 pontos em cada grupo e no mínimo 06 pontos no geral.

Além disso, o candidato deve estar dentro destas colocações:

Até 105 candidatos na concorrência ampla;
Até 30 candidatos que optarem por concorrerem às vagas destinadas a negros (pretos e pardos);
Até 15 candidatos que optarem por concorrerem às vagas destinadas às pessoas com deficiência.

Os grupos são:

Grupo I: Penal, Processual Penal e Execução Penal;
Grupo II: Civil, Empresarial e Processual Civil;
Grupo III: Constitucional, Tributário e Administrativo;
Grupo IV: Legislação Especial, Direitos Humanos e Princípios Institucionais

Prova Oral

Ocorrerá em sessão pública, os candidatos serão arguidos por questões relativas aos mesmo grupos de disciplinas da prova discursiva, cada examinador atribuirá nota de até 10 pontos.

A média mínima para ser aprovado nessa fase é 06 pontos, todavia deverá obter um mínimo de 04 pontos em cada grupo de disciplinas.

Prova de Títulos

A avaliação de títulos poderá atribuir até 10 pontos à nota do candidato e a documentação para comprovação deverá ser entregue no ato da inscrição definitiva.

Atribuições do cargo

São atribuições do cargo de Defensor Público a orientação jurídica, a promoção dos direitos humanos e a defesa, em todos os graus, judicial e extrajudicial, dos direitos individuais e coletivos, de forma integral e gratuita, aos necessitados.