5 motivos para fazer a prova do TJDFT! - Notícias CERS

5 motivos para fazer a prova do TJDFT!

David Melo
Por:
Atualizado em 21/02/2022 - 16:20
5 motivos
5 motivos

Atenção concurseiros! Estão abertas as inscrições para o Concurso TJDFT até o próximo dia 14 de março. O concurso disponibiliza mais de 100 vagas para cargos de Técnico e Analista Judiciário, com remuneração de até R$12.000,00. E aí concurseiro? Ainda não ficou interessado? Então confira abaixo 5 motivos para fazer a prova do TJDFT!

Salários e Gratificações

O TJDFT não é um tribunal estadual comum. Logo, por fazer parte da estrutura do Poder Judiciário Federal, a tabela de vencimento dos seus servidores segue a tabela federal. Portanto, um analista ou técnico judiciário recebe os mesmos vencimentos e gratificações dos servidores de tribunais como TRFs, TREs, STF, STJ, STM, TSE, TST e TRTs.

Assim, a remuneração inicial de um técnico judiciário é de R$7.591,37. Sendo composto pelo vencimento base de R$ 3.163,07 + GAJ (Gratificação de Atividade Judiciária) de R$ 4.428,30

Por sua vez, a remuneração de um analista judiciário é de R$12.455,60. Sendo composto pelo vencimento base de R$ 5.189,71 + GAJ de R$ 7.265,59.

Confira abaixo a tabela de vencimentos do TJDFT:

5 motivos
Vencimentos TJDFT

Além do salário-base e da GAJ, há outra série de gratificações que o servidor poderá receber. Nesse sentido, existem as seguintes possibilidades:

  • Gratificação de Treinamento: 1 a 3% salário base a cada 120h de cursos de aperfeiçoamento.
  • Gratificação de Especialização (Títulos): Pós-graduação 5%, Especialização 7,5%, Mestrado 10% e Doutorado 12,5%
  • Assunção de Funções Comissionadas

Por fim, é necessário lembrar que cada servidor recebe R$ 910,00 a mais por mês referente ao vale-alimentação.

Número de Vagas e Histórico de Ampla Convocação

Outro excelente motivo que pode animar os concurseiros é o histórico de convocação do Tribunal. O atual edital prevê um alto número de vagas no total, 112. Mas o que já é bom, pode ser bem melhor! No concurso de 2015, o Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios convocou mais de 900 pessoas durante a vigência do edital.

Além disso, 127 candidatos foram convocados por outro órgão judiciário como o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1), Superior Tribunal Militar (STM) e Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Ademais, segundo dados do portal da transparência, atualmente o órgão possui um déficit de mais de 400 cargos vagos, sendo o 219 na função de técnico judiciário e 186 de analista judiciário.

Não Há Exigência de Prática Jurídica

Empecilho para muitos, mas que não está presente no concurso do TJDFT. A atividade jurídica ganhou destaque recente para quase todos os cargos do poder judiciário. Todavia, os concursos de técnico e analista geralmente não cobram atividade jurídica prévia.

Aliado do alto salário pago pelo órgão, a inexigência da atividade jurídica nesse concurso pode ser um grande motivo para tentar a empreitada da aprovação.

Qualidade de Vida

Outro motivo interessante para realizar a prova do TJDFT é qualidade de vida proporcionada pela cidade de Brasília. A capital planejada do Brasil é conhecida pela qualidade de moradia, entretenimento e possibilidades de mercado. Apesar de ser uma capital cara, o retorno de bem-estar pode ser mais um empurrãozinho para a realização da prova.

Assim, viver bem com um ótimo salário e uma carreira estável pode ser possível a partir da sua aprovação.

Tempo Suficiente para Preparação

As provas do concurso TJDFT estão marcadas para o dia 29/05 de 2022. O conteúdo programático reduzido do edital faz com que haja um excelente período suficiente de preparação! Ah e o que é bom ainda pode melhorar! Só o CERS possui um cronograma essencial de 90 dias para o concurso de TJDFT! Ficou interessado? Conheça a metodologia especializada em aprovação do CERS e aproveite totalmente mais um motivo para realizar a prova.

Vai fazer a prova de Analista Judiciário do TJDFT, mas está sem tempo? Não sabe por onde começar? Ou, se já começou, se sente perdido no meio de tantos conteúdos? Desconhece os conteúdos mais relevantes para a sua prova? Você precisa urgentemente aumentar o seu desempenho para garantir sua aprovação. E o CERS tem o caminho correto.

Confira os Benefícios do Cronograma CERS

5 Motivos: Cronograma 90 Dias TJDFT
  1. Direcionamento e organização de sua agenda de estudos pelos próximos 90 dias;
  2. Distribuição dos conteúdos por ordem de relevância na prova do TJDFT;
  3. Acesso aos conteúdos que realmente são cobrados na prova do TJDFT;
  4. Aumento na performance na realização da prova objetiva;

Conheça os Cursos de Reta Final do CERS TJDFT

O CERS Cursos Online preparou um curso especial de ESTUDO TEÓRICO e de RESOLUÇÃO DE QUESTÕES com explicação teórica, abordando os conteúdos de cada disciplina cobrada no edital.

 

05 motivos analista judiciário
5 Motivos técnico judiciário

Todas as aulas são ministradas por professores aprovados em concursos e/ou com experiência nessa carreira, o que lhe trará o conhecimento necessário para compreender os temas mais relevantes em cada detalhe e encurtar o caminho até a sua aprovação

Gostou do Nosso Conteúdo?

Assim, nós ficamos por aqui! Acompanhe o boletim de concursos por carreira!

Leia também 2022: O ano dos concursos!

Tags relacionadas: