Tudo sobre o concurso do Senado Federal - Portal de notícias CERS

Tudo sobre o concurso do Senado Federal

Por:
Atualizado em 04/07/2017 - 17:42

Existe grande expectativa para o concurso do Senado Federal que deve oferecer oportunidades nas áreas de Técnico Legislativo, Analista Legislativo e Consultor Legislativo. Com o último certame está vencido desde julho de 2015, somada à necessidade de recompor o seu quadro de servidores, o edital deve ser publicado em breve.

De acordo com o relatório divulgado em dezembro do ano passado, até aquele momento, o órgão tinha 928 cargos vagos no quadro de pessoal, dos quais, 502 são para a função de Técnico Legislativo, com exigência de nível Médio.

A remuneração é deve ser o maior atrativo para os concurseiros: os salários inicia em aproximadamente R$ 18 mil para técnicos e R$ 27 mil para analistas e consultores.

O último concurso foi realizado em 2012, organizado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), teve oferta de 246 vagas divididas entre os cargos de Consultor Legislativo, Analista Legislativo e Técnico Legislativo. As oportunidades oferecidas eram nas áreas de Apoio Técnico ao Processo Legislativo; Apoio Técnico-Administrativo; Saúde e Assistência Social; Instalações, Equipamentos, Ocupação e Ambientação de Espaço Físico; Apoio Técnico ao Processo Industrial Gráfico; Policial Legislativo; Controle Interno; Redação e Revisão de Textos Gráficos; Comunicação Social e Tecnologia da Informação.

Clique aqui e conheça o perfil da banca FGV

Sobre a necessidade de vagas: 

Levantamento publicado pelo Senado Federal apontou 1.070 postos abertos em seu quadro de pessoal. Das oportunidades, 610 são para o cargo de técnico legislativo, 424 para analista legislativo, duas para advogado e 34 para consultor legislativo.

As especialidades do técnico legislativo são de administração (87 vagas), arquivologia (1), comunicação social (4), contabilidade (5), edificações (29), eletrônica e telecomunicações (9), enfermagem (3), informática legislativa (63), odontologia (1), policial legislativo federal (120), processo industrial gráfico (103), processo legislativo (184) e radiologia (1).

Para analista legislativo, as vagas são para as áreas de informática legislativa (43), medicina (2), nutrição (1), orçamento público (10), pesquisador de opinião (5), processo industrial gráfico (4), processo legislativo (205), redação e revisão (19), registro e redação parlamentar (15) e tradução e interpretação (3). No caso de consultor legislativo, há chances nas especialidades de assessoramento em orçamentos (3) e assessoramento legislativo (33).

As remunerações iniciais oferecidas pelo órgão correspondem a R$ 16.014,16 para técnico, a R$ 21.347,32 para analista e a R$ 27.582,21 para consultor e advogado.

Você pode se interessar por:

CURSOS COMPLETOS 2017.2

Tags relacionadas:

COMENTÁRIOS