Teste seus conhecimentos para o TJ/RS - Portal de notícias CERS

Teste seus conhecimentos para o TJ/RS

Por:
Atualizado em 14/03/2016 - 17:23

Direito Administrativo

Com relação ao controle da administração pública, assinale a opção correta:

A) Conforme entendimento do STF, a Controladoria-Geral da União, órgão que realiza controle interno, pode fiscalizar a aplicação de verbas federais onde quer que elas estejam sendo aplicadas, mesmo que em outro ente federado às quais tenham sido destinadas.

B) Caso uma decisão do tribunal de contas estadual impute multa à autoridade municipal, é possível que o estado ao qual o município esteja integrado promova execução judicial da cobrança, já que a multa terá eficácia de título executivo.

C) Em processos perante o TCU, serão assegurados o contraditório e a ampla defesa quando da decisão puder resultar anulação ou revogação de ato administrativo que beneficie o interessado, ainda que se trate de apreciação da legalidade do ato de concessão inicial de aposentadoria.

D) São funções obrigatórias e exclusivas do MP, em sede de ação popular, promover e executar a sentença condenatória quando o autor não o fizer, e dar continuidade ao processo em caso de desistência da ação pelo autor.

E) Segundo entendimento do STJ, quando o MP pedir o arquivamento do procedimento investigativo relacionado aos crimes de ação pública incondicionada, é incabível recurso ou mandado de segurança contra a decisão do juiz que defira o pedido de arquivamento, ainda que a decisão seja manifestamente ilegal.

Gabarito: A

Direito Constitucional

O direito a ser diferente pode ser tratado como direito fundamental de:

A) Primeira geração

B) Segunda geração

C) Terceira geração

D) Quarta geração

E) Quinta geração

Gabarito: D

Direito Processual Penal

A respeito da sentença e da coisa julgada, assinale a opção correta:

A) É inadmissível ao magistrado processante antecipar o juízo desclassificatório antes da sentença, ainda que da qualificação jurídica do fato imputado dependa a fixação da competência.

B) Segundo a jurisprudência do STJ, é vedada a realização da emendatio libelli no segundo grau de jurisdição, ainda que se trate apenas da incidência de circunstância agravante que venha a ser requerida por ocasião das alegações finais do MP.

C) Na segunda fase do júri (judicium causae), não é permitido alterar as teses balizadas pelas partes na primeira fase (judicium accusationis), não dispondo o conselho de sentença dos amplos poderes da mutatio libelli conferidos ao juiz togado.

D) Tratando-se de delito de roubo qualificado, o juiz poderá proferir sentença condenatória, ainda que o MP tenha opinado pela absolvição do réu, bem como reconhecer agravantes, desde que tenham sido alegadas pela acusação.

E) O acórdão condenatório que reforma sentença penal absolutória não se reveste de eficácia interruptiva da prescrição penal, visto que não se equipara, para tal fim, à sentença condenatória recorrível.

Gabarito: C

Estatuto da Criança e do Adolescente

Em relação às normas de acesso à justiça estabelecidas no ECA, assinale a opção correta:

A) Embora seja compreendido como regra de competência territorial, o art. 147, I e II, do ECA apresenta natureza de competência absoluta, porque a necessidade de assegurar ao infante a convivência familiar e comunitária e a de lhe ofertar a prestação jurisdicional de forma prioritária conferem caráter imperativo à determinação da competência.

B) É vedada a divulgação de atos judiciais, policiais e administrativos que digam respeito a adolescentes aos quais se atribua autoria de ato infracional, e a notícia a respeito do fato não deve identificar, por meio de fotografia, referência a nome, apelido, filiação, parentesco ou residência, o adolescente, permitindo-se apenas o uso das iniciais do nome e sobrenome do menor.

C) A assistência judiciária gratuita será prestada, por meio de defensor público ou de advogado nomeado, a todos que comprovarem renda familiar abaixo do salário mínimo.

D) A justiça da infância e da juventude é absolutamente competente para conhecer qualquer ação de guarda, de tutela, de destituição do poder familiar e de suprimento da capacidade ou do consentimento para o casamento.

E) Compete à equipe interprofissional fornecer subsídios por escrito, mediante laudos, ou verbalmente, na audiência, assim como desenvolver trabalhos de aconselhamento, orientação, encaminhamento, prevenção e outros, tudo sob a imediata subordinação ao entendimento técnico da autoridade judiciária.

Gabarito: A

Direito Penal

Relação aos crimes contra a administração pública, correto afirmar que:

A) o falso testemunho deixa de ser punível se, depois da sentença em que ocorreu o ilícito, o agente se re­trata ou declara a verdade.

B) o crime de concussão é de natureza formal, recla­mando o recebimento da vantagem para a consuma­ção.

C) é pública condicionada a ação penal no delito de exercício arbitrário das próprias razões, se não há emprego de violência.

D) é atípica a conduta de acusar-se, perante a autorida­de, de contravenção penal inexistente ou praticada por outrem.

E) configura favorecimento pessoal o ato de prestar a criminoso, fora dos casos de coautoria ou de re­ceptação, auxílio destinado a tornar seguro o pro­veito do crime.

Gabarito: D

A equipe do Portal Carreira Jurídica ainda nem chegou em Porto Alegre mas já está dando o que falar! As vagas para o aulão presencial de revisão para o concurso de juiz do Tribunal Regional do Rio Grande do Sul estão acabando. Últimas vagas disponíveis!

Será um dia inteiro de dicas finais para a prova, com resolução de questões, e análise dos principais conteúdos cobrados.

O evento será realizado presencialmente em Porto Alegre, no dia 02 de Abril de 2016, no horário das 09h às 18h horas, no auditório do PLAZA SÃO RAFAEL – HOTEL E CENTRO DE EVENTOS que fica situado na Avenida Alberto Bins, 514 | Centro Histórico | Porto Alegre – Rio Grande do Sul.

Você pode se interessar por:

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO RIO GRANDE DO SUL – AULÃO DE REVISÃO PRESENCIAL DE VÉSPERA PARA O CONCURSO DE JUIZ DE DIREITO SUBSTITUTO

Tags relacionadas:

COMENTÁRIOS