Quanto tempo de antecedência devo iniciar minha preparação para concurso? - Portal de notícias CERS

Quanto tempo de antecedência devo iniciar minha preparação para concurso?

Por:
Atualizado em 19/12/2016 - 16:52

Existe uma dúvida que permeia a mente da maioria dos candidatos: com quanto tempo de antecedência devo iniciar minha preparação para alcançar a aprovação em um concurso público? Mesmo sendo impossível definir esse tempo com precisão, dados como a elaboração do planejamento e metas no início da preparação, a dificuldade do concurso, a facilidade de aprendizagem e a disponibilidade de estudo  podem oferecer um referencial importante aos concurseiros, mesmo que estejam estudando para um certame específico.

Estabelecimento de metas no início da preparação

O início da preparação é o momento mais determinante e crítico dos estudos. O paradoxo o que estudar X como estudar é comum nessa fase. E, por isso, o concurseiro deve estabelecer metas e objetivos realistas para a sua preparação. É verdade que quando se tem um certame em vista, essa fase é mais simples, visto que é possível criar um cronograma de estudos com base no edital em questão. Mas, criar um cronograma mesmo que o concurso que você queira concorrer ainda não tenha edital na praça é essencial.               

Como? Segundo o professor de Língua Portuguesa e gerente de cursos do CERS, Rodrigo Bezerra, o candidato que planeja os seus estudos antes mesmo do edital da seletiva ser publicado ganha, não só mais tempo de preparação, como também mais profundidade no seu estudo. O professor afirma que com mais tempo disponível é possível se dedicar mais a cada disciplina, o concurseiro não "decora" o conteúdo que será cobrado, e sim, o compreende em sua plenitude, evitando o famoso "branco" na hora da prova.

Uma vez estabelecidos o cronograma de estudos e as metas da preparação, o concurseiro já sabe quanto tempo é necessário se dedicar em cada disciplina.

Dificuldade do concurso

Dados e estatísticas que comparam número de inscritos com o número de aprovados pode configurar um material rico para o concurseiro. Uma vez publicado o resultado final da prova, as bancas examinadoras costumam publicar esses dados e, a partir daí, o candidato pode ter uma ideia do nível de dificuldade do concurso.

O nível de complexidade das provas também pode ser percebido através da análise de provas anteriores e isso não só pode como deve condicionar o tempo de estudos do concurseiro. Levando em consideração os certames em geral, a preparação deve começar com antecedência, em torno de um ano antes da prova. No entanto, em concursos de Carreira Jurídica, geralmente com poucas vagas e alta concorrência, esse tempo varia um pouco mais e pode levar até cinco anos para conseguir a aprovação, segundo Bezerra. 

Facilidade de aprendizagem e Disponibilidade de estudo

Para esses pontos, é importante que o candidato entenda os seus limites. Para o professor, o concurseiro deve perceber quanto tempo consegue se preparar de forma proveitosa. Ou seja, de nada adianta passar noites e madrugadas estudando se, ao final desse processo, você não ter entendido o conteúdo. 

O candidato deve avaliar o quanto de tempo tem disponível durante a semana e distribuí-lo nos horários que sabe que o seu esforço e dedicação será proveitoso. 

Leia também: 

Fique por dentro do concurso TRT 24

Tudo sobre o TRF 2

 

Você pode se interessar por:

Aguardem! Em breve, você confere as novidades do CERS para quem deseja ser aprovado em concurso 2017.

Tags relacionadas:

COMENTÁRIOS