Marketing Jurídico e Legal Design - Notícias CERS

Marketing Jurídico e Legal Design

Por:
Atualizado em 31/08/2020 - 17:38
LEGAL-DESIGN

Com as inovações trazidas pelo avanço dos meios de comunicação, tem se feito cada vez mais presente a necessidade dos advogados se reinventarem e utilizarem de ferramentas para melhorar seu atendimento e atrair novos clientes. Por esse motivo, trazemos algumas considerações sobre o Legal Design, um instrumento do Marketing Jurídico, que pode constituir um grande diferencial para a sua carreira.

O QUE É LEGAL DESIGN?

O Legal Design é o resultado da intersecção entre Design, Tecnologia e Direito. É inspirado no Design Thinking, que se trata de um processo aplicado em diversos mercados para resolver problemas e descobrir novas soluções sem perder o foco no ser humano.

Dessa maneira, o intuito dessas abordagens é melhorar produtos e serviços por meio da empatia, incitando o engajamento e entregando valor como resultado.

No âmbito jurídico, envolte o atendimento e a compreensão dos problemas dos clientes, bem como o teste de soluções rápidas antes da entrega final.

Sendo assim, o foco do legal design está na experiência do usuário e em como melhorá-la, tanto para prestar um melhor serviço quanto para atingir novos clientes.

Para isso, faz-se uso da comunicação de qualidade, tanto verbal quanto não-verbal, de forma a proporcionar a melhor experiência ao usuário. Trata-se de um grande diferencial no meio jurídico.

Ele se diferencia Visual Law, que é uma vertente do Legal Design voltada ao emprego de elementos visuais para tornar o Direito mais claro e compreensível. Visa transformar a informação jurídica em algo que qualquer pessoa consiga entender. As técnicas são as mais variadas e envolvem a utilização de vídeos, infográficos, fluxogramas, storyboards, bullet points, gamificação, etc.

ALGUMAS DICAS PARA OS JURISTAS

Confira algumas dicas para melhorar e agregar valor para o atividade jurídica se utilizando dos instrumentos do legal design:

  • Organize e ordene seus contatos, eles são de enorme importância para o exercício da atividade jurídica.
  • Revise e simplifique contratos. Se auxiliar, se utilize de gráficos e elementos visuais, de forma orgânica.
  • Simplifique e organize suas petições. Isso pode ocorrer através da incorporação de um índice remissivo, de uma pequena ementa ao início trazendo os principais pontos, use uma linguagem clara e objetiva.

 

É sobre essa temática e várias outras concernentes ao Marketing Jurídico e Legal Design que os professores discutem no curso de Marketing Jurídico: da produção de conteúdo à assessoria de imprensa, disponível na plataforma do CERS (www.cers.com.br/).

MARKETING JURÍDICO: da produção de conteúdo à assessoria de imprensa

Tags relacionadas: