Direito da Tecnologia da Informação - Notícias CERS

Direito da Tecnologia da Informação

o profissional do futuro precisa estar preparado para encarar as novidades tecnológicas

Por:
Atualizado em 20/12/2019 - 13:46
Direito da tecnologia da informação

Para muitos, a informática é apenas o uso do computador ou internet. No entanto, a informática é mais que isso, é uma ciência como todas as outras que regem o funcionamento das sociedades.

Atualmente, com o avanço célere da informática em consonância com a tecnologia, o advogado precisa saber como utilizar com sabedoria as ferramentas disponíveis no meio digital, seja para a divulgação do seu serviço ou atuando como orientador dos seus clientes.

Redes sociais

São ambientes de softwares desenvolvidos para estabelecer relações entre pessoas ao redor do globo. Raramente uma rede social é criada para ter relação em apenas um ambiente, vai além de um ambiente. Ou seja, as redes sociais oportunizam aos seus usuários diversas “salas” em um mesmo ambiente.

Fóruns

Os fóruns são espaços onde os membros de grupos podem debater sobre determinados assuntos. Contudo, os fóruns não são ambientes com diversas “salas” para os usuários, sendo apenas destinados a realizar um tipo específico de tema.

Importância econômica

A lógica econômica pede que todas as empresas ou trabalhadores autônomos tenham páginas nas redes sociais. Entende-se que empresas que não possuem páginas sociais de vendas e diálogos com os clientes não existem. Sendo assim, é interessante que você, Advogado (a), tenha um canal comunicativo com os seus clientes.

Estudos apontam que o usuário comum que utiliza a World Wide Web por mais de cinco horas, em atividades do seu cotidiano, absorve de forma passiva os conteúdos em forma de anúncio ou propaganda.

Ou seja, mesmo que o utilizador das redes sociais não esteja de fato realizando compras ou buscando por um serviço, o mesmo estará recebendo a informação de modo indireto.   

 Importância Profissional

Antigamente, para realizar qualquer tipo de divulgação de um serviço ou produto, era comum a vinculação de propagandas no meio televisivo ou através de Outdoors. Atualmente, com o advento da internet, novas profissões e ramos laborais foram desenvolvidos para acompanhar o avanço tecnológico.

No ramo da advocacia, a criação desses novos meios comunicativos trouxe normas formas de divulgação da atividade laboral do advogado. Seja em um escritório ou atuando de forma autônoma, o Advogado (a) tem mais chances e formas de captar clientes.

Social

Além da importância profissional, as redes sociais também poderão ser utilizadas no âmbito social. Através do uso dessas redes é possível expandir e adquirir novos colegas laborais, oportunizando um canal comunicativo de troca de informações e experiências sobre os mais diversos assuntos do âmbito forense.  Nessa perspectiva, é ideal que você, como Advogado (a), esteja presente nesse ambiente para realizar essa troca de aprendizagem com colegas da profissão.

Xenofobia nas redes sociais

Xenofobia é o termo utilizado para caracterizar o sentimento de hostilidade e de ódio manifestado contra pessoas, por elas possuírem alguma características fora do que é considerado padrão diante da maior parcela da sociedade. O preconceito contra mulheres, nordestinos e estrangeiros, por exemplo, pode ser enquadrado como xenofobia.

Por isso, é interessante estar sempre atento (a) ao que vai ser compartilhado nas redes sociais. Qualquer frase que possa abrir lacuna para algo dúbio, poderá ser interpretado como uma ação xenofóbica. O ideal é sempre refletir se o que será postado ou comentado, poderá ocasionar algum tipo de interpretação negativa.

Fake News

O termo fake News não é novo, mas ganhou uma notoriedade maior nas últimas eleições americanas e brasileiras. Em tradução livre, fake news em português significa notícia falsa. As fake news caracterizam-se por serem notícias mentirosas, que são divulgadas em grandes proporções como se fossem verdadeiras, mas não são.

As fakes news podem ser criadas por diferentes motivos. Geralmente, as suas manchetes são despautérios em relação à realidade do assunto que é abordado.  A finalidade, assim como os motivos, pode ser das mais diversas possíveis, mas com o intuito de ocasionar boatos e reforçar algum tipo de pensamento. É por meio da divulgação em grande escala que as fakes news alcançam seus objetivos. Pela mentira conseguem a disseminação do ódio a determinados grupos.

 Comportamentos que devem ser evitados pelo Advogado (a)

Como Advogado (a), é interessante que as informações disponibilizadas nas redes sociais sejam realizadas com ética e profissionalismo. É sempre necessário salientar que a Ordem dos Advogados do Brasil possui um Código de Ética para regular o modo que os profissionais do Direito atuam.

Nesse sentido, o Advogado (a) deve ficar atento a qualquer informação que seja disponibilizada na internet. Lembre-se, o fato das informações estarem em um “meio digital”, não significa que é terra ninguém. Alguns dos processos que estão tramitando na justiça brasileira, atualmente, são derivados de publicações realizadas em redes sociais ou propagandas enganosas.

 Orientação para clientes

O ambiente virtual ainda é algo novo e que está em constante modificação. O Advogado também poderá atuar como orientador para os seus clientes. O Advogado poderá atuar aconselhando o conteúdo que será postado, se os contratos ou propagandas estão de acordo com as normas do direito brasileiro e realizar atuação preventiva, para evitar qualquer dilema futuro.

Tags relacionadas: