Concurso TJ PE Juiz: comissão formada! - Portal de notícias CERS

Concurso TJ PE Juiz: comissão formada!

A Presidência do Tribunal determinou a abertura de certame para Juiz Substituto e apresentou a comissão examinadora do concurso.

Por:
Atualizado em 01/10/2019 - 10:35
concurso tjpe juiz

Concurso TJPE juiz vem por aí

Concurseiro(a) das carreiras jurídicas, se liga que vem concurso para Juiz Substituto do Tribunal de Justiça de Pernambuco (concurso TJPE juiz) por aí!

A propósito, confira aqui os certames previstos para as principais áreas jurídicas!

Falando no concurso TJPE juiz, foi divulgada na edição de 01/10 do Diário de Justiça Eletrônico (DJE) do órgão a determinação da abertura de certame para Juiz Substituto.

Emanado da Presidência do TJPE, o documento apresenta, ainda, a comissão examinadora do próximo concurso para juiz do Tribunal. Confira:

 

Com a decisão, a expectativa é que o certame apresente novas movimentações em breve, tais como a definição da banca organizadora e a publicação do edital!

E ninguém melhor que o nosso professor e juiz do TJPE, Ricardo de Sá, para comentar as expectativas desse certame!

Aproveite e inscreva-se em nosso canal do youtube para não perder as próximas atualizações.

Provas anteriores

Sabemos que a análise das provas anteriores do mesmo órgão e mesmo cargo faz parte da preparação do(a) concurseiro(a).

Desta forma, destacamos que os 3 últimos concursos para Juiz do TJPE foram organizados pela Fundação Carlos Chagas (FCC), nos anos de 2014, 2012 e 2010.

Logo, se passaram cinco anos desde o último certame, gerando a expectativa da oferta de muitas vagas para o cargo de Juiz Substituto, carreira jurídica promissora a nível estadual!

Vamos agora à análise do último edital para Juiz do TJPE!

Confira nosso simulado gratuito!

Simulado TJPE

Último concurso – 2015

Banca: FCC

Cargo: Juiz Substituto

Vagas: 50 + CR

Remuneração inicial: R$ 19.383,88

 

Confira agora as principais informações do último concurso TJPE juiz!

 

Fases do certame

I- Prova Objetiva Seletiva (100 questões divididas em três blocos de matérias), de caráter eliminatório e classificatório;

II – Prova Discursiva, de caráter eliminatório e classificatório;

III – Prova de Sentença (uma cível e uma criminal), de caráter eliminatório e classificatório;

IV – Inscrição definitiva, de caráter exclusivamente eliminatório;

V – Sindicância da vida pregressa e investigação social, de caráter exclusivamente eliminatório;

VI – Exame de sanidade física e mental, de caráter exclusivamente eliminatório;

VII – Exame Psicotécnico, de caráter exclusivamente eliminatório;

VIII – Prova Oral, de caráter eliminatório e classificatório;

IX – Fase de Títulos, de caráter exclusivamente classificatório.

 

Blocos de disciplinas

Bloco I (40 questões): Direito Civil, Direito Processual Civil, Direito do Consumidor e Direito da Criança e do Adolescente;

Bloco II (30 questões): Direito Penal, Direito Processual Penal, Direito Constitucional e Direito Eleitoral;

Bloco III (30 questões): Direito Empresarial, Direito Tributário, Direito Administrativo e Direito Ambiental.

 

Requisitos para ingresso no cargo

I – ser brasileiro nato ou naturalizado;

II – ter menos de 65 anos na data da posse;

III – ter concluído o curso de bacharelado em Direito, em escola pública ou particular reconhecida pelo MEC;

IV – haver exercido atividade jurídica pelo período mínimo de 3 (três) anos, contados a partir da obtenção do grau de bacharel em Direito, nos termos do art. 93, I, da Constituição Federal;

V – estar quite com o serviço militar, se do sexo masculino;

VI – estar quite com as obrigações eleitorais;

VII- estar no gozo dos direitos civis e políticos;

VIII- possuir idoneidade moral e não registrar antecedentes criminais;

IX- ter equilíbrio psicoemocional para o exercício do cargo, demonstrado em exame psicotécnico;

X- gozar de sanidade física e mental, comprovada em exame de saúde;

XI- apresentação de:

a) declaração firmada pelo candidato, com firma reconhecida, da qual conste nunca haver sido indiciado em inquérito policial ou processado criminalmente; OU

b) notícia específica da ocorrência, acompanhada dos esclarecimentos pertinentes.

 

Já conhece o Carreira Jurídica Premium?

Conheça o CERS Play Carreira Jurídica Premium, o plano de assinaturas do CERS que vai revolucionar os seus estudos!

Além de cursos preparatórios completos para as diversas carreiras jurídicas do país, desfrute de benefícios e ferramentas exclusivas de estudo inteligente.

 

Clique aqui e descubra porque o CERS Play é a evolução da assinatura!

 

Vamos juntos?!

Tags relacionadas: