Concurso TJ RJ: atividades suspensas - Notícias CERS

Concurso TJ RJ: atividades suspensas

Novo cronograma será publicado em breve!

Por:
Atualizado em 02/04/2020 - 09:05
Concurso TJ RJ

Atenção, concurseiros! Estão suspensas as atividades do concurso TJ RJ!

Saiba mais sobre o concurso

Atividades suspensas

Acaba de ser anunciado pela banca organizadora, a CEBRASPE, que o concurso terá suas atividades suspensas.

Isso significa que a prova objetiva que estava marcada para o dia 21 de junho será remarcada.

Novo cronograma será divulgado em momento oportuno.

Esse é  apenas mais um dos concursos suspensos como medida para evitar o avanço do coronavírus.

Inscrições encerradas

As inscrições do concurso TJ RJ que tiveram início em 09/03, se encerraram no dia 30/03.

Estão sendo ofertados 160 vagas, sendo portanto 75 para o cargo de analista e 85 para o de técnico.

Resumão do Certame

Concurso: TJ RJ
Banca organizadora: CEBRASPE
Cargos: Técnico e Analista
Vagas: 160
Remuneração: até R$6.373,89
Data das provas: 07/06
Inscrições: 09/03 a 30/03
Status: Inscrições encerradas
Edital – Técnico
Edital – Analista

Confira nosso simulado gratuito!

Simulado TJRJ

Quer se prepara para concurso TJ RJ?

A expectativa para este certame é grande. As remunerações são bastante atrativas e a carreira é o sonho de muitos concurseiros. Logo, se você almeja esse cargo, não espere para iniciar seus estudos. Uma preparação consistente é garantia de aprovação. Pensando nisso, o CERS acaba de lançar um curso específico para o concurso TJ RJ, com ferramentas e benefícios especialmente pensados para o certame. Você quer conquistar sua vaga e mudar de vida? Portanto, clique aqui e vamos evoluir juntos!

 

Vagas

– Técnico de Atividades Judiciária (Vagas: 85)
– Analista Judiciário – Sem especialidade(Vagas: 31)
– Analista Judiciário – Gestão – Especialidade: Contador  (Vagas: 2)
– Analista Judiciário – Judicial – Especialidade: Execução de Mandado (Vagas: 10)
– Analista Judiciário – Judicial – Especialidade: Comissário de Justiça da Infância, da Juventude e do Idoso (Vagas: 5)
– Analista Judiciário – Assistencial – Especialidade: Psicólogo(Vagas: 5)
– Analista Judiciário – Assistencial – Especialidade: Assistente Social(Vagas: 5)
– Analista Judiciário – Assistencial – Especialidade: Médico(Vagas: 6)
– Analista Judiciário – Assistencial – Especialidade: Médico Psiquiatra(Vagas: 1)
– Analista Judiciário – Tecnologia da Informação – Especialidade: Analista de Negócios (Vagas: 2)
– Analista Judiciário – Tecnologia da Informação – Especialidade: Analista de Infraestrutura de TIC (Vagas: 2)
– Analista Judiciário – Tecnologia da Informação – Especialidade: Analista de Projetos (Vagas: 1)
– Analista Judiciário – Tecnologia da Informação – Especialidade: Analista de Segurança da Informação (Vagas: 2)
– Analista Judiciário – Tecnologia da Informação – Especialidade: Analista de Sistemas (Vagas: 2)
– Analista Judiciário – Tecnologia da Informação – Especialidade: Analista de Gestão de TIC (Vagas: 1)

Etapas do Concurso

A prova objetiva é composta de 60 questões objetivas e sendo 20 de conhecimentos básicos e 40 de conhecimentos específicos.

Além disso, será aplicada uma prova discursiva que valerá 40 pontos.

A prova objetiva e discursiva serão aplicadas no dia 07 de junho de 2020.

Remunerações

– Técnico Judiciário: R$ 3.870,06
– Analista Judiciário: R$ 6.373,89

Além disso, os servidores tem direito a percepção de benefícios: auxílio-adoção, auxílio-creche, auxílio-funeral, auxílio-locomoção, auxílio-refeição/alimentação, auxílio saúde, plano de saúde.

Cargos Vagos

Segundo informações disponíveis no portal da transparência do Tribunal, atualmente há cerca de 3510 cargos vagos, distribuídos da seguinte maneira:

Analista: 2620
Técnico: 890

Ressalte-se que os cargos de Analista incluem as especialidades Execução de Mandados, Comissário de Justiça da Infância, da Juventude e do Idoso, Psicólogo e Assistente Social.

Portanto, é necessária formação em curso de nível superior para concorrer aos cargos de Analista. Enquanto que para o cargo de Técnico exige-se apenas o ensino médio completo.

Os servidores também podem fazer jus a alguns benefícios, como plano de saúde e auxílio transporte.

A jornada de trabalho dos tribunais costuma ser de 30 horas semanais (6h/dia).

Tags relacionadas: