Concurso MPT: tudo o que você precisa saber para ser aprovado - Portal de notícias CERS

Concurso MPT: tudo o que você precisa saber para ser aprovado

Por:
Atualizado em 28/06/2017 - 11:01

MPT-edital-concurso-2017Saiu o edital do concurso de procurador do Ministério Público do Trabalho (MPT). Se você está pensando em conquistar esta vaga, leia todos os detalhes sobre a prova e fique atento as nossas dicas.

Inicie seus estudos de imediato e, depois, faça como os procuradores Rafael Foresti e o Frederico Cerutti: venha nos contar a sua história de aprovação no concurso do MPT no blog #eusoucers!

Vagas

O certame oferece 1 vaga, mais cadastro de reserva. A oportunidade imediata é para atuar na Procuradoria Regional do Trabalho da 3ª Região, em Minas Gerais. A remuneração inicial é de R$ 28.947,55.

Há reserva de 20% das vagas para pessoas negras e outros 20% para pessoas com deficiência, que incidirão sobre outras oportunidades que surgirem. O concurso tem validade de dois anos.

Inscrições

As inscrições seguem abertas até o dia 13 de junho, pelo site do próprio MPT. O valor da inscrição é R$ 250. De acordo com a proposta orçamentária, a expectativa é que 7.859 candidatos se inscrevam na seleção.

Cargo

O cargo de procurador do Ministério Público do Trabalho exige nível superior em Direito, além de três anos de experiência profissional na área jurídica após a conclusão do curso de graduação.

O cargo tem missão de promover as ações que lhe sejam atribuídas pela Constituição Federal e pelas leis trabalhistas; propor as ações necessárias à defesa dos direitos e interesses dos menores, incapazes e índios, decorrentes das relações de trabalho; entre outras atribuições.

Provas

O concurso para procurador do MPT será composto por cinco etapas: prova objetiva, prova discursiva, prova prática, prova oral e avaliação de títulos.

A instituição publicou retificação no edital que altera apenas a data da primeira fase. Agora, a prova objetiva será aplicada no dia 30 de julho de 2017, com 100 questões objetivas, durante quatro horas de prova. A prova discursiva e prova prática estão marcadas para os dias 17 e 24 de setembro de 2017. As provas serão aplicadas nas cidades que sediam procuradorias regionais do trabalho. No entanto, a prova oral está prevista para fevereiro de 2018, com realização apenas no Distrito Federal.

Clique aqui e confira o programa de conteúdo do concurso atualizado

Confira a retificação:

 

Serão exigidos conhecimentos das seguintes disciplinas:

GRUPO I

Direito Constitucional

Direitos Humanos

Direito Individual e Coletivo do Trabalho

Direito Processual do Trabalho

Direito Civil e Direito de Empresa

Regime Jurídico do Ministério Público

GRUPO II

Direito Processual Civil

Direito Administrativo

GRUPO III

Direito Previdenciário da Seguridade Social

Direito Penal

Direito Internacional

Direito Comunitário

Preparação

Com todas as informações do edital em mãos, surge a pergunta que não quer calar: como ser aprovado em concursos do Ministério Público do Trabalho?

Antes de replanejar o seu cronograma de estudos de acordo com o edital publicado, uma dica é avaliar o seu nível de conhecimento. Você pode fazer isso por meio do nosso simulado para carreira jurídica gratuito, com questões reais de concursos e relatório com estatísticas do seu desempenho em cada matéria.

Depois de identificar o seu desempenho, escolha a estratégia de estudo que mais atende as suas necessidades. Pode ser um curso online completo, ou apenas as isoladas específicas daquelas disciplinas que você precisa reforçar o estudo (dica: é só digitar "ministério público do trabalho" no campo de busca de cursos que você encontra as isoladas de todas as matérias do concurso do MPT).

Ainda tem dúvidas de como se preparar? Continue acompanhando as notícias e redes sociais do CERS para conferir vídeos e dicas dos nossos professores especialistas, como o programa Raio-X da carreira de procurador do MPT, com participação de Renato Saraiva, Flávio Gondim, Henrique Correia e Élisson Miessa.

Sobre a carreira

“A cada dia é uma situação diferente”, comenta Renato Saraiva quando fala sobre a carreira e seus desafios diários. Uma vez nomeado Procurador, o profissional será designado por uma Procuradoria Geral do Trabalho a atuar no interior ou capital. Atuar como órgão agente nas investigações dos inquéritos civis, ouvir testemunha, parte, formar inquérito, propor ações civis públicas são algumas das atividades de responsabilidade de um Procurador do Trabalho.

Assista ao vídeo do professor Renato Saraiva para mais detalhes da carreira de Procurador do Trabalho

 

Você pode se interessar por:

concurso-MPT-2017-curso-online-procurador

Tags relacionadas:

COMENTÁRIOS