5 dicas de Direito Constitucional para Carreiras Jurídicas - Portal de notícias CERS

5 dicas de Direito Constitucional para Carreiras Jurídicas

Por:
Atualizado em 25/11/2015 - 16:50

Se você está se preparando para concursos de Carreira Jurídica, confira as dicas da disciplina de Direito Constitucional elaboradas pelo professor Robério Nunes.

O professor Robério Nunes é Doutor em Direito pela USP, Mestre em Direito pela UFBA, Professor de Direito Constitucional, Presidente do Instituto Brasileiro de Estudos Constitucionais – IBEC, Procurador Regional da República.

O princípio da indivisibilidade permite a substituição de um membro do Ministério Público por outro, sem que haja alteração subjetiva na relação jurídica processual da qual participe a instituição, seja como órgão agente, seja como órgão interveniente.

 

 O princípio da independência funcional permite que, no caso de substituição em processo judicial, o membro ministerial deixe de interpor recurso contra decisão desfavorável.

 

O princípio do “promotor natural” materializa-se na garantia da inamovibilidade do membro do Ministério Público, a impedir designações aleatórias e afastamento imotivado do cargo ou funções estabelecidas em lei.

 

O Ministério Público de Contas (art. 130 da CF/88) não integra o MPU, embora apliquem-se aos seus membros as disposições pertinentes a direitos, vedações e forma de investidura dos membros do Ministério Público comum.

 

Segundo a jurisprudência do STF não cabe mandado de segurança contra ato de deliberação negativa do CNMP (MS 29269 AgR, Rel. Min. Rosa Weber, Primeira Turma, j. em 02/09/2014).

 

Leia também: Dicas de Direito Civil para Carreiras Jurídicas

 Dicas de Direito Penal com o professor Rogério Sanches

Você pode se interessar por:

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO RIO GRANDE DO SUL – AULÃO DE REVISÃO PRESENCIAL DE VÉSPERA PARA O CONCURSO DE JUIZ DE DIREITO SUBSTITUTO

Tags relacionadas:

COMENTÁRIOS