TRT 2ª Região confirma edital para técnico e analista em breve - Portal de notícias CERS

TRT 2ª Região confirma edital para técnico e analista em breve

Por:
Atualizado em 18/08/2014 - 01:04

Por Ana Laranjeira

A desembargadora Maria Doralice Novaes confirmou, em entrevista, que o edital do concurso para o Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região (TRT 2), em São Paulo, sairá ainda este ano. O órgão pretende preencher 400 vagas de técnico e analista judiciários. A banca organizadora será a Fundação Carlos Chagas (FCC).

Técnico
Para concorrer ao cargo de técnico, o candidato deve possuir nível médio. As vagas serão divididas entre as seguintes áreas: administrativa, digitação, enfermagem, operação de computadores, tecnologia da informação, artes gráficas, carpintaria, marcenaria, estruturas de obras de metalurgia, telecomunicações e eletricidade, mecânica, copa, telefonia, transporte e segurança. O salário inicial é de R$ 4.575,16.

Analista  
Já para analistas é necessário nível superior, nas seguintes especialidades: administrativa, judiciária, execução de mandados, contabilidade, tecnologia da informação, biblioteconomia, clínica geral, medicina do trabalho, cardiologia, psiquiatria, psicologia, estatística e arquivologia. O salário inicial é de R$ 7.506,55.

Os aprovados em ambos os cargos contam ainda com benefícios como vale-alimentação (no valor de R$ 710), vale-transporte, reembolso parcial de creche, participação na assistência médico-hospitalar (inclusive para dependentes) e adicional de qualificação.

Segundo Novaes, o conteúdo programático não deverá ser muito diferente do anterior. “Praticamente o mesmo. Talvez alguma atualização, mas basicamente o mesmo conteúdo”, explicou.

Mais 1.800 oportunidades       
Estudo que avaliou as condições de trabalho nos TRTs do país mostrou que existe no TRT2 uma defasagem de servidores. Um exemplo são os pequenos gabinetes dos desembargadores, que contam em média com cinco servidores, enquanto em outros tribunais são de 12 a 14.

Por isso, a previsão inicial de 400 oportunidades pode ser ampliada com as próximas aposentadorias e com o projeto de lei que deverá criar mais de 1.800 cargos. Segundo Novaes, o projeto encontra-se no CNJ (Conselho Nacional de Justiça) sendo encaminhado agora para o Congresso.

Último concurso      
A seleção anterior, com validade expirada em fevereiro, teve edital divulgado em 2008 e também foi organizada pela Fundação Carlos Chagas, que registrou 94.808 inscritos. Foram disponibilizadas 21 vagas, mas até janeiro de 2013 o órgão convocou 2.254 remanescentes da última seleção para o cargo de analista. Apenas na especialidade judiciária, que exige formação em direito, foram convocados 1.578 aprovados no cadastro reserva. Na função de técnico, foram 2.491 nomeações durante a validade do concurso.

Identificamos que você pode se interessar pelo seguinte conteúdo:

CURSOS PREPARATÓRIOS PARA TRIBUNAIS

 

 

Tags relacionadas:

COMENTÁRIOS