TRF4: dois meses de preparação intensiva para concurso de juiz - Portal de notícias CERS

TRF4: dois meses de preparação intensiva para concurso de juiz

Por:
Atualizado em 07/03/2016 - 17:06

trf4-concurso-juiz-curso-cersAs inscrições para o concurso para juiz do Tribunal Regional Federal da 4ª região seguem abertas até 15 de março. São oferecidas 22 vagas com salário de R$ 27.500,17. A jurisdição do TRF4 abrange os estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná. As inscrições devem ser realizadas pelo site http://www.trf4.jus.br/concursojfs.  

Quem decidiu iniciar a preparação para o certame faltando menos de dois meses para a prova, marcada para 1º de maio, precisa definir uma dinâmica de estudo intensiva.

Antes do edital, o candidato possui tempo de estudar todas as disciplinas de maneira aprofundada e adquirir o conhecimento aos poucos. Após a publicação do edital e o fim das inscrições, é preciso correr contra o tempo e ter uma boa estratégia para saber o que e como estudar.

– Com uma dedicação de 6h diárias, o candidato consegue assistir as videoaulas de todas as disciplinas do Curso de Revisão Teórica com Resolução de Questões do TRF4 em duas semanas. Ao todo, são 92h divididas pelos três blocos de conteúdos definidos no edital.

– A primeira etapa de preparação para os próximos dois meses consiste em verificar se há matérias ou tópicos novos que nunca foram estudados. Depois, é preciso contar o número de dias até a prova e fazer uma distribuição de tempo pelas disciplinas.

– Matérias em que o candidato já possui conhecimento devem ser revisadas, de preferência a partir do caderno de anotações do próprio candidato. Portanto, durante as videoaulas já vá anotando todas as dicas dos professores.

– Disciplinas específicas, de maior peso, ou surpresas no edital, têm prioridade de tempo. Assim como, as disciplinas que o candidato tenha dificuldade.

– Mesmo que não dê tempo para estudar tudo, é essencial que o candidato resolva provas de concursos anteriores da banca organizadora do concurso. Isso dá uma referência de como o conteúdo é cobrado, do tipo de questões que a instituição costuma fazer e dos assuntos mais frequentes.

– Com a base teórica, os candidatos devem aprofundar o conhecimento com a leitura da letra da lei, livros, material de apoio e anotações. E claro, muita resolução de questões!

Confira o edital aqui

Portanto, com foco, dedicação e orientação de professores especialistas em concursos da área, você pode se preparar com qualidade e fazer uma prova confiante na aprovação.

 

Saiba mais:

JUIZ SUBSTITUTO FEDERAL DO TRF 4ª REGIÃO – PROJETO UTI DE REVISÃO TEÓRICA COM RESOLUÇÃO DE QUESTÕES

 

Tags relacionadas:

COMENTÁRIOS