TRE/RJ retifica edital e inclui 3 novas disciplinas - Portal de notícias CERS

TRE/RJ retifica edital e inclui 3 novas disciplinas

Por:
Atualizado em 18/08/2014 - 01:04

Por Ana Laranjeira       

Na última terça-feira, dia 26, Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ) divulgou uma retificação do edital alterando os programas para os cargos de técnico judiciário e analista judiciário, ambos da área administrativa. Além do conteúdo cobrado no último edital publicado pelo órgão, foram incluídas três novas disciplinas: atualidades (para todos os cargos), noções de administração pública e noções de administração de recursos materiais (para técnico administrativo).

As inscrições para o concurso estão abertas no site do Cespe/UnB e o prazo vai até as 23h59 do dia 13 de julho. Para confirmar a candidatura é preciso imprimir o boleto bancário relativo à taxa e pagá-lo em qualquer agência, até 26 de julho. O valor é de R$50 para técnico e de R$65 para analista. O pedido de isenção poderá ser feito pelos inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) e pelos membros de família de baixa renda.

A solicitação deverá ser feita por meio de requerimento disponível no site do Cespe/UnB, indicando o Número de Identificação Social (NIS) atribuído pelo CadÚnico. Também é necessária uma declaração de que a pessoa atende à condição de ser membro de família de baixa renda. O período para requerer a isenção é o mesmo das inscrições, ou seja, até 13 de julho.

Esta é uma boa oportunidade para quem busca estabilidade empregatícia no serviço público, visto que a contratação é pelo regime estatutário. A oferta de vagas imediatas é de 19, sendo dez para técnico e nove para analista, mais formação de cadastro de reserva.

Segundo a Assessoria de Imprensa do TRE-RJ informou a lotação dos aprovados poderá ocorrer em todo o estado, sendo decidida somente após o término do concurso.

Apesar de o quantitativo não ser tão atraente, o TRE-RJ costuma convocar muitos aprovados. Na última seleção, realizada pelo tribunal em 2006, o edital era para 435 vagas, no entanto, houve 594 convocações, sendo 342 técnicos judiciários e 252 analistasjudiciários, em diferentes especialidades.

Na ocasião, o maior número de convocados foi no cargo de técnico judiciário da área administrativa, em que foram chamados 328 aprovados, sendo 17 deles portadores de deficiência. Na área de apoio

especializado, ocorreram 12 convocações. Já na área de serviços gerais, o quantitativo foi de seis. Para analista judiciário da área judiciária, houveram 156 convocações. Na área administrativa, foram 84 e, na de apoio especializado, 12.

O vencimento inicial do técnico é de R$4.762,96. Já os analistas recebem R$7.321,39, inicialmente. Em ambas as remunerações estão inseridos os R$710 de auxílio-alimentação. Os profissionais terão direito, ainda, a auxílio pré-escolar (de R$561 por dependente menor de seis anos) e reembolso de até R$120 mensais, por dependente, com gastos do plano de saúde. Os futuros servidores poderão ser convocados ao longo dos dois anos da validade do concurso, prorrogáveis por igual período.

 

Com informações da Folha Dirigida, Portal O Globo e Assessoria do TRE/RJ

Tags relacionadas:

COMENTÁRIOS