TJ do RS lança edital na sexta-feira e reabre concurso para juiz - Portal de notícias CERS

TJ do RS lança edital na sexta-feira e reabre concurso para juiz

Por:
Atualizado em 18/08/2014 - 01:04

 

Por Ana Laranjeira

O site do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul informa que nesta sexta-feira (13) será divulgado o edital de concurso para servidores do Judiciário. Mais informações serão disponibilizadas também no site da instituição (http://www.tjrs.jus.br/site/concursos_e_estagios/servidores/) e no site da organizadora (http://www.faurgsconcursos.ufrgs.br/).

O concurso vai selecionar servidores para os cargos de analista e técnico judiciário, taquígrafo forense, bibliotecário pesquisador judiciário, historiógrafo, assistente social, arquiteto e desenhista. Também ocorrerá a seleção para vagas no Tribunal de Justiça Militar, no cargo de auxiliar de comunicação, que tem funções administrativas e exigência de nível médio.

O número de vagas e demais informações estarão informados no edital. A realização das provas está marcada para o dia 16 de setembro.

 

Concurso para juiz é reaberto  
O concurso foi suspenso em março “devido ao resultado do pregão presencial para a contratação relativo à contratação de serviços técnicos especializados de assessoria para a realização de procedimento seletivo fica adiada a data de realização das inscrições preliminares.”

As inscrições devem ser feitas pelos sites www.tjrs.jus.br ou www.officium.com.br de 3 de agosto a 6 de setembro. A taxa é de R$ 175. Para inscrever-se, o candidato poderá utilizar, nos dias úteis, das 9h às 12h e das 14h às 18h, computadores disponibilizados na sede da Officium, na Rua Luiz Afonso, 142, bairro Cidade Baixa, Porto Alegre.

Para participar da seleção, os candidatos devem ter concluído o curso superior de bacharel em direito e possuir três anos de atuação na área jurídica.

O concurso consiste em seis etapas. A primeira consiste em prova objetiva. A fase seguinte terá a realização de duas provas escritas. A terceira etapa engloba inscrição definitiva, sindicância de vida pregressa e investigação social, exame de sanidade física, mental e psicotécnico. Os candidatos também serão analisados por meio de prova oral, na quarta fase, e avaliação de títulos, na quinta.

Os aprovados nas fases anteriores serão convocados para a última, que consiste na realização do curso de formação para ingresso na carreira de magistratura. Todo o processo será feito na cidade de Porto Alegre (RS).

A prova objetiva está prevista para o dia 14 de outubro.

 

Tags relacionadas:

COMENTÁRIOS