STJ abre concurso para 28 vagas - Portal de notícias CERS

STJ abre concurso para 28 vagas

Por:
Atualizado em 18/08/2014 - 01:04

Postado por Ana Laranjeira      
Fonte: G1

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) abriu concurso para 28 vagas para os cargos de analista e técnico judiciário. Os salários são, respectivamente, de R$ 4.052,96 e R$ 6.611,39 para 40 horas semanais.

Os cargos são de analista judiciário para a área judiciária (16 vagas); analista judiciário nas especialidades biblioteconomia (5), medicina/clínica médica (2), medicina/psiquiatria (1) e psicologia (1); e de técnico judiciário na especialidade telecomunicações e eletricidade (3).

As inscrições devem ser feitas no site do Cespe (http://www.cespe.unb.br/concursos/stj2012) das 10h do dia 22 de fevereiro até as 23h59 do dia 16 de março. Os valores das taxas de inscrição são R$ 50 para técnico judiciário e R$ 80 para analista judiciário.

A seleção terá prova objetiva para todos os cargos, prova discursiva somente para os cargos de analista judiciário e prova prática de áudio, vídeo e eletricidade somente para o cargo de técnico judiciário – especialidade: telecomunicações e eletricidade. Todas as fases serão realizadas em Brasília.

As provas objetivas e a prova discursiva para os cargos de analista judiciário terão a duração de 4 horas e 30 minutos e serão aplicadas na data provável de 6 de maio, no turno da manhã.

As provas objetivas para o cargo de técnico judiciário terão a duração de 3 horas e 30 minutos e serão aplicadas na data provável de 6 de maio, no turno da tarde.

Os locais e os horários de realização das provas objetivas e da prova discursiva estarão disponíveis para consulta na Internet, no endereço eletrônico http://www.cespe.unb.br/concursos/stj2012, a partir da data provável de 25 de abril.

De acordo com o STJ, os cargos tradicionalmente mais procurados, de analista e técnico judiciário na área administrativa, não são previstos nessa seleção porque o concurso realizado em 2008 tem validade até dezembro deste ano.

Tags relacionadas:

COMENTÁRIOS