Segue a polêmica das escutas em presídios federais - Portal de notícias CERS

Segue a polêmica das escutas em presídios federais

Por:
Atualizado em 18/08/2014 - 01:04

Continua gerando polêmica a gravação de imagens e som de conversas entre advogados e clientes em vários presídios federais brasileiros. A OAB nacional já se manifestou contrária a decisão do juiz federal Odilon de Oliveira, do Mato Grosso do Sul, que autorizou as gravações.

Diante do fato, o presidente nacional da OAB anunciou que vai apresentar reclamação disciplinar contra o magistrado no Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Além disso, a Ordem vai ainda acionar a União Federal para obrigar a retirada desses mecanismos de escuta nos parlatórios – salas destinadas à conversa reservada entre advogados e clientes em presídios.

“Trata-se de um abuso de autoridade e um grave desrespeito à dignidade do ser humano. Não admitimos qualquer tipo de bisbilhotice onde o advogado articula a defesa do seu cliente”, afirmou o presidente nacional da OAB Ophir Cavalcante.

Com informações da OAB nacional

Joffre Melo

Jornalista DRT-PE 4071

 

Tags relacionadas:

COMENTÁRIOS