Secretaria da Fazenda do RJ abre concurso - Portal de notícias CERS

Secretaria da Fazenda do RJ abre concurso

Por:
Atualizado em 18/08/2014 - 01:04

Por Ana Laranjeira       
Com informações do G1

A Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz) do Rio de Janeiro abriu concurso para 47 vagas de analista de controle interno. Os candidatos devem ter graduação em ciências contábeis – 20% das vagas são reservadas para negros e índios.

O salário é de R$ 3.818,18 e será acrescido de gratificação de desempenho de atividade (GDA), mais adicional de qualificação (AQ) de R$ 190,91, R$ 381,82 e R$ 763,64, para o candidato que tiver pós-graduação lato sensu, mestrado ou doutorado, respectivamente.

As inscrições devem ser feitas pelo site www.ceperj.rj.gov.br até 3 de dezembro. A taxa será de R$ 100. Para quem não tem acesso à internet será disponibilizado posto de inscrição presencial, que funcionará durante todo o período na sede da instituição, na Avenida Carlos Peixoto, 54, térreo, Botafogo, Zona Sul do Rio, de segunda a sexta-feira, das 10h às 16h, exceto feriados e pontos facultativos.

O concurso constará de duas etapas, constituídas por provas objetivas de conhecimento geral e de conhecimento específico, a serem realizadas em dias diferentes – 3 de fevereiro e 14 de abril de 2013.

Da primeira etapa constarão as disciplinas de língua portuguesa, raciocínio lógico e estatística, noções de economia e matemática financeira, noções de direito constitucional, tributário e administrativo; administração financeira, orçamentária e responsabilidade fiscal. A segunda etapa será estruturada com as disciplinas de controle interno, auditoria, contabilidade pública, contabilidade geral e de custos.

As 100 questões das duas provas serão do tipo múltipla escolha, com cinco alternativas de respostas, valendo um ponto cada uma, perfazendo o total de 100 pontos. Será eliminado o candidato que não alcançar simultaneamente o mínimo de 30% de acerto em cada disciplina (primeira etapa), 40% (segunda etapa) e 50% no total do exame. Somente os candidatos aprovados na prova de conhecimento geral farão a de conhecimento específico.

O concurso será válido pelo prazo máximo de 6 meses, podendo ser prorrogado por igual período por decisão da Secretaria de Estado de Fazenda.

Tags relacionadas:

COMENTÁRIOS