Saiba como se preparar quando o edital do concurso já foi publicado - Portal de notícias CERS

Saiba como se preparar quando o edital do concurso já foi publicado

Por:
Atualizado em 18/08/2014 - 01:04

 

É importante alterar estratégia de estudo após a publicação do edital.

Por Manoela Moreira / Fonte: G1

 

Com tantos e tão bons concursos saindo, é muito importante o candidato saber o que fazer a cada novo edital publicado, para não ficar tentando agarrar todas as oportunidades e, no fim das contas, deixá-las todas escaparem.

Manter o foco

A primeira pergunta a ser feita é: esse edital é da minha área de interesse? Eu já estava estudando essas matérias? É importante observar, com isenção, se não seria mais produtivo deixar o edital passar para se preparar com qualidade para o seguinte.

Mas, se o concurso for da área para a qual você já estava se preparando, é possível dar uma arrancada entre o edital e a prova, e isso pode ser útil para alavancar o estudo.

Todo o tempo do mundo

O período entre o edital e a prova é um prazo relativamente curto – não passa de dois meses – e todas as forças devem ser concentradas para aumentar as chances de aprovação. Assim, é o momento de adiar tudo o que não estiver relacionado ao estudo, delegar tarefas e, se o candidato estiver trabalhando e for possível, tirar férias para aumentar o número de horas de estudo.

Mesmo nesse período o equilíbrio é importante para que o candidato não fique exausto e perda qualidade no estudo.

Reprogramar
A publicação do edital muda completamente a dinâmica de estudo. Antes do edital, o candidato estuda todas as disciplinas, aprofundando aos poucos e lapidando o conhecimento com calma. Com o edital publicado, a primeira providência é examinar atentamente o edital para saber se há matérias ou tópicos novos e que nunca foram estudados.

Depois disso, é preciso contar o número de dias e semanas até a prova e fazer uma nova distribuição de tempo pelas disciplinas. Matérias que já foram bem estudadas devem ser apenas revisadas pelo material previamente elaborado. Disciplinas específicas ou surpresas do têm prioridade de tempo, porque são novidade para o candidato. O mesmo acontece com matérias em que o candidato ainda tenha muita dificuldade.

Outros fatores que interferem no tempo a ser dedicado a cada disciplina até a data da prova são: o número de pontos que ela representará na prova, se virá isolada ou agrupada com outras e a pontuação mínima exigida para que o candidato não seja eliminado.

Provas anteriores da banca

Mesmo que não dê tempo para estudar tudo, é essencial que o candidato resolva provas de concursos anteriores da banca organizadora do concurso. Isso dá uma referência de como o conteúdo é cobrado, do tipo de questões que a instituição costuma fazer e dos assuntos mais frequentes.

Requisitos e local das vagas

Nunca é demais lembrar que o edital deve ser lido integralmente, para que o candidato conheça exatamente as regras do seu concurso e não tenha surpresas depois. Nesse sentido, são informações básicas para que o candidato decida se deseja e pode participar daquele concurso: o número e o local das vagas, os requisitos necessários para o cargo, a remuneração oferecida e as atribuições que terá, caso seja aprovado.

Retorno à maratona

Caso o resultado da prova não seja favorável, o candidato deve voltar aos estudos – em ritmo de maratona outra vez – para melhorar a preparação e estar pronto para um novo edital. Mesmo que tenha sido aprovado, pode ser interessante seguir estudando para manter a excelência e ser aprovado em novas oportunidades.

 

Você pode se interessar por:

Cursos Começando do Zero

 

 

 

Tags relacionadas:

COMENTÁRIOS