Sai edital do TRF5. Inscrições começam quarta (4) - Portal de notícias CERS

Sai edital do TRF5. Inscrições começam quarta (4)

Por:
Atualizado em 18/08/2014 - 01:04

Por Ana Laranjeira

O Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF-5), com jurisdição nos estado de Alagoas, Ceará, Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Sergipe, publicou edital para concurso público no último dia 29. As inscrições têm início nesta quarta-feira (04) e seguem até 20 de julho, pelo site da organizadora, a Fundação Carlos Chagas (www.concursosfcc.com.br).  As taxas de participação vão de R$ 62,75 a R$ 72,75.

De acordo com o edital, o cargo oferecido para quem possui nível superior é o de analista judiciário nas áreas judiciária, administrativa e judiciária com especialidade em execução de mandados. Neste caso, a remuneração é de R$ 6.551,52. Já para quem tem nível médio, o cargo é o de técnico judiciário nas áreas administrativa e administrativa com especialidade em segurança e transporte. O salário é de R$ 3.993,09.

As provas objetivas estão previstas para serem aplicadas no dia 23 de setembro. Haverá ainda provas práticas para técnicos – digitação para área administrativa e de capacidade física para a especialidade de segurança de transporte.

Segundo o TRF-5, as vagas serão preenchidas conforme a data de vencimento dos concursos anteriores promovidos pelo órgão, respectivamente, em 10 de julho e 22 de agosto para analista e técnico.

CLIQUE AQUI E CONFIRA MAIS DETALHES NO EDITAL!

*Até o final do dia os cursos preparatórios do CERS para este concurso estarão disponíveis em nosso site.

Sobre o último concurso  
A última seleção promovida pelo órgão aconteceu em 2008. Para técnico da área administrativa e analista da área de Taquigrafia, o cadastro ficará vigente até 22 de agosto deste ano; para os demais, o prazo encerra no dia 10 de julho.

Ao se antecipar em relação ao término da validade do concurso, o tribunal quer atender às demandas futuras que surgirão com a implementação de 11 novas varas por ano, até 2014, já autorizadas por lei. Por isso, a expectativa é por muitas convocações, tal como ocorreu com o último cadastro – apesar de terem sido oferecidas 22 vagas imediatas, foram chamados 752 aprovados até o momento.

O concurso foi organizado pelo Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (Cespe/UnB). O processo seletivo constou de prova objetiva e teste prático de Informática, sendo esta etapa aplicada apenas aos candidatos a técnico judiciário da área administrativa e analista das áreas administrativa, judiciária e judiciária – especialidade execução de mandados.

O teste escrito foi composto por 50 perguntas sobre Conhecimentos Básicos, que englobaram Língua Portuguesa, Atualidades e Raciocínio Lógico; e 70 sobre Conhecimentos Específicos. Para técnico da área administrativa, esse grupo de matérias compreendeu Direito Processual do Trabalho, Direito do Trabalho, Direito Processual Civil, Direito Administrativo, Direito Constitucional e Regimento Interno do Tribunal Regional Federal da 5ª Região.

As perguntas tiveram que ser avaliadas como “certa” ou “errada”. A cada resposta correta, o concorrente recebia um ponto, subtraído no caso de o item estar em desacordo com o gabarito. Itens com nenhuma ou dupla marcação eram desconsiderados. Para ser aprovado, foi preciso somar 12 pontos em Conhecimentos Básicos, 18 em Específicos e 36 no conjunto das provas. No exame prático, os participantes precisaram elaborar uma planilha em Excel, convertê-la em tabela para uso no Word e enviar o arquivo via Outlook.

 

Tags relacionadas:

COMENTÁRIOS