Reunião pode garantir o concurso para o INSS - Portal de notícias CERS

Reunião pode garantir o concurso para o INSS

Por:
Atualizado em 18/08/2014 - 01:04

A luta pela realização do concurso para o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), ainda este ano, continua. O ministro da Previdência Social, Garibaldi Alves Filho, solicitou uma audiência com a ministra do Planejamento, Miriam Belchior, para discutir o provimento de vagas para a autarquia. A expectativa é de que o encontro entre os ministros aconteça em abril.

 

Por conta da criação das 720 agências previstas no Plano de Expansão da Rede de atendimento (PEX); do déficit de mais de 10 mil servidores e do grande número de aposentadorias previstas para os próximos anos (7 mil somente este ano), o INSS pediu autorização para preencher 10 mil vagas (8 mil para técnico e 2 mil para analista). A autarquia quer contratar, pelo menos, 2 mil profissionais este ano, e o restante, até 2014.

 

Em virtude desse quadro, o INSS é cotado para ser exceção ao adiamento de concurso e da nomeação de aprovados para o Executivo federal (decorrente do corte de R$50,7 bilhões no Orçamento da União de 2011), após o estudo que está em curso no Planejamento.

O cargo de técnico exige o nível médio (antigo 2º grau) e proporciona vencimentos iniciais de R$2.980. Há, ainda, uma gratificação de desempenho, que pode elevar a remuneração a R$3.280. Já para analista do seguro social, a exigência é o ensino superior, em diversas áreas. A remuneração é de R$4.917. Com a gratificação de desempenho, os ganhos poderão ser elevados a R$5.580. Os profissionais trabalham analisando e concedendo os benefícios aos segurados.

 

Fonte: Folha Dirigida

Tags relacionadas:

COMENTÁRIOS