Questões comentadas: concurso STJ - Portal de notícias CERS

Questões comentadas: concurso STJ

Por:
Atualizado em 15/09/2015 - 20:06

LÍNGUA PORTUGUESA – Profª Maria Augusta

1)”Apesar de saber que não seria fácil reduzir gastos e administrar a empresa em meio à crise, não desistiria de sua meta”.

(   ) Poder-se-ia substituir a locução conjuntiva que introduz o período por qualquer um dos termos subsequentes, sem alteração de sentido ou erro gramatical:  se bem que , a despeito de , malgrado ou posto que.

Gabarito: Errado

Comentário: Quando a banca fala em sentido e correção gramatical, não basta que as expressões dadas sejam sinônimas. Faz-se necessário que a forma verbal da oração aceite a nova locução. Por exemplo: se bem que, malgrado , posto que não aceitam a forma verbal no infinitivo. Todas as expressões dadas são concessivas, porém apenas A DESPEITO DE aceita infinitivo. Portanto, a única que pode substituir sem alteração de sentido ou erro gramatical é A DESPEITO DE. Veja: A despeito de saber que não seria fácil reduzir…. Entendido , minha gente? Bons estudos! Sucesso!                              

RACIOCÍNIO LÓGICO  – Profº Jairo Teixeira

2) A numeração das notas de papel-moeda de determinado país é constituída por duas das 26 letras do alfabeto da língua portuguesa, com ou sem repetição, seguidas de um numeral com 9 algarismos arábicos, de 0 a 9, com ou sem repetição. Julgue os próximos itens, relativos a esse sistema de numeração.

(CESPE/UnB) Considere o conjunto das notas numeradas da forma #A12345678&, em que # representa uma letra do alfabeto e &, um algarismo. Nessa situação, retirando-se, aleatoriamente, uma nota desse conjunto, a probabilidade de # ser uma vogal e de & ser um algarismo menor que 4 é inferior a 1/10.

Gabarito: Certo

Comentário: Vamos estabelecer todas as possibilidades de resultados para essas retiradas aleatórias.

Possíveis resultados:

Para #, temos 26 possibilidades (qualquer uma das 26 letras do alfabeto).

Para &, temos 10 possibilidades (qualquer um dos 10 algarismos).

Portanto, associando cada uma das letras a cada um dos algarismos, temos 26 x 10 = 260 possibilidades de resultados.

Agora, vamos contar quantas dessas 260 possibilidades atendem favoravelmente à condição de interesse da questão, ou seja, que # seja uma vogal e que & seja um algarismo menor que 4.

Favoráveis a esta condição:

Para # ser uma vogal, há 5 possibilidades (a, e, i, o, u).

Para & ser um algarismo menor que 4, há 4 possibilidades (0, 1, 2, ,3)

Portanto, associando cada uma das vogais a cada um dos algarismos menores que 4, temos 5 x 4 = 20 possibilidades de resultados favoráveis.

Finalmente vamos calcular a probabilidade de que, entre os 260 resultados possíveis, aconteça um dos 20 favoráveis:

p = qtde de favoráveis / qtde de possíveis

p = 20/260 = 1/13

Logo, a probabilidade p é menor que 1/10 e o item está CERTO.

NOÇÕES DE DIREITO CONSTITUCIONAL – Profº Édem Napoli

3) Nenhum brasileiro será extraditado, salvo o naturalizado, em caso de crime comum, praticado antes da naturalização, ou de comprovado envolvimento em tráfico ilícito de entorpecentes e drogas afins, na forma da lei.

Gabarito: Certo

Comentário: A assertiva está correta. Isso porque o seu conteúdo está afinado com o quanto disposto no art. 5º, LI, CF/88.

Com ele é possível concluir que o brasileiro nato jamais, em nenhuma hipótese, poderá ser extraditado.

Assim, a extradição só é permitida para o brasileiro naturalizado. E ela será possível em caso de crime comum, se praticado antes da naturalização, ou de comprovado envolvimento em tráfico ilícito de entorpecentes e drogas afins, na forma da lei, aqui tanto faz o período, seja antes ou até mesmo depois da naturalização.

4) Compete à União, aos estados e ao Distrito Federal legislar concorrentemente sobre direito eleitoral e, no âmbito dessa legislação concorrente, a competência da União está limitada ao estabelecimento de normas gerais.

Gabarito: Errado

Comentário: A assertiva está equivocada. Isso porque ela destoa do quanto disposto no art. 22, I, da CF/88. Com esse dispositivo, é da competência privativa da União legislar, dentre outras matérias, sobre direito eleitoral.

Ainda em relação as matérias do art. 22, I, que estão inseridas na competência legislativa privativa da União, o candidato pode utilizar este processo mnemônico – técnica de memorização –, que é muito mais prático: CAPACETE de PM. Vejamos:

C – civil, A – agrário, P – penal, A – aeronáutico, C – comercial, E – eleitoral, T – trabalho, E – espacial, P – processual, M – marítimo.

Para se aprofundar:

CURSO PARA O CONCURSO DO SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA (STJ) – CARGO: ANALISTA JUDICIÁRIO – (ÁREA DE ATIVIDADE ADMINISTRATIVA) – PROJETO UTI DE DICAS E RESOLUÇÕES DE QUESTÕES

CURSO PARA O CONCURSO DO SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA (STJ) – CARGO: TÉCNICO JUDICIÁRIO – (ÁREA DE ATIVIDADE: ADMINISTRATIVA) – PROJETO UTI DE DICAS E RESOLUÇÕES DE QUESTÕES

Tags relacionadas:

COMENTÁRIOS