Prova de RACIOCÍCNIO LÓGICO - PF 2012 Agente - Portal de notícias CERS

Prova de RACIOCÍCNIO LÓGICO – PF 2012 Agente

Por:
Atualizado em 18/08/2014 - 01:04

Professor Bruno Villar.

Texto para as questões 1 a 4

Um jovem, ao ser flagrado no aeroporto portando certa quantidade de entorpecentes, argumentou com os policiais conforme o esquema a seguir:

Premissa 1: Eu não sou traficante, eu sou usuário;

Premissa 2: Se eu fosse traficante, estaria levando uma grande quantidade de droga e a teria escondido;

Premissa 3: Como sou usuário e não levo uma grande quantidade, não escondi a droga.

Conclusão: Se eu estivesse levando uma grande quantidade, não seria usuário.

Considerando a situação hipotética apresentada acima, julgue os itens a seguir.

01.A proposição correspondente à negação da premissa 2 é logicamente equivalente a “Como eu não sou traficante, não estou levando uma grande quantidade de droga ou não a escondi”.

Se eu fosse traficante, estaria levando uma grande quantidade de droga e a teria escondido;

Temos uma negação da condicional, logo devemos manter a primeira proposição colocar o “e” e negar a segunda proposição.

A negação correta de P2 é “ Eu sou traficante e não estou levando uma grande quantidade ou não teria escondido”.

Obs.: A segunda proposição é uma proposição composta no “e” .

A regra da negação do “e” é : nega a primeira proposição coloca o “ou” e nega a segunda proposição.

 Gabarito Errado (confere com o gabarito preliminar)

02.Se a proposição “Eu não sou traficante” for verdadeira, então a premissa 2 será uma proposição verdadeira, independentemente dos valores lógicos das demais proposições que a compõem.

Se eu fosse traficante, estaria levando uma grande quantidade de droga e a teria escondido.

Pegadinha da tabela da condicional!

Dica: Na condicional, quando a primeira proposição é falsa, então a proposição condicional é verdadeira.

Se eu fosse traficante, estaria levando uma grande quantidade de droga e a teria escondido.
          F                                          ?
FV = V
FF= V

Gabarito Certo( confere com o gabarito preliminar)

03. Sob o ponto de vista lógico, a argumentação do jovem constitui argumentação válida.

Premissa 1: Eu não sou traficante, eu sou usuário;

Premissa 2: Se eu fosse traficante, estaria levando uma grande quantidade de droga e a teria escondido;

Premissa 3: Como sou usuário e não levo uma grande quantidade, não escondi a droga.

Conclusão: Se eu estivesse levando uma grande quantidade, não seria usuário.

1ª passo: Considere as premissas sendo verdadeiras.

Eu não sou traficante, eu sou usuário. (V)

Se eu fosse traficante, estaria levando uma grande quantidade de droga e a teria escondido. (V)

Como sou usuário e não levo uma grande quantidade, não escondi a droga. (V)

Proposição base: Eu não sou traficante, eu sou usuário. (V)

No “e” temos apenas uma dupla verdadeira.

Eu não sou  traficante.(V)

Sou usuário. (V)

Degrau 1: Se eu fosse traficante, estaria levando uma grande quantidade de droga e a teria escondido
                            F
Sobre a proposição “Estaria levando uma grande quantidade de droga e a teria escondido” não podemos garantir o valor lógico, pois FV ou FF são iguais a V , na condicional.

Degrau 2: Como sou usuário e não levo uma grande quantidade, não escondi a droga.
                                 V
A proposição “Sou usuário e não levo uma grande quantidade” pode ser V ou F , pois “Não levo uma grande quantidade”  pode ser uma proposição V ou F.

Vamos analisar a conclusão:
Conclusão: Se eu estivesse levando uma grande quantidade, não seria usuário.
                                       ?                                                                 F
Se a proposição “Eu estava levando uma grande quantidade” for verdadeira então teremos uma conclusão falsa, pois VF= F ( na condicional)

Não sabemos o valor lógico de “Eu estava levando uma grande quantidade” , por isso não podemos garantir que o argumento é válido.

Obs.: Quando as premissas são verdadeiras então a conclusão deve ser, necessariamente, verdadeira para tornar o argumento válido.
Gabarito Errado (confere com o gabarito preliminar)

04. Se P e Q representam, respectivamente, as proposições “Eu não sou traficante” e “Eu sou usuário”, então a premissa 1 estará corretamente representada por P  Q.

Premissa 1: Eu não sou traficante, eu sou usuário = Eu não sou traficante,mas  eu sou usuário

O “mas” representa a conjunção.

Gabarito Certo ( confere com o gabarito preliminar)

Texto para as questões 5 a 7

Dez policiais federais — dois delegados, dois peritos, dois escrivães e quatro agentes — foram designados para cumprir mandado de busca e apreensão em duas localidades próximas à superintendência regional. O grupo será dividido em duas equipes.

Para tanto, exige-se que cada uma seja composta, necessariamente, por um delegado, um perito, um escrivão e dois agentes.

Considerando essa situação hipotética, julgue os itens que se seguem.

05.Se todos os policiais em questão estiverem habilitados a dirigir, então, formadas as equipes, a quantidade de maneiras distintas de se organizar uma equipe dentro de um veículo com cinco lugares — motorista e mais quatro passageiros — será superior a 100.
Resolução:

Temos 5 pessoas para ocupar 5 lugares, logo uma permutação sem repetição de elementos.

P5 = 5! = 5.4.3.2.1 = 120

O resultado 120 é superior a 100.

Gabarito Certo (confere com o gabarito preliminar)

06.Há mais de 50 maneiras diferentes de compor as referidas equipes.
Obs.: A equipe 2  não precisa ser calculada, pois os elementos não utilizados na equipe 1 formam a equipe 2.

Escolha de grupos de pessoas é uma combinação.

Escolha: Um delegado, um perito, um escrivão e dois agentes.

Delegado: C 2,1 = 2

Perito: C 2,1 = 2

Escrivão: C 2,1 = 2

Agente: C 4,2 = 6

Resultado: 2.2.2.6 = 48 possibilidades

Gabarito Errado (confere com o gabarito preliminar)

07. Se cinco dos citados policiais forem escolhidos, aleatoriamente e independentemente dos cargos, então a probabilidade de que esses escolhidos constituam uma equipe com a exigência inicial será superior a 20%.

Resolução:

Tema: Probabilidade

Espaço amostral: C 10, 5 = 252

Obs.: A escolha das 5 pessoas será de forma aleatória , logo C 10,5 .

Evento: Equipe com 1 delegado, 1 perito, 1 escrivão e 2 agente

E= 48 ( cálculo da questão 6)

P(A) = 48/252 = 0,1904 . 100 = 19,04%

Gabarito Errado (confere com o gabarito preliminar)

Texto para as questões 8 e 9

Em uma página da Polícia Federal, na Internet, é possível denunciar crimes contra os direitos humanos. Esses crimes incluem o tráfico de pessoas — aliciamento de homens, mulheres e crianças para exploração sexual — e a pornografia infantil — envolvimento de menores de 18 anos de idade em atividades sexuais explícitas, reais ou simuladas, ou exibição dos órgãos genitais do menor para fins sexuais.

Com referência a essa situação hipotética e considerando que, após a análise de 100 denúncias, tenha-se constatado que 30 delas se enquadravam como tráfico de pessoas e como pornografia infantil; outras 30 não se enquadravam em nenhum desses dois crimes e que, em relação a 60 dessas denúncias, havia apenas a certeza de que se tratava de pornografia infantil, julgue os itens subsequentes, acerca dessas 100 denúncias analisadas.

08.Dez denúncias foram classificadas apenas como crime de tráfico de pessoas.

Total = 100

Conjunto A: tráfico de pessoas

Conjunto B: Pornografia infantil.

n(A e B) = 30

n(A ou B) = 100 – 30 = 70

n(B) = 60

1ª passo: Calcular n(A)

N(A ou B ) = n(A) + n(B) – n(A e B)

  70=   x + 60 – 30
70 = x + 30
x + 30 = 70
x = 70-30 = 40 (total de elementos do conjunto A)

O conjunto “apenas A” = total de elementos do conjunto A – (A e B)
Apenas A = 40 – 30 = 10

Gabarito Certo (confere com o gabarito preliminar)

09.Os crimes de tráfico de pessoas foram mais denunciados que os de pornografia infantil.

Conjunto A: tráfico de pessoas =  40

Conjunto B: Pornografia infantil=  60

A quantidade de elementos do conjunto “Tráfico de pessoas” é menor do que os de pornografia infantil.

Gabarito Errado (confere com o gabarito preliminar).

Clique e assista ao vídeo do Prof. Bruno Villar.

Tags relacionadas:

COMENTÁRIOS