Processo eletrônico permite trabalho à distância - Portal de notícias CERS

Processo eletrônico permite trabalho à distância

Por:
Atualizado em 18/08/2014 - 01:04

Por Ana Laranjeira       
Com informações do TRF-4

No Brasil ou no exterior, através do processo eletrônico (e-Proc) a tendência é que se torne, cada dia, mais fácil e possível exercer a advocacia à distância. A Procuradoria Regional da República da 4ª Região, por exemplo, autorizou o procurador Humberto Jacques de Medeiros, que faz doutorado em Roma, a trabalhar a distância usando o e-Proc. O presidente do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, desembargador federal Vilson Darós, foi informado na semana passada, por meio de ofício, sobre a decisão.

Medeiros, que já exerceu o cargo de chefe da Procuradoria Regional da República da 4ª Região, frequenta o curso de doutorado em Direito na Universidade de Roma Tre desde 1º de janeiro deste ano.

Com a implantação do processo eletrônico em toda a Justiça Federal da 4ª Região, tornou-se possível que um procurador se aperfeiçoe em um país estrangeiro sem deixar de exercer sua função, visto que todos os autos dos processos estão em meio virtual, permitindo acesso total em qualquer lugar do mundo via internet.

Tags relacionadas:

COMENTÁRIOS