Prepare-se para o concurso do TJ/SP - Portal de notícias CERS

Prepare-se para o concurso do TJ/SP

Por:
Atualizado em 18/08/2014 - 01:04

Por Ana Laranjeira

Vai fazer o concurso para escrevente técnico judiciário do Tribunal de Justiça de São Paulo? Então prepare-se com as isoladas que o CERS Cursos Online acabou de lançar!

O professor Bruno Villar preparou especialmente para este concurso uma grade de aulas com todo o conteúdo programático registrado em edital para a disciplina de Matemática. Além da teoria, neste curso o candidato acompanha a resolução de questões sobre os temas explanados e a banca Vunesp.

O curso será composto de 06 encontros, de aproximadamente 02 horas cada, divididos em quatro blocos com 30 minutos.

CLIQUE AQUI PARA VER MAIS DETALHES E FAZER SUA INSCRIÇÃO NA ISOLADA DE MATEMÁTICA PARA O CONCURSO DE ESCREVENTE TÉCNICO JUDICIÁRIO TJ/SP!

 

Se o seu objetivo é revisar assuntos já estudados anteriormente, vale a pena conferir o curso completo de teoria e questões para este concurso. Com carga horária mais extensa e abordagem de todas as disciplinas, o curso será composto de 35 encontros, de aproximadamente 02 horas cada, divididos também em quatro blocos.

CLIQUE AQUI PARA VER MAIS DETALHES E FAZER SUA INSCRIÇÃO NA REVISÃO DOS PRINCIPAIS PONTOS DO EDITAL PARA O CONCURSO DE ESCREVENTE TÉCNICO JUDICIÁRIO (TEORIA + QUESTÕES)!

 

Sobre o concurso      
Começam hoje (04) as inscrições para o concurso do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, com 1.035 vagas de escrevente técnico judiciário para a capital, o litoral e o interior. O salário é de R$ 3.355,36. O candidato deve ter nível médio completo.

As inscrições devem ser feitas pelo site www.vunesp.com.br até o dia 11 de outubro. A taxa é de R$ 50. Pode pedir redução de 50% do pagamento da taxa de inscrição o candidato que seja estudante e tenha remuneração mensal inferior a 2 salários mínimos ou esteja desempregado. O pedido deve ser feito de 4 a 5 de setembro.

Na comarca da capital as listas classificatórias serão compostas pelos 1.800 candidatos habilitados e melhores classificados da lista geral e pelos 90 candidatos com deficiência habilitados e melhores classificados na lista especial. Nas Circunscrições Judiciárias as listas classificatórias serão compostas pelos 200 candidatos habilitados e melhores classificados na lista geral e pelos 10 candidatos com deficiência habilitados e melhores classificados na lista especial, quando houver.

O concurso terá prova objetiva e prova prática de digitação. A prova objetiva está prevista para ser aplicada em 2 de dezembro.

Apenas serão convocados para a prova prática 1.800 candidatos habilitados e melhor classificados da lista geral e os 90 candidatos com deficiência habilitados e melhor classificados da lista especial das provas objetivas na comarca da capital e 200 candidatos habilitados e melhor classificados da lista geral e os 10 candidatos com deficiência habilitados e melhor classificados da lista especial das provas objetivas de cada Circunscrição Judiciária.

A lista final da região administrativa será formada por todos os candidatos classificados e habilitados nas listas finais de suas respectivas Circunscrições Judiciárias (incluindo a capital no caso da 1ª região administrativa).

Para a composição da lista geral de cada região administrativa (lista geral e especial) será considerada a nota final de cada candidato. A lista geral de cada região administrativa será utilizada apenas quando não houver mais remanescentes em alguma de suas Circunscrições Judiciárias, momento em que serão nomeados os classificados, independente de suas opções originais.

O candidato que for nomeado em qualquer das listas fica automaticamente excluído da outra lista, ou seja, se nomeado na lista da Circunscrição Judiciária fica excluído da lista da Região Administrativa Judiciária e vice-versa.

Tags relacionadas:

COMENTÁRIOS