Prepare-se com o CERS para auditor-fiscal do trabalho - Portal de notícias CERS

Prepare-se com o CERS para auditor-fiscal do trabalho

Por:
Atualizado em 18/08/2014 - 01:04

Prepare-se com o CERS para auditor-fiscal do trabalho

Por Ana Laranjeira      
Com informações do JCConcursos

Com inscrições já abertas, concurseiros de todo o Brasil se preparam para o concurso do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). O órgão irá selecionar 100 profissionais para a carreira de auditor-fiscal do trabalho, que aceita diploma de nível superior em qualquer área de formação.

Para uma preparação de alto rendimento, o CERS formatou cursos intensivos e isoladas que irão fazer a diferença para aqueles que almejam o cargo.

CLIQUE AQUI, SAIBA MAIS E COMECE AGORA SUA PREPARAÇÃO ONLINE!

 

Mais sobre o concurso     
O cargo oferece remuneração mensal de R$ 14.280, cobrando jornada de trabalho de 40 horas por semana.

A distribuição das vagas entre as unidades administrativas do MTE será divulgada após homologação do resultado final do concurso, mediante o levantamento das unidades prioritárias, podendo recair sobre as Gerências Regionais do Trabalho e Emprego (GRTE) ou Sede das Superintendências Regionais do Trabalho e Emprego.

Participação    
As inscrições poderão ser efetuadas até 29 de julho, por meio do site do Cespe/UnB (www.cespe.unb.br), organizador da seleção. A taxa para se candidatar é de R$ 130.

Quem estiver inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) e for membro de família de baixa renda poderá solicitar isenção da taxa, durante o mesmo prazo das inscrições, por meio do site da organizadora.

A seleção se dará por meio de provas objetivas, de caráter seletivo, eliminatório e classificatório; provas discursivas, de caráter seletivo, eliminatório e classificatório; e sindicância de vida pregressa, de caráter eliminatório.

Os testes objetivos conterão 100 questões sobre conhecimentos básicos que serão aplicadas no período da manhã do dia 8 de setembro e 120 sobre conhecimentos específicos, estas no turno da tarde. Ambas as avaliações terão duração de 3h30.

A etapa discursiva está prevista para o dia 6 de outubro e também terá dois períodos. Pela manhã poderão ser perguntas sobre direitos humanos, economia do trabalho, direito constitucional e ou direito administrativo. Já pela tarde, poderão envolver gestão de projetos, direito do trabalho e/ou segurança e saúde do trabalho.

 

Atribuições      
Dentre as funções do cargo estão as de assegurar, em todo o território nacional: o cumprimento de disposições legais e regulamentares, inclusive as relacionadas à segurança e à medicina do trabalho, no âmbito das relações de trabalho e de emprego; a verificação dos registros em Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS), visando-se à redução dos índices de informalidade; à verificação do recolhimento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), objetivando maximizar os índices de arrecadação; ao cumprimento de acordos, convenções e contratos coletivos de trabalho celebrados entre empregados e empregadores.

Tags relacionadas:

COMENTÁRIOS