POSTURA, JÁ! - Portal de notícias CERS

POSTURA, JÁ!

Por:
Atualizado em 18/08/2014 - 01:04

Pergunte às suas articulações o que elas acham da sua rotina de estudos e prepare-se para mudar imediatamente a forma de se acomodar na cadeira

Por Ana Laranjeira

Se bem cuidado, o corpo pode ser um grande aliado na luta pelo sucesso em uma seleção ou prova importante. Após longas horas de estudo você provavelmente já sentiu alguns indícios que algo estava errado. O corpo trata logo de avisar. Dores no pescoço e trapézio (aquele músculo que vai do pescoço até perto do ombro), na lombar, nas articulações dos dedos e punhos, e câimbras nas pernas são os primeiros alertas de um possível descaso com a postura.

Muitas vezes o problema está no local que você vem escolhendo para estudar, onde vai sentar e onde apoiar o computador. A fisioterapeuta e especialista Renata Vieira nos ajudou a reunir uma série de dicas importantes para que você monte em casa um ambiente apropriado para os estudos e livre de futuras dores na coluna.

LOCAL DE ESTUDOS 
Quem estuda online costuma procurar um espaço sossegado e silencioso na casa, geralmente a sala ou o quarto. Esse instinto está correto, mas é preciso ficar muito atento! O sofá e a cama são locais perigosos. Às vezes, conforto demais pode atrapalhar. Ao deitar, o organismo automaticamente associa essa sensação ao sono. Além de diminuir a concentração, coloca em risco seu plano de estudos no caso de você não resistir e só acordar algumas horas depois.

Mesas de jantar ou escritório são as melhores opções. Suas alturas e proporções já são meio caminho para que você adote uma postura correta.

ILUMINAÇÃO           
A iluminação do ambiente vai influenciar diretamente no seu nível de atenção. Locais escuros favorecem o sono, farão você forçar a vista para a leitura e lhe obrigam a curvar ombros e pescoço para se aproximar do objeto de estudo. Já locais com claridade excessiva podem incomodar a retina, principalmente se somados com a luz direta do monitor do computador.

Um local com a iluminação ideal é aquele que permite a entrada de luz natural. Enquanto ainda houver sol, você pode aproveitá-la. À noite, o ideal é acender a luz ambiente e outra direcional para os livros e resumos, mas nada que gere reflexo no monitor do PC.

Assim, com a luz equilibrada, você irá melhorar ainda mais a disposição para os estudos, não desenvolverá problemas na visão e descansará os membros superiores.

CADEIRA 
A cadeira que você vai utilizar é o item que precisa de maior atenção. Muitos detalhes vão determinar se ela irá te auxiliar a manter a postura. O ideal é que seja uma cadeira com espuma firme (nem tão rígida e nem tão fofa) e que o encosto dê sustentação à coluna, ou seja, suas costas devem estar apoiadas até, pelo menos, a altura das escápulas. Além disso, os pés precisam estar com as solas apoiadas no chão para uma melhor circulação do sangue, dessa forma você pode dar preferência para cadeiras com regulagem de altura e os braços com suporte na altura dos cotovelos fazendo um ângulo de 90°.

COMPUTADOR         
No caso da utilização do computador de mesa, posicione a tela com uma diferença média de 80cm entre ela e o seu rosto. Lembre também que para a cabeça não entrar em tensão, o monitor deve estar na altura dos olhos como se você estivesse olhando o horizonte.

Se preferir estudar em um notebook, use um apoio para suspendê-lo e mantê-lo com as especificações acima. Utilize também um teclado externo de suporte, pois os punhos e mãos devem estar na posição medial, sem flexão ou distensão. Dessa forma, os ombros ficarão relaxados e você evitará dores nos tendões por movimentos repetitivos.

TEMPO DE ESTUDO          
Por mais correta que seja sua postura, a pressão sobre os discos lombares aumenta em até 30% quando você está sentado. Portanto, o seu corpo não deve permanecer por mais de duas horas na mesma posição. Essa regra é difícil de obedecer para quem precisa estudar muitas horas por dia, mas as pausas são extremamente necessárias. A cada duas horas, levante-se da cadeira para aliviar a pressão sobre pernas e coluna e faça exercícios de alongamento por cerca de 10 minutos.

Existem alguns exercícios rápidos que você pode fazer até mesmo com o auxílio da cadeira, sem sair do seu ambiente de estudos. Estudos indicam que conseguimos um maior nível de concentração e, consequentemente, absorvemos mais informações quando as ondas cerebrais são mais lentas, o que ocorre quando estamos mais relaxados.

Conseguimos esse efeito, principalmente, através do controle da respiração. Quando respiramos profundamente, oxigenamos o cérebro ajudando-o a trabalhar melhor e relaxamos o corpo como um todo.

MEMÓRIA DESAGRADÁVEL      
Segundo estudo divulgado pela Universidade da flórida, adotar uma postura correta na hora de estudar aumenta significativamente a retenção e o resgate de memórias episódicas. Quando nos recordamos de algo, também nos lembramos das situações e emoções relacionadas a essa memória. Portanto, adotar uma postura incorreta e desconfortável durante o processo de aprendizagem pode ser relacionado mais tarde com uma memória desagradável.

ATENÇÃO!!              
Se você começar a apresentar os sintomas citados nessa matéria, procure mais informações e ajuda de seu médico. Agindo rapidamente, com pequenas mudanças é possível evitar complicações futuras em muitos casos.

 


Tags relacionadas:

COMENTÁRIOS