Posso ficar feliz passando no cadastro de reserva da Caixa? - Portal de notícias CERS

Posso ficar feliz passando no cadastro de reserva da Caixa?

Por:
Atualizado em 18/08/2014 - 01:04

A aprovação não garante a contratação, mas há possibilidades.

Por Ana Laranjeira

Em maio, a Caixa Econômica publicou o resultado final do concurso público para cadastro de reserva destinado ao cargo de técnico bancário novo. Alguns candidatos se manifestaram nas redes sociais questionando se existe garantia de contratação, visto que o item 11.5 do edital limita o número máximo de candidatos no cadastro.

“Nesses casos, a aprovação não garante a contratação, mas há boas chances do candidato aprovado dentro das vagas destinadas ao cadastro da Caixa ser convocado”, afirma o coordenador pedagógico do CERS Cursos Online, Rodrigo Bezerra. Isso porque o banco está autorizado a aumentar o número de servidores em quase 10 mil pessoas até 2015, e a rotatividade do quadro também cria boas perspectivas.

Mas é sempre bom lembrar que a possibilidade de ganhar na justiça o direito pela vaga no caso de não convocação é praticamente nula, visto que o edital deixa bastante claro as regras do jogo. “Seleções para cadastro de reserva não garantem o direito à vaga e o candidato precisa estar ciente de que este risco é real”, completa Bezerra.

Segundo o órgão, ainda existem vagas a serem preenchidas pelos candidatos classificados no concurso público de 2012 para o cargo de técnico bancário novo até o término de sua vigência, ou seja, 14 de junho de 2014, ou até o esgotamento do cadastro de reserva no polo/macropolo de opção, prevalecendo o que ocorrer primeiro. Desta forma, aos classificados no certame mais recente ficam asseguradas as admissões conforme necessidade de provimento.

Mais sobre a seleção      
O concurso para técnico bancário novo valeu para todo o Brasil e teve 1.156.744 inscritos. Foram duas etapas de seleção: provas objetivas e discursivas, e exames médicos admissionais. O salário para técnico bancário novo é de R$ 2.025, para jornada de trabalho de 6 horas diárias, caracterizando 30 horas semanais.

O provimento das vagas estará sujeito ao planejamento estratégico e às necessidades da Caixa. O concurso público terá validade de 1 ano e poderá ser prorrogado uma vez, pelo mesmo período.

Você também pode se interessar pelo seguinte conteúdo:

Amigo ou concorrente? – Revista Edital 14ª edição – Versão Light

 

 

Tags relacionadas:

COMENTÁRIOS