PL cria 605 vagas de nível médio para o TJSP - Portal de notícias CERS

PL cria 605 vagas de nível médio para o TJSP

Por:
Atualizado em 18/08/2014 - 01:04

O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ/SP) encaminhou, na última sexta (8), o Projeto de Lei 715/2010 que autoriza a criação de 605 vagas de escrevente técnico judiciário para a comarca da capital para aprovação da Assembleia Legislativa do Estado (Alesp).

A escolaridade exigida para o cargo é de nível médio completo. Vale lembrar que o último concurso, realizado em junho deste ano pela Fundação Vunesp, contou com 300 oportunidades com e ofereceu salário inicial de R$ 2.782,60 para jornada integral.

Na justificativa apresentada pelo presidente em exercício do TJ, Marco César Muller Valente, é informado que os novos cargos visam “atender às necessidades geradas pelo excesso de serviço e dar agilidade ao andamento dos processos”. Em contrapartida, serão extintos 709 postos de agente de serviços judiciário, agente operacional judiciário e agente administrativo judiciário. O presidente destaca que o projeto não irá acarretar em acréscimo de despesas porque será extinto um número maior de cargos, ainda que de menor remuneração, do que aquele que será criado.

Depois de aprovado o projeto de lei, o TJ deverá realizar concurso público para preenchimento das oportunidades.

Dia a dia – Na prática, o escrevente é o profissional responsável por atividades de suporte técnico e administrativo às unidades do TJ, dar andamento em processos judiciais e administrativos, atender ao público interno e externo, elaborar e conferir documentos, controlar a guarda do material do expediente, além de manter-se atualizado quanto à legislação pertinente a área de atuação e normas internas.

 

Tags relacionadas:

COMENTÁRIOS