PL contra venda de refrigerantes a menores de 18 - Portal de notícias CERS

PL contra venda de refrigerantes a menores de 18

Por:
Atualizado em 18/08/2014 - 01:04

Por Ana Laranjeira       

O deputado federal Gonzaga Patriota (PSB) apresentou projeto de lei que proíbe a venda de refrigerantes, doces, salgados e alimentos gordurosos a menores de 18 anos. A justificativa é baseada em pesquisas que afirmam que o refrigerante não é alimento e não traz qualquer benefício à saúde, contribuindo, inclusive, para a obesidade infantil.

A matéria cobra também a proibição da comercialização, num perímetro de 200 metros das escolas de educação básicas, de massas folhadas, frituras, biscoitos recheados, pipocas industrializadas, sucos artificiais, enlatados, alimentos que contenham gordura trans, balas, pirulitos e gomas de mascar, além dos refrigerantes. Nas cantinas escolares, a proibição também do fornecimento de mostarda, maionese, ketchup e qualquer outro ‘molho calórico’.

Gonzaga Patriota segue o exemplo de outros deputados que trabalham contra a indústria da obesidade e acreditam que por perto dos estudantes, só sanduíches e sucos naturais, salgados assados, pelo menos dois tipos de frutas, água de coco, queijos magros, iogurtes e cereais. Quem desobedecer estará sujeito a penalidades.

 

“Este projeto poderá ser chamado de radical por alguns, mas radical é o problema que estamos enfrentando. O açúcar deve ser colocado na categoria semelhante ao álcool e ao fumo, pois é tão viciante quanto aqueles produtos. O refrigerante não traz nenhum benefício à saúde. É totalmente dispensável. Se os pais quiserem dar refrigerantes para os seus filhos, que comprem. E façam isso com controle”, afirmou o deputado em entrevista pública.

Tags relacionadas:

COMENTÁRIOS