Passo a passo para se tornar um gestor público - Portal de notícias CERS

Passo a passo para se tornar um gestor público

Por:
Atualizado em 16/06/2016 - 12:58

 Passo 1: desenvolva uma boa estratégia inicial

De acordo com a professora Elisabete Moreira, é importante que o candidato que esteja começando a estudar a disciplina de Administração Geral e Pública fique atento aos assuntos constantes no edital e foque neles. A professora esclarece: “administração é uma matéria ampla, com muitos detalhes e corre-se o risco de estudar assuntos que não estão relacionados”.

Para se ter um planejamento inicial sólido, o concurseiro deve seguir uma sequência lógica culminando, assim, no melhor entendimento do conteúdo. Como muitos editais misturam os assuntos, dificultando os estudos, Moreira afirma que o primeiro passo do candidato deve ser buscar um curso específico da disciplina, uma vez que o professor irá oferecer um direcionamento aos estudos, inclusive com livros e material apropriados para concurso. “Orientado por um professor, o candidato pode ter acesso ao que é importante em cada conteúdo, como eu costumo dizer, quais as ‘palavrinhas do bem’ próprias de cada assunto que permitem um melhor entendimento e a escolha da resposta correta”, explica a professora.  

Passo 2: foco nos principais assuntos

Elisabete Moreira também revela que existem assuntos que sempre estão presentes nos editais, os quais, não podem passar despercebidos pelos candidatos, já que são a base para outros assuntos correlatos, como por exemplo, planejamento estratégico, estruturas organizacionais, gestão de processos, gestão de projetos, gestão da qualidade, entre outros. Além disso, os modelos de gestão da administração pública e as novas tecnologias atualmente usadas também têm sido temas recorrentes em provas de concurso e envolvem um estudo mais aprofundado e detalhado. 

Sobre as dificuldades mais recorrentes na matéria, a professora Elisabete afirma: “o grande obstáculo no estudo da administração ocorre porque os candidatos pensam ser uma matéria subjetiva e possuem dificuldade de encontrar livros e material apropriado para concurso”.

Passo 3: entenda a banca organizadora

A Administração geral e pública é exigida em praticamente todos os concursos de Tribunais, como TRT, TRF, TRE, TJ, para os cargos de analista administrativo e técnico. Em alguns casos, os editais colocam a disciplina de gestão pública até para a área judiciária. Além disso, os concursos da área fiscal, como Receita Federal, Ministério do Trabalho (AFT), Tribunal de Contas da União e dos Estados e outros concursos estaduais e municipais. Os conhecimentos de administração são extremamente importantes para qualquer gestor público, inclusive diante do novo modelo de gestão voltada para resultados, por isso tem sido tão cobrado nas provas. 

As bancas cobram os entendimentos dos principais teóricos da área. “Eu costumo dizer que administração não é senso comum, não é prática ou opinião, é teoria. Por isso, temos que estudar a posição dos estudiosos, pois é isso que está sendo cobrado em prova. Às vezes me deparo com opinativos de candidatos que não concordam com determinado parecer e o que lhes respondo é que o que vale para a prova é a opinião do autor, que muitas vezes vai de encontro com nossas opiniões”, diz Moreira.  

Segundo a professora, as bancas tentam confundir o candidato. No entanto, o domínio da teoria ajuda muito a não cair nas "cascas de banana". “Eu costumo dizer que existem ‘palavras do bem e do mal’ que quando presentes nas questões permitem identificar os erros e acertos”, completa a professora.

Passo 4: papel e caneta na mão para as dicas da professora!

“É importante que o concurseiro mantenha-se sempre atualizado das mudanças teóricas e dos novos entendimentos da Administração”.

“O conteúdo de administração tende a se repetir na maioria das provas, o que é uma grande vantagem para uma preparação antecipada”.

“É imprescindível treinar a teoria através de questões. Quanto mais questões se fizer,  melhor para conhecer e aprender a teoria”.

“E, por fim, realizar um planejamento de horário de estudo no qual a administração seja uma matéria revisada semanalmente, lendo a teoria e fazendo questões de provas anteriores, para manter os assuntos sempre atualizados e fresquinhos”.

Leia também: Alan Martins explica: impostos Estaduais e Municipais

Saiba mais: CURSO DE ADMINISTRAÇÃO GERAL E PÚBLICA PARA CONCURSOS DE ANALISTA E TÉCNICO ADMINISTRATIVOS DE TRIBUNAIS – PROFA. ELISABETE MOREIRA – (DISCIPLINA ISOLADA)

Tags relacionadas:

COMENTÁRIOS